Melancia

Melancia Marian Keyes


Compartilhe


Resenhas - Melancia


753 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |


Lia 21/09/2009

Melancia não é o que dizem ser. Peguei o livro achando que seria super engraçado e interessante, mas não é. Nem perto. A Claire é uma personagem chata, de pouca inteligência e que tenta ser engraçada o tempo todo, mas não consegue. Como já disseram, 90% do livro são devaneios dela. E ela só consegue pensar em homens, na Kate e nela mesma, nessa ordem. É decepcionante.
Há alguns pontos positivos, como o alerta que Marian Keyes faz. Muitas de nós poderiam ser a Claire, com Adams e James por aí. Uma frase que me marcou muito do livro (mesmo sendo uma citação) foi: Supere isso e, se não puder superar, supere o vício de falar a respeito.
Não é de todo o ruim, mas ao terminar o livro a sensação é que dinheiro e tempo foram jogados fora.
*Rô Bernas 02/05/2010minha estante
Li este livro há muito tempo mas tive a mesma senaação que você! Ele não me prendeu muito...não sei se foi o periodo que li, mas já tem bons anos...até pensei em reler, mas quando lembro como é chatinho e tem tantos outros livros interessantes...desisti da idéia, pelo menos por enquanto rssss


Patricia 23/02/2011minha estante
o livro tem muita encheção de linguiça, isso sim....


Marilia 23/02/2011minha estante
do meio pro fim eu pulei algumas partes da leitura porque, como vocês disseram, é muito devaneio dela,muitos pensamentos (parecendo o fantástico mundo de Bobby), mas adorei o livre, a parte com a família dela é simplesmente hilária.


Camis 25/02/2011minha estante
Estou lendo e estou achando o mesmo que vc. As tentativas de Claire de ser engraçada deixam o livro mais chato ainda... É mto forçado! Ouvi falar tão bem desse livro, me decepcionei!


Thainara 07/03/2011minha estante
é muito tempo perdido pra um livro só, você roubou as minhas palavras! foram poucas as vezes que eu consegui me "entusiasmar" com a leitura.


Kathlyn 17/03/2011minha estante
Esse foi o livro que mais me arrependi de ter comprado (ganhou até mesmo de O vendedor de sonhos do Augusto Cury!) E me arrependi ainda mais de ter tentado, em vão, terminar de ler em 4 meses! Eu nunca conseguia ler mais que 1 capitulo que me irritava e começava a ler outro livro. Até que finalmente eu desisti de ler. Foi a melhor coisa que eu fiz desde que o livro chegou na minha casa. Não indico nem pro meu inimigo esse livro.


Anita 10/04/2011minha estante
Concordo, Lili. Realmente achei que seria super engraçado e divertido...mas não foi como pensei. =/
Mas não desistirei rsrs. Vou tentar os outros livros. rsrs


Marília 04/06/2011minha estante
Nossa, achei que fosse a única a pensar assim! Realmente, dava até vontade de pular umas partes em que a Claire viajava na maionese... Até que no fim ficou interessante, mas de que adianta se o resto do livro não foi?
Em compensação, comecei a ler Férias! e estou adorando, a Rachel é de fato engraçada e não se esforça pra isso... Está me prendendo mais que Melancia!


Ádila 16/06/2011minha estante
Abandonei esse livro ainda no começo. Tmb achei que fosse divertido, e tal, mas que nada. Ele é bem chato! Senti tmb que joguei dinheiro fora, mas tempo não pq abandonei-o ainda antes da metade.


pao 26/06/2011minha estante
bom o livro por mais q possa parecer chato ou um completo devaneio,ele na minha opiniao é mt bom.ele ate pd parecer casativo mais se vc souber ler e interpretar vc vai notar q ele é incrivel e contem uma mistura de drama,comedia e romance,o incrivele dele nau sao todas as tentativas da claire mas o quando ela deixa de tentar e é ela msm e td da certo e fica lindo.


Lia 26/06/2011minha estante
Eu acho que toda resenha parte não só de uma opinião, mas de um conceito geral sobre o que está sendo avaliado. Você precisa entender pra vir aqui e falar qualquer coisa. Bem, é o que eu acho, né. Odeio essa insinuação de que eu não soube ler ou interpretar. Mesmo porque interpretar um livro como Melancia não é lá muito difícil. Sim, eu sei como é que o livro é, mas achei uma besteira sem sentido e sem nenhuma profundidade. Mas todos os outros livros da Marian conquistaram um cantinho na minha estante.


esther bereznjak 22/08/2011minha estante
Ainda bem que eu nem tinha comprado o livro quando li, baixei um e-book mesmo, eu ia me arrepender tanto....


Lívian 18/10/2011minha estante
Minha última resenha no meu historico sobre o livro. Só pra vocês terem noção:

Ok,CHEGA DE MELANCIAAAAA!!!
Não agüento mais!!!! Até poderia ir até o final só por curiosidade, mas não vou gastar 400 páginas do meu tempo, que poderia seu usado em outros ?n? livros, para ler algo tão repetitivo e sinceramente chato.

Não estou dizendo que a autora não é boa...
Só que ela não foi feliz nesta fruta.
Tanto livro bom pra ler e eu aqui me deixando levar por uma capinha bonitinha.rsrs


Elisângela 16/11/2011minha estante
Concordo com a Lili. Não me diverti com este livro. são algumas passagens do livro que prendem um pouco mais a leitura.


Dani Silva 17/11/2011minha estante
Nem vou comprar então, melhor baixar. Se não for bom pelo menos não gastei.


Polly 27/12/2011minha estante
Quando li sua crítica, concordei com cada palavra. O caso não é "saber ler e interpretar" como disseram em um comentário, mesmo porque esse não é um livro de difícil compreensão. Até pelo menos a página 100 me arrastei por achar o livro realmente sem graça e cansativo. Enfim, foi uma leitura que não me prendeu e da qual eu praticamente só "aproveitei" o fim


William Souza 05/01/2012minha estante
A Maior verdade, tudo o que você escreveu aqui eu senti lendo o livro. E tive que abandoná-lo, porque é muito chato e sem noção, seu eu pudesse rasgava o livro inteiro! Até pensei em nunca mais ler nada da Marian, mas ainda bem que peguei o Cheio de Charme e me surpreendi, nem parece a mesma autora. Dê uma chance a outros livros dela, de preferência sem ser da Família Walsh! =D


Rachel 23/01/2012minha estante
Você foi perfeita nessa resenha!!! Concordo plenamente!!! Ufa!!! Falam tanto desse livro que achei que seria a única a achar bobo e sem criatividade. Forçado na tentativa se ser engraçado. Uma chatice. E quer saber? Tb tive a vontade de querer me dinheiro de volta!!!


Jeanne 30/01/2012minha estante
Falou tudo! A Claire é uma personagem totalmente egoísta. Ela só se destrói e choraminga. AAHHH, tirou minha paciência! Aliás, até onde li (pg 157) não aconteceu nada interessante, ela apenas conheceu Adam. Sem contar a linguagem pobre e, muitas vezes suja, que ela usa. Fui praticamente OBRIGADA a ler esse livro porque não queria me conformar que queimei meu dinheiro com esse lixo!


Mariane 09/03/2012minha estante
Nossa, me sinto uma das únicas que adoram esse livro.
Eu comprei e não me arrependi.
Mas dica: se quer algo sério, não compre o livro.
Acho a leitura divertida!
Típico livro que você lê aos poucos sem tanto compromisso.


Kynsk 09/04/2012minha estante
Hummm... Contrariando 99,9% das opiniões...
Eu gostei! Atirem a primeira pedra quem não é egoista!!! qual a mulher que ao levar um pé na bunda não fica com os nervos a flor da pele vai até o fundo do poço e depois da a volta por cima? Gostei do livro, gostei de passar o tempo com ele e me ver em muitas situações (ou das minhas amigas). Realmente não é um livro para homens, são puros deaneios de mulher


Ana Paula David 11/05/2012minha estante
Quem não deseja se deparar com personagens principais cheios de defeitos, chatos pra burro e sem noção (seres humanos), que leiam Cinderela...provavelmente vão ficar muito satisfeitos =)


Lia 12/05/2012minha estante
Imagino que você, Ana Paula David, leu e se identificou com o livro, hm. Adoro personagens com defeitos, tanto que Férias (da mesma autora de Melancia) virou um dos meus livros favoritos. O problema da Kate não é ter defeitos, mas ser repetitiva e intoleravelmente fútil (de seres humanos assim eu corro). E, ah, a Cinderela tem defeito sim, minha querida: sua marcante ingenuidade que atrasa seu final feliz. :)


Paula 13/05/2012minha estante
Concordo com vc,não gostei do livro,e nem vou entrar nessa parte da personalidade da Claire,achei o livro chato no seu todo,sem graça,acabei não comprando mais nenhum da autora,agora lendo sua resenha vi o que vc falou do livro Férias e fiquei tentada a dar uma chance a autora,me achei injusta por tê-la deixado de fora da minha lista só por causa de um livro que não gostei.


Mariana 18/06/2012minha estante
Concordo plenamente! Achei o livro muito enfadonho e superficial, acabei abandonando o mesmo!


tatielma 09/07/2012minha estante
Uffa!!
Nunca tinha visto uma resenha tão comentada...
comprei Férias, e pelo livro ñ tem referência que é uma série, descobri que era pelo skoob.
Pensei em compar Melancia tbm, mas acho q vou desistir...
Mas me diz: Férias pode ser encarado como uma leitura independente???


Thais dos Reis 01/08/2012minha estante
concordo em gênero, número e grau. livro chato, personagens chatos.


Morgana 11/08/2012minha estante
Pode sim Tatielma, as histórias são independentes
eu já li Férias e adorei

terminei o livro já pensando em ler o mais famoso da autora (melancia) e logo no começo já me decepcionei, parece que o estilo de escrita mudou, não sei identificar, acredito que seja os devaneios demasiados ou o fato de ela só se importar com homens... não sei

mas pode ler tranquila, o único fato que interliga as histórias é o grau de parentesco, tirando isso a história não tem mais nenhuma correlação.


Deise 02/09/2012minha estante
concordo plenamente com vc!o livro é insuportável...é sofrível ler!A Claire no seu momento de depressão arrastou todo mundo com ela,inclusive seus leitores ,aff...


Amanda' 05/09/2012minha estante
entrei em depressão juntamente com a Claire ,mais discordo de você, apesar de Claire só pensar nela e em homens o livro é bastante envolvente, nao acho que perdi tempo ou dinheiro lendo Melancia


Taby 12/09/2012minha estante
Concordo com todas as suas palavras. Tanto é que no meio do caminho abandonei a leitura. Personagem chata demais e que só sabe sentir pena de si. Viaja o tempo todo em coisas da cabeça dela. Realmente tempo jogado fora.


Ju ALivreira 03/10/2012minha estante
Não concordo não. Sim, pode até ser chato e Claire leva-nos para sua depressão junto com ela, mas não foi tempo nem dinheiro perdidos.
É meio cansativo ler mas o romance entre ela e Adam é lindo! Não é decepcionante.
E a personagem é como várias mulheres por ai no mundo, váaarias! A propósito, crítica muito ruim a sua (:
Desviou totalmente a realidade do livro e eu recomendo sim o livro para quem passa por depressão, traição e essas coisas.


Lia 03/10/2012minha estante
Crítica muito ruim a minha? "O Romance entre ela e o Adam é lindo" é uma crítica ótima, né.
E é isso que uma pessoa rasa diz
\/
\/
\/


Fátima 26/10/2012minha estante
Lili, Claire é um porre... 80% do livro só mostra ela se lamuriando. Não a vejo como referencia de superação alguma, como tenta mostrar algumas partes do livro.


Laryssa 27/10/2012minha estante
Ufa, achava que era só eu que achava isso. x)

O primeiro livro que li da autora foi Sushi, e eu adorei; leitura fácil, engraçadinho, e não fica todo tempo focado só em relacionamentos amorosos. Fui ler Melancia na maior expectativa, e eis que me decepcionei muito. É exatamente como Lili disse, e quando terminei a sensação foi de perca de tempo. Tinha planejado ler Férias depois de Melancia, mas broxei total. ;x


carolandrade 06/11/2012minha estante
O problema é que todos os livros que Marian escreve são cansativos, ela passa muito tempo narrando algo desnecessário, não nos envolve e causa impaciência.


Isabela 03/12/2012minha estante
Concordo com tudo o que você disse. Ouvi tanta falar bem do livro que comprei na maior empolgação resultado: decepção total com o livro. É chato, cansativo, entediante... Olhar para a parede é melhor do que ler esse livro.
AMO DEMAIS LER MAAAS NÃO RECOMENDO DE JEITO NENHUM ESSE.


Mauiza 13/12/2012minha estante
Eu comprei e comecei a ler sem ter lido nenhuma opinião a respeito do livro, não sofri nenhuma sugestão! E odiei! A leitura se arrasta, a personagem é um saco e não sei se é culpa de que exatamente mas a história, a leitura não anda! Abandonei e vivi feliz pra sempre! rsrsrs


Carolina 18/12/2012minha estante
Eu não sei pq falam tanto do Melancia. De todos os livros das irmãs Walsh, ele é o mais chato. E sim, também acho a Claire megaa chata. Comecei a ler a série com o "Tem alguém aí?" (que é um dos melhores livros que já li na vida). Se eu tivesse começado a ler Marian Keyes pelo Melancia, não teria lido mais nada dela!!


Karen 29/12/2012minha estante
muito Bla-Bla-Bla pra pouca história


rafamarx 13/01/2013minha estante
Eu não consigo terminar esse livro! A história não me envolveu, e tô achando muito cansativo. ):


Marcos 15/01/2013minha estante
gente amo de + esse livro


brutrombim 15/01/2013minha estante
Achei o livro chato no começo, demorei pra conseguir chegar na página 100, era muito depressivo, ela só pensava em si mesma, mas então, ela começou a seguir a vida, achei muito interessante, e muito estimulante o jeito em que ela superou tudo, um exemplo para muitas mulheres, e muitas mesmo que já sofreram com isso. Adoro o jeito que ela se envolve com Adam, e como no fim ela resolve as coisas. Amei!


Juliane 29/01/2013minha estante
No começo gostei muito, queria saber o que ia acontecer, mas o fim decepcionou.


Maria Alice 01/02/2013minha estante
Nossa, me sinto meio estranha agora. Li Melancia e A D O R E I, rachei de tanto rir


Re 03/02/2013minha estante

Nossa, eu estou lendo este livro e estou adorando, uma leitura agradável de uma história em que muitas mulheres já passaram na vida real, pouco ou muito, mas já tiveram experiências parecidas. E a maneira que é narrada sobre a família, os detalhes de conversas, ações, sofrimentos, é muito interessante, de alguma forma reconheci muitas daquelas descrições em minha vida, e com um humor que muito nos faz rir. Eu recomendo este livro.


Alessandra 03/04/2013minha estante
Concordo. O livro é muito cansativo, tinha tudo para ser um livro leve e engraçado. A autora escreve muito bem, mas abusa das narrativas.


Carol 18/04/2013minha estante
Concordo com você. Não é um livro ruim, porém demora demais para começar a acontecer algo interessante, é cansativo.


Maria 23/04/2013minha estante
Também achei que desperdicei meu tempo, é um livro extremamente entediante e depreciativo. Claire é uma mulher extremamente fútil e leviana...


Bruna Brum 18/06/2013minha estante
Achei um pouco decepcionante! Esperava mais...
Algumas coisas achei legal, como quando ela fala de ser mãe (fiquei imaginando se realmente era assim.
Mas achei cansativo, parecia não terminar nunca.


Anne - @literatura.estrangeira 13/07/2013minha estante
Eu achei muito ruim o livro. Só li ele todo porque eu ganhei e não quiz fazer desfeita. Mulher muito instável que praticamente larga a filha de lado. Péssimo livro. Nem recomendo.


Ana 07/08/2013minha estante
Um dos poucos livros que não aguentei ler, pra não dizer o único, não lembro em qual momento, mas a leitura se tornou insuportável.


Sarinha 10/10/2013minha estante
Li a sinopse do livro e como amo comédia romântica achei que iria gostar, além do mais a história parecia interessante a única coisa que me fez parar de lê-lo foi a linguagem que é muito ruim e "suja", como já comentaram aqui. Tentei continuar porque fiquei curiosa mas não consegui.


Thaynary 15/11/2013minha estante
Também não gostei. Comprei um livro achando que teria no mínimo uma história interessante, porém, me deparei com uma literatura cansativa e pouco enriquecedora '-'


Ana Beatriz 08/12/2013minha estante
Um livro super bom de ler! Claire É uma pessoa que se encontrava muito acomoda e em uma zona de conforto muito grande. De repente ela se vê sozinha, com uma filha recém nascida, não foi fácil para ela! E super interessante ao longo da historia, ver os altos e baixos de Claire, e sua "Paixonite" por Adam. O melhor, É tão emocionante quando ela começa a conversar com Adam, a sair com ele. Fica aquela duvida, Adam queria amizade ou amor? E depois vem James, manipulador e hipócrita invertendo a culpa, isso nos mostra como as pessoas as vezes são cínicas e por não conseguirem admitir seus propios erros os colocam em outras pessoas. E super legal vê o apoio da família de Claire, que apesar de bem bagunçada esteve com ela para tudo. Claire não é culpada de ter acreditado que a cula do casamento acabar era toda dela, ela foi totalmente manipulada por James, que antes para ela, seria uma pessoa que não teria a minima coragem de fazer isso. apreciei pra caramba o livro! uma leitura leve, que mostra para a nos, problemas de família, de casamento enfim.


Lola Lima 23/01/2014minha estante
Também não gostei. Na verdade, detestei. Ainda bem que comprei no sebo e paguei baratinho.


Deia Carnevali 27/01/2014minha estante
Mana, então somos duas.
Me disseram que era super bom, tenho uma amiga que tem todos os outros da coleção dela, mas eu simplesmente me decepcionei com a narrativa extensa e cansativa. Sem contar que achei a protagonista muito 'rasa'. O livro poderia ser resumido, talvez assim ficasse melhor. Pulei várias páginas durante a leitura o que não prejudicou em nada na interpretação.
É isso que acho, menos devaneios seria muito melhor.


Priscilla 03/02/2014minha estante
Depois dessa resenha até desanimei de ler o livro ... enfim, tentarei ler em um futuro bem distante haha


Leticia 27/02/2014minha estante
Também achei fraco, mostra uma mulher que só pensa em homens e não define sua identidade própria para além do que o ex-marido/novo "namorado" quer. Achei fraco, mas uma leitura calma. Para passar o tempo está bom e foi bom para refletir sobre a vida normativa que ela e a família dela viviam e continuaram a viver.


Ana Taffy 26/09/2014minha estante
Eu me lembro que a dona do Sebo me recomendou muito o livro, acho que a história no geral é legal, mas a maneira como é escrita é maçante demais! Eu cheguei a começar pular páginas quando ela começa com os devaneios, cheguei a pular umas 3 seguidas e não fez falta nenhuma para a história, nem mesmo para a construção da personagem. O livro fica bom mesmo só quando o James retorna pois é quando a história parece realmente acontecer, ou seja, mais da metade do livro é só ela se lamentando.

Apesar disso tudo não acho que o livro que é de todo ruim, depois que a história finalmente começa, fica interessante e divertida a leitura.


erica.farao 02/01/2015minha estante
Só li recentemente, minha filha ganhou de brinde o livro As cinco Pessoas que você encontra no céu, mas como eu sabia que o livro era ruim e este tal de Melancia estava fazendo muito sucesso sugeri a ela que trocasse, resultado ela começou a ler e desistiu, disse que tinha muita bobagem, eu resolvi ler e concordei com ela, assim como concordo com a leitora Ana Taffy quando ela diz a história começa a tomar certo rumo com a volta do ex-marido, mas aí já está bem no final, enfim, não gostei.


ThaisLAndrade 05/05/2015minha estante
Concorco com você, Lia. Esse livro é péssimo e todo mundo que conheço adora. Não sei como. Ele não prende, a Claire é um saco e paranoica. Detestei :(


Paty 14/06/2015minha estante
Como você expressou absolutamente cada vírgula do que eu senti ao ler esse livro (sem as palavras deseducadas que eu usei enquanto me torturava nesse leitura, é claro) que, sem dúvidas, ganhou uma estrela na "calçada da decepção", resolvi dar mais uma chance para a Marian Keyes... Só espero, do fundo do coração que a decepção (se vier) seja menor do que com Melancia... =/


Fran 16/07/2015minha estante
Não consegui terminar de ler... abandonei na metade praticamente. Achei mega chato, personagem chata, piadas chatas, tema chato ZZzzZZzzZzz Ja tentei ler outros livros da autora, mas acabo julgando pela capa e pela minha primeira e única experiência com ela.


Silvia Idalgo 02/08/2015minha estante
Iniciei o livro hoje e me surpreendi, agora, vendo tantas críticas. Por enquanto estou gostando, pelo tom bem humorado (eventualmente forçado, concordo); vamos ver no que dá...rs. Mas o que acho mais legal nesse espaço é respeitar a opinião de cada um, com críticas focadas nas histórias, e não nos outros comentários. Afinal, cada um é que sabe se gostou ou não...


Anahy 17/08/2015minha estante
Confesso que não tenho o costume de ler as resenhas antes de ler o livro, justamente para já não começar com uma ideia formada, até porque eu estava louca pra ler esse livro, há anos. Mas, de fato, tudo o que você disse é 100% minha opinião. Estou digladiando comigo mesma para terminar o livro fraco e pouco empolgante, cheguei à metade, engolindo a chatice da Claire e a história que não me tirou um riso sequer, mesmo com as tentativas desesperadas de fazer piadinhas ou metáforas engraçadinhas. Mas, como meu TOC não me permite guardá-lo na estante sem finalizá-lo, vamos lá, ver onde vai dar essa história insossa e que me ofende profundamente ter sido motivo de alguma (mesmo que breve) comparação com Helen Fielding e sua maravilhosa Bridget Jones..


Lidianne 09/07/2016minha estante
tambem li pensando que seria um super livro mas...depecção. mas nao é de todo ruim.


Nanda 24/08/2016minha estante
Nossa... Não sou louca! Larguei o livro 3X e estou com preguiça de voltar ao ponto que parei... Achando muito muito muito chato


nina 05/12/2016minha estante
Tive a mesma percepção. E a personagem é o pior de tudo. É fraca, forçante, parece ser ignorante em relação a vários temas, tem personalidade fraca. E com uma filha recém nascida, ela não dá atenção à pequena. Não dá de mamar. é bem desleixada. Sempre ouvi falarem super bem do livro. Ganhei de presente e comecei a leitura. Já no 1o capítulo me arrependi. Mas sempre leio oq ganho, para q eu chegue às minhas próprias conclusões...


Mari 05/04/2017minha estante
Bem, acho que estou junto com 99% das pessoas que comentaram: É um livro dificil de ler. Não porque é um livro de dificil compreensão, mas a leitura arrastada, e voce estar sempre dentro da mente da Claire, é cansativo demais. Estou na página 206, capítulo 14, e até aqui, ja pensei em desistir váaaarias vezes kkk' mas sou teimosa, e me recuso a parar uma história pela metade. Eu tenho NECESSIDADE de saber o final, para só então xingar o livro e ficar frustrada por ter perdido tanto tempo. kkk' A história da Claire é real, afinal quem nunca sofreu por amor? Mas já li livros que as personagens sofreram muito por amor, e a narrativa não foi tão cansativa. Acredito que o fato de estarmos, como disse anteriormente, sempre dentro da mente da Claire, deixou o livro bem cansativo. Não estou animada pra ler outros livros da autora.


Leituras da Tchella 01/07/2017minha estante
Menina tentei com muito sacrificio só agora em 2017 ler esse livro... mas num foi !!! aff q leitura extenuante, não se parece em nada com o chiklit que já li... não consegui terminar !!!!


Crika 11/06/2018minha estante
Este foi o livro que eu mais demorei pra ler, cerca de 1 ano. No entanto um dos mais interessantes em relação ao desfecho, desisti dele inúmeras vezes, quis socar a personagem. Mas coincidentemente quando retomei a leitura foi exatamente a época em que me separei, e então eu entendi todo o sofrimento dela (embora exageradamente dramático), mas compreensível. A semelhança não era mera coincidência. Ela então passou de chataaaa Claire para a resiliente. E quantas de nós já vimos ou ouvimos falar de uma história assim? Então pra mim é um livro que não vou esquecer.


Isolda.Barcellos 17/11/2018minha estante
eu to na metade do livro e achando as mesmas coisas q você....a histora quase não vai pra frente e pensei em varias vezes em abandonar a leitura, mas infelizmente não gosto de deixar o livro pela metade




Gabi C. 16/08/2009

Comecei a ler esse livro com um pé atrás devido às inúmeras resenhas negativas aqui do Skoob e passei o livro todo esperando a chatice que as resenhas daqui prometiam. Mas eu passei o livro TODO mesmo esperando e até hoje eu espero! XD

Não vou dizer que o livro é cheio de acontecimentos de tirar o fôlego - na verdade tá bem longe disso. A Claire de fato devaneia demais, porém o que ela 'fala' nessas horas é tudo tão verdadeiro, plausível que não tem como você não ter um mínimo de empatia por ela!

Mas como eu acho difícil um homem ter empatia pela Claire, eu acho digno lerem pra tentar entender mais as mulheres, pq ao invés de Bridget Jones, eu acho que toda mulher tem mesmo é um pouco de Claire Walsh!

Mas o ponto forte mesmo de Melancia, pra mim, é a família Walsh. Meldels, eu ria MUITO com esse povo! Chegou a dar saudades da família quando eu terminei o livro. Certamente todos os livros da Marian que tenha o sobrenome Walsh no meio, eu lerei! ;D
Abner XZ 02/02/2011minha estante
*---*
Ah! Até que enfim alguém que me entende. D:
"Chegou a dar saudades da família quando terminei o livro." [2]
Entrei no skoob após ler o livro e fiquei surpreso com as resenhas. ( Cara, se a Marian não é engraçada o que é então? A Turma do Didi?! .-. )


eu_leticia 12/02/2011minha estante
Já li faz tempo esse livro mas tb fui preparada para achar uma monotonia e no final, até que gostei bastante tb ! Acabei não lendo mais nenhum título dela mas não vou ter preconceitos nos próximos..


Isa 23/12/2011minha estante
Sinceramente não concordo nada com os comentários feitos sobre Melancia aqui no skoob. Eu amei o livro, acho a Claire e principalmente a família Walsh muuuuito divertida. Indico demais o livro!


SrtaSimplicidad 14/12/2012minha estante
affe, também não gostei desde o começo. Abandonei na página 200. Fora os palavrões que ela cita, me arrependi de ter feito minha mãe comprar! :/


SAN 27/12/2012minha estante
Eu concordo no ponto que tem partes do livro que são um pouco chatas. Pra mim o livro deslanchou quando a Claire conheceu o Adam. A partir daí eu a-d-o-r-e-i.
Simples assim!!


Kaliane 28/07/2013minha estante
Amei o livro. Vejo Claire como uma amiga intima e essa família dela é muito pirada. Depois de achar que sua vida estava bem (do seu jeito), ela leva um choque ao ser abandonada pelo marido numa fase em que a presença dele seria importante. Respeito quem não gostou, mas não acho a historia cansativa, enfadonha... ela fala palavrões, sim. Mas eu já li coisa muito pior em livros. Não sabemos o que vamos encontrar até que abrimos e entramos na historia. Acho a Claire perfeita.


Flavia 14/12/2013minha estante
Também gostei, é um livro gostoso de ler , como se fosse uma conversa com uma amiga,por sinal uma amiga muito divertida.É um livro pra relaxar,leve.




Renata CCS 15/02/2013

Troféu abacaxi para MELANCIA
MELANCIA conta o drama vivido pela garçonete Claire, abandonada por James, seu marido, em um quarto de hospital logo após dar à luz a uma menina, depois que ele confessa ter um caso há seis meses com uma vizinha também casada. Com 29 anos, humilhada e arrasada, e com a forma física aparentando a de uma melancia, Claire resolve voltar para a casa da família com o seu bebê. A mãe de Claire é uma viciada em telenovelas e tem verdadeira fobia de cozinha, o pai vive à beira de um ataque de nervos e duas irmãs que não poderiam ser mais diferentes entre si: Helen é bela e do tipo arrasa corações e Ana é do tipo “zen”, fã de ocultismo. Claire acaba de interessando pelo vizinho de 24 anos, Adam, pai solteiro, bonito, inteligente e sensível, ou seja, perfeito para a fase infeliz que a protagonista está vivendo. O problema é que ela acha que sua irmã Helen está apaixonada pelo sujeito e é claro que ela não quer magoá-la. Para complicar a situação, James (o marido) volta, acusa a mulher de ser culpada por ele ter arranjado uma amante, mas ao que tudo indica, ele quer reatar. O livro tem cara de roteiro de novela das seis com pitadas de melodrama de novela mexicana: têm os personagens carismáticos e os canalhas, tem humor tipo “pastelão”, se aproveita de clichês para elaborar uma história água com açúcar, e é claro, não faltam ataques ao comportamento masculino. Finaliza com um plano de vingança e uma lição de moral mais que previsíveis. É interessante como um mesmo livro inspira reações diferentes e interpretações diversas: muitos acham o livro divertido e charmoso, e até se identificam com a personagem Claire, mas honestamente, não achei nem uma coisa nem outra. Claire, que deveria ser a heroína da história, é chata e infantil: suas bebedeiras (antes e após a separação) tentam apresentá-la como uma pessoa divertida, mas não vejo por este lado. É lamentável ver uma mulher de quase 30 anos se comportando como adolescente. Ela também faz humor de tudo, inclusive de sua atual situação de abandonada. Rir da própria tragédia é algo bastante comum nas chamadas comédias românticas, mas ela realmente “força” demais na tentativa de ser engraçada o tempo todo. Para mim ela é uma mulher fútil e patética. MELANCIA não cumpre o que promete: a narrativa é fraca, cansativa e se arrasta na maior parte do livro. Marian Keyes conseguiu criar um chick-lit que não diverte.
Joy 07/03/2013minha estante
Peguei o livro por indicação, achando que seria muito engraçado, mas não é. Nem um pouco. Larguei a leitura pela metade, não deu para terminar.


Aline 08/05/2013minha estante
Ao contrario da sua resenha, me divertir muito com o livro. E a forma adolescente que a Claire agia, e da forma que muito mulher de 30 ou mais que se diz " madura " age depois de uma grande descepção ;)


sonia 28/10/2013minha estante
Odiei este livro, e nunca li mais nada desta autora.


Aldeizia 31/12/2015minha estante
Ouvi dizer que a autora amadurece nos próximos livros, parece que esse é o primeiro livro dela. Chick-lit não é o meu gênero preferido, mas gosto de ler de vez em quando só para relaxar a cabeça, principalmente depois de uma leitura mais densa, e geralmente acabo me divertindo. Mas como você falou, não dá pra se divertir com esse livro, a personagem é uma das mais insuportáveis que já me deparei na vida, simplesmente não aguento esses diálogos internos intermináveis e melodramáticos.


Flavia Mel 19/05/2016minha estante
A unica coisa divertida que vi nesse livro foi o nome dessa resenha. :D




Mel 11/02/2010

Melancia! :)
Eu adorei, me diverti do começo ao fim com a história (apesar de um tanto quanto desastrosa) e a forma de contar da Claire.
Sempre tive curiosidade de ler esse livro, por causa do título que não revelava absolutamente NADA sobre o conteúdo. Agora que já li, eu o indico a todos os leitores e principalmente leitoras.
A história é contada pela Claire e gira em torno da vida dela e do momento difícil pelo qual ela passa - depois de dar à luz a sua filhinha, ela é abandonada pelo marido, que diz amar outra mulher.
O livro é fantástico, muito bom!
Takeshita 27/02/2010minha estante
depois da sugestão, não tenho como não colocar esse livro na fila de livros para ler!!!


Clara Tavares 27/07/2010minha estante
Eu concordo com você. O livro é tão bom que embora seja grande terminei em 4 dias. É muito interessante, e feminista do jeito que nos mulheres gostamos mas além disso a história é sincera e humilde o que faz com que qualquer um possa vir a gostar do livro!


nessacardoso 18/12/2011minha estante
Concordo! É incrível como Marian Keyes divide opiniões. Enquanto alguns amam, outros odeiam mais que tudo. Até então só li Melancia, mas quero fazer minha coleção o mais rápido possível!




Tainara 10/02/2011

Sinceramente, não gostei do livro. Achei chato de se ler, não via nenhuma graça nas tentativas de piada que a autora fez. A parte romântica da história até que foi legal, apesar de ter demorado um monte para acontecer. Não tenho muito o que falar, além de que a Marian Keyes me decepcionou. Sinto como se eu fosse a única pessoa que não gostou do livro. Mas ele realmente não me cativou e acho que não vou ler outro dela - não por enquanto.
Carol Moreira 18/04/2011minha estante
Também não gostei Tainara haha, pra ser sincera achei Melancia UM SACO!!


Sabrina 21/05/2011minha estante
Tb não gostei do livro!!Me arrastei na leitura!!Todo mundo fala tanto, eu esperava muito mais!!Totalmente sem graça!


Barbara Julia 18/04/2012minha estante
Tainara,tenho a mesma sensação que vc,que fui a única pessoa que não gostou do livro. até "Um bestseller para chamar de meu " foi melhor que Melancia.Estou com medo de ler outro livro dela e me decepcionar novamente.


Ana 03/06/2012minha estante
Noossa gente :/ q pena, Adoro MELANCIA e sou mt fâ da Marian Keyes, ela só enrola mt, mas eu adoro os livro dela rsr


Letícia 30/01/2014minha estante
Acabo de ter a certeza de que gosto e gosto. Eu li, adorei e virou favorito rs...




Flavia 24/02/2012

Simplesmente ODIOSO
Outro dia, conversando sobre livros ruins com um amigo do trabalho, o primeiro que me veio a mente foi MELANCIA.

Caraca... é o tipo de livro que a gente dá tudo, só de ver a capa, mas quando abre, dá vontade de chorar de desgosto...
Claire foi largada pelo marido poucos minutos após dar a luz com a chocante notícia de que ele tinha arrumado outra. Depois disso, a pobre coitada voltou pra casa dos pais e suas irmãs malucas, acabada, flácida e deprimida e passa por maus bocados pra tentar se recompor e seguir com a vida adiante. Conhece o gostosão do Adam, super lindo e mais novo do que ela e embarca numa "aventura amorosa" buscando recuperar o tempo que perdeu com o ex marido traste, mesmo com um bebê na bagagem.

Só que, a protagonista é boba, fraquíssima, sem a manor graça, tenta ser engraçada mas passa muito longe disso e viaja na maionese com força. Por mais que algumas pessoas se identifiquem com a situação e a história de Claire, a encheção de linguiça da autora com bobagens só pra engrossar o livro é gigantesca e o final SUPER previsível. É tanta asneira, que dá preguiça! Aaaaahhhhh!

Uma hora está acontecendo uma coisa, de repente a personagem começa a pensar/lembrar de alguma outra coisa simplesmente nada a ver com a situação que não acrescenta nada de útil ou interessante na história, e a enrolação é tanta, que quando se volta ao assunto inicial, você até esquece do que raios a autora falava, e fica com aquele ponto de interrogação no ar se perguntando "mas o que tem a ver o c* com as calças, Jesus Cristo?"

Deprimente, odioso... Esse eu não recomendo, mesmo.
gleicepcouto 20/06/2011minha estante
Leia Férias! Infinitamente melhor que essa porcaria de Melancia!




gleicepcouto 20/06/2011

Uma Melancia aguada e sem gosto
Melancia é o primeiro livro de Marian Keys, escritora irlandesa, que já coleciona diversos sucessos no currículo como Férias!, Sushi, Casório?! e É Agora... Ou Nunca, dentre outros, publicados pela editora Bertrand. Suas obras já foram traduzidas para mais de 32 idiomas e sempre se destacaram nas listas dos mais vendidos, chegando a 22 milhões de exemplares ao redor do mundo.
Fui a última do meu círculo de amizades feminina a ler Melancia, que virou assunto em várias conversas do grupo. Confesso que o comprei para não me sentir tão outsider. O gênero chick-list - o qual a autora é a grande representante da atualidade - nunca me atraiu muito e eu não sabia bem o porquê. Melancia me tirou essa dúvida.
Claire leva um pé na bunda do marido 24 horas após ter dado a luz à filha do casal. Motivo: James estava apaixonado pela vizinha do andar de baixo (também casada), com quem mantinha um caso há 6 meses. O mundo da protagonista vira do avesso. Ela já até percebia o distanciamento do marido, mas associava ao fato de estar grávida e com hormônios descontrolados. Pensou que, após o parto, tudo voltaria a ser como antes: um casal apaixonado e feliz.
Não sabendo lidar com a situação sozinha, Claire volta para a casa dos pais, que junto com suas irmãs, formam uma família excêntrica. Lá, ela luta contra a depressão pós-parto e um coração partido, em meio a conflitos familiares. Não é fácil, claro. Aos poucos, porém, um certo rapaz, Adam, aparece em sua vida e a promessa de dias melhores se faz mais nítida. O problema é que isso acontece bem na hora que seu ex-marido, James, reaparece, dizendo estar arrependido. E agora? Claire deve dar uma segunda chance ao seu passado, ou uma primeira chance ao seu futuro?
Na verdade, Claire devia ficar satisfeita por ter um passado amoroso e a perspectiva de um futuro, porque, ao menos no presente, ela é irritante. Marian Keys fez uma personagem fútil e exagerada. E acho que ela sabia disso, pois logo nas primeiras frases do livro, avisa: "Desculpe se estou sendo desnecessariamente frívola quanto a isso." Bem, eu até desculparia se você não passasse o livro todo se lamentando.
A narrativa em primeira pessoa passa uma falsa intimidade com o leitor. A protagonista se acha no dever de ser engraçada a cada frase, então, o que era para ser sutil e característico de sua personalidade, se torna forçado. Às vezes, você até consegue rir alí e acolá, mas na grande maioria, o máximo que Claire consegue é arrancar de você, na marra, um sorriso amarelo.
Os monólogos são repetitivos e extensos. Páginas e páginas sobre como se acha gorda (Daí vem o nome do livro! Uou!), feia, deslocada, velha, tola etc etc etc. Páginas e páginas de como James era um canalha por tê-la abandonado. Páginas e páginas de como Adam era jovem, bonito e atencioso. Páginas e páginas (acreditem) descrevendo o pênis do dito cujo. Páginas e páginas e páginas e páginas que me fizeram chegar a uma única conclusão:
Eu entendo porque James a abandonou. Quem aguentaria tanto drama? Ela é neurótica.
Os personagens secundários não conseguem salvar a história (e existe uma?) - são tão estranhos quanto a personagem principal. Sua família e seus dramas são clichês e previsíveis. Adam até tenta melhorar a situação, ele é um cara bacana. Se por um lado entendi porque James a abandonou, não consegui acompanhar o raciocínio de Adam para se interessar por Claire. Ela se odeia tanto, que é contagioso. Passei a odiá-la também e a desejar que não terminasse com nenhum dos pretendentes. Ela tinha é que ir pra Marte - longe de todos, longe de mim.
O maior problema (o último, prometo) é que a personagem não amadurece, não passa por uma mudança significativa. Ou seja, começa o livro insegura e o termina da mesma forma. Keyes, no tempo extra do 2º tempo, tenta provar que a mocinha conhece seu valor... "- Sou inteligente e tenho amor próprio." Desculpa, mas não me convenceu. Suas atitudes até a última palavra demonstram exatamente o contrário.
Como dito no início da resenha, Melancia me fez perceber o que me incomoda tanto na maioria dos 'livros de mulherzinha': eles retratam o sexo feminino da maneira mais idiota possível. Simplesmente me recuso a acreditar que existam mulheres assim – não rola identificação alguma com Claire. Tá certo que todas somos inseguras e temos nossos medos, mas a esse extremo, duvido.
Apesar de tudo, não fiquei descrente com o gênero chick-list. Já li um outro livro da própria Marian Keyes, que considero ótimo. Mas deixa pra lá, que isso é assunto pra outra resenha - por enquanto, fico com o gosto de decepção na boca causado por Melancia. Nunca gostei mesmo dessa fruta aguada.
Flavia 20/06/2011minha estante
Concordo em gênero, número e grau. Resenha perfeita.

Melancia é o próprio Ó do borogodó.


Aldeizia 31/12/2015minha estante
Ótima resenha, faço das suas palavras os meus sentimentos! rs




Marina 16/12/2009

Bem, por onde começar? Achei que Melancia seria um livro no mínimo muito bom, para o tanto de sucesso que a escritora faz. Quando comecei a ler, estava receosa de que o livro seria um desastre-ele começa muito chato.

O meu grande problema em Melancia foi a protagonista, Claire. Gente, estou pra ver heroína mais demente. Logo no início do livro ela leva um fora do marido, e fica se lamentando e chorando e infernizando a vida dos outros durante muito tempo. Achei que não ia aguentar ler o resto, a mulher é louca e desquilibrada. Pensava até que era bem feito ela ter levado um fora (claro que depois a gente percebe que o marido é um belo de um babaca). Mas se vocês conseguirem superar as primeiras 150 páginas, juro que melhora! Só que mais pra frente do livro, Claire toma umas atitude de gente burra que não ajuda a criar simpatia pela personagem. Fora que as crises de auto estima dela cansam demais.

Enfim, apesar dos pesares, o livro tem muitas passagens divertidas, dá pra rir de algumas piadas, e além disso tem o Adam. Aah, o Adam, esse sim é O personagem carisma do livro, encantador. Também gostei muito da Helen, a irmã esquentadinha de Claire, ela rouba a cena diversas vezes.
Cláudia 23/12/2009minha estante
Nossa ... tenho que concordar ela é demais em todos os aspectos pra mim, mas o Adam é legal. Adorei a resenha ... assino embaixo. Bjus


Cláudia 23/12/2009minha estante
Nossa ... tenho que concordar ela é demais em todos os aspectos pra mim, mas o Adam é legal. Adorei a resenha ... assino embaixo. Bjus


Jéssica Marise 05/10/2010minha estante
Humm... Melhor eu não ler... de baixa auto-estima já basta eu D;


Débora Alves 15/07/2012minha estante
Engraçado... Eu já passei por uma situação parecida, que me fizeram acreditar que eu que estava errada, quando na verdade era outra pessoa e não me acho uma "gente burra"... Tudo depende da situação a qual você está inserido e às vezes precisa de uma visão de um amigo, que está vendo de fora, pra te dar um toque!


Juliana 24/10/2012minha estante
Ah, eu não concordo totalmente com sua resenha... tipo, eu tinha raiva pelo fato de ela se importar mais com relacionamentos (homens etc) do que a filha em certas passagens (foi o que pareceu, pelo menos). Não sou como a Claire, mas vou te falar.. 70% das minhas amigas são!! Por isso que eu achei o livro interessante, quantas falas dela eu já não ouvi aguentando drama de amiga??? KKKKK Não acho ela demente, acho tem uma falta de amor próprio e consegue ir criando esse amor com o passar do livro.. mas concordo que até lá isso cansou bastante algumas vezes..


SAN 27/12/2012minha estante
Pra mim o q valeu a pena em melancia foi o Adam, amei ele muito. Tão simpático,lindo,hot...
Ele merecia alguém melhor na minha opnião.
Afinal ela ñ valoriza ele.




redomingos 20/11/2010

Futilidade, teu nome é Claire.
Eu sempre tive curiosidade de saber o porquê desse livro se chamar Melancia, e quando descobri o motivo fiquei com muita vontade de ler. Eu pensava que se a personagem principal era tão espirituosa a ponto de se comparar a uma melancia ela seria uma pessoa interessante.
Bem, me enganei. Na realidade Claire é infantil, fútil, egoísta, carente e não tem um pingo de amor próprio. Não vou dar razão ao marido que a abandonou por que ele é um idiota. Mas deve ser muito difícil conviver com uma pessoa que precisa ter seu ego amaciado a cada 20 minutos.
Esquecendo um pouco a personagem principal e olhando para a história...bem, não tem muita história. Vou resumir:
- Mulher linda se casa com um contador idiota que acha que ganhou na loteria por isso.
- Ex mulher linda da a luz e é abandonada pelo contador.
- Mulher agora gorda sofre de depressão por ter sido abandonada.
- Ex gorda sai da depressão porque voltou a ser linda.
- Nova linda encontra o homem mais gostoso do mundo que se apaixona a primeira vista por ela.
- Contador se da conta da preciosidade de mulher que perdeu.
- Contador é descartado.
- A nova mulher, que cresceu muito com tudo isso, vai ter agora a sua disposição o homem mais gostoso do mundo que vai poder ficar lhe dizendo a todo momento como ela é incrível.
A história é bem bobinha e cheia de clichês. Não tome o livro como a historia de uma mulher lutadora que venceu a dor do abandono e cresceu como pessoa. Ele esta mais para comédia romântica de sessão da tarde.
Fran Kotipelto 10/03/2011minha estante
Não é o tipo de livro que pretendo ler. =)


Carol Moreira 18/04/2011minha estante
concordo com sua resenha, mas vc deveria marca-la com spam, se eu nao tivesse lido o livro antes de ler , eu ficaria MUITO chateada mesmo


letícia 09/12/2011minha estante
Eu sempre fiquei na dúvida sobre esse livro, após essa resenha, só tive a certeza que é aquela coisa morna e sem graça, bem isso que vc disse: "comédia romântica de sessão da tarde."




Abner XZ 02/02/2011

Essas Mulheres Irlandesas... !
Bem,
Eu não sei por que, mas sempre quando estou prestes a falar da Marian Keyes me vêm um sorriso imbecil no rosto e simplesmente fico sem palavras. D:
Ao contrário da maioria das resenhas que eu li aqui ( com muita surpresa ) este é um dos livros mais inesquecíveis da minha vida, um dos DOIS LIVROS em que não dei risadinhas, mas GARGALHEI ( a coisa foi realmente séria, meus pais ficaram com medo de mim enquanto eu lia ) e um dos que, para o meu espanto, mais mergulhei nas emoções da personagem. No início fiquei realmente com medo. Foi meu primeiro livro mais dirigido ao público feminino, já que é narrado MUITO detalhadamente em primeira pessoa por uma mulher, e por isto a sensação de estar dentro da mente feminina, com todas as suas contradições e psicopatias ( sim, psicopatias. ù.u ), foi muito perturbadora. xD Mas a Claire, Claire Walsh se tornou uma das minhas personagens favoritas, uma das que eu mais gostaria de conhecer, abraçar e dizer: "Argh! Você é tão legal! *--*" Com emoticon e tudo.
É tão meiga, irônica e exagerada, humana.
ADORO os detalhismos e as coisas inúteis que ela diz.
ADORO as irmãs doidas dela, especialmente a Helen, com quem mais ri.
ADORO Irlanda.
E a história simples se torna excelente com os inúmeros debates psicanalistas da personagem.
Melancia, pra mim, foi tudo o que dizem e muito mais: foi achar um livro com personagens de humor perfeitamente igual ao meu, com emoções quase palpáveis de tão descritivas e... é demais. .-.
A única coisa que tenho contra a Sra Keyes é a aparente "aversão" dela a amizade entre personagem homem e mulher, e apenas AMIZADE ( aquela sem pegação e sem pensar em pegação entre amigos ). Coisa que fica muito mais explícita e passa a irritar mesmo no "Férias". No Melancia estava rindo demais pra perceber isso.
Recomendo sempre.

Te Amo, Marian. Sua louca alcólatra phodástica. ♥

PS: O Segundo livro em que Gargalhei: O Guia do Mochileiro das Galáxias. *-*
Guilherme 07/02/2011minha estante
Você há-de concordar que ela não é uma autora besta e deslumbrada como suas personagens. Não diria que é cuidadosa e sensível, mas, não sei, mas psicologicamente se desenrola muito bem. Leia Férias!


Abner XZ 13/02/2011minha estante
Eu já li "Férias!". Citei o livro na resenha.._. Gostei, mas não tanto quanto Melancia. A Rachel é muito... "puta" *~* ( a melhor palavra pra descrevê-la ). É obcecada com homens, isso é irritante. Não importa em que condições emocionais ela esteja, se vir um homem já sai piscando. Mas o decorrer da história é legal, e eu gostei das partes finais em que ela fica sóbria.


Samyta 16/02/2011minha estante
Adorei sua resenha!
Também gargalhei horrores, me exasperei às vezes, e fiquei completamente amiga de Claire, para sempre! hehe
BJs


veronnicalouise 12/10/2011minha estante
minha mãe tbm se assustou com minhas gargalhadas,mto bom!!!!
ps:adorei sua resenha!!!!!!


Laiz 16/09/2012minha estante
Amei o livro! Ri, chorei, fiquei com raiva e me apaixonei, tudo junto e misturado, tudo ao mesmo tempo agora! Gosto é gosto, não se discute. se lamenta... kkkkkk


Laryssa.Cristiny 16/09/2015minha estante
Amei esse livro! Ri tanto com ele que o levei para viajar junto comigo. Não sei porquê tantas pessoas deram críticas negativas... :(




spoiler visualizar
Kelly 06/06/2013minha estante
concordo plenamente




r@quel 24/01/2011

Chato
Esse livro foi uma decepção... A protagonista o tempo todo durante a narrativa fica dando milhares de opiniões, fazendo diversos comentários e observações desnecessárias, a personagem toma decisões inacreditáveis que te fazem pensar o tempo todo 'meu Deus como essa mulher é burra'... Dificilmente vou me arriscar a ter mais um livro de Marian Keyes na minha estante!
Carol Moreira 18/04/2011minha estante
Pra mim é muito difícil gostar de um livro, quando nao gosto da protagonista e meu Deus como CLAIRE é chata!!




Stephanie 04/08/2010

Ótima narrativa, mas pouca ação
Quando comecei a ler o livro fiquei encantada com o estilo da autora. Bem despojada, engraçada, sincera... A protagonista faz comparações e descrições ótimas, tanto sobre ela mesma quanto sobre a família Walsh (que é incrível, adorei a personalidade de cada um dos personagens, principalmente da Hellen). Em muitas partes do livro eu não conseguia parar de rir.

Até aí tudo bem, livro bem escrito, ótimas tiradas, personagens interessantes... mas Melancia não é o tipo de livro que você não consegue parar de ler, daqueles em que um capítulo acaba e você precisa ler o outro senão morre de curiosidade. Não tem nenhuma ação ou suspense, os sentimentos não te envolvem, tudo que acontece é óbvio demais... O começo do livro empolga, mas quando chega perto da metade o livro se torna cansativo e repetitivo. A história só volta a ser interessante quando está perto do final, que é ótimo e, apesar do desenvolvimento da história não ter sido legal, o fim fez valer a leitura.

Quanto aos personagens, eu adorei todos os integrantes da família Walsh (menos a protagonista, Claire, que é uma chorona insuportável), cada um com seu jeito diferente e alguns até estranhos, típico em qualquer família. Adorei o Adam (apesar de não acreditar que exista homem assim) e até me identifiquei um pouco com o James...

Não é, de forma alguma, um livro ruim. O estilo da narrativa supera a falta de ação e, com certeza, é um dos livros mais engraçados que já li. Mas... faltou algo. Eu indico o livro pra quem gosta de leituras leves, pra ler no ônibus, na sala de espera... quem gosta de ação não vai gostar.



comentários(0)comente



Carol Moreira 22/01/2010

Eu realmente tenho que parar de ler Mariam Keyes, já li Férias da autora e também não gostei. Ela enche muito linguiça, e enrola enrola enrola. Se tirassem todas as interrupções e páginas inúteis, Melancia teria no máximo 100 páginas!
comentários(0)comente



Thaís M. 11/12/2010

Um livro encantador, não entendo por que essa "antipatia" que as pessoas tem com ele. Durante todo o decorrer da leitura me senti falando diretamente com Claire (não por me identificar com a personagem e tals) mas pela linguagem do livro que é demasiada simples. Uma leitura gostosa do tipo que se lê boa parte do livro a cada "sentada".
Eu pensava muito nele quando não estava lendo. A Situação da personagem principal é no mínimo curiosa... como assim o marido a largou no dia do nascimento da primeira filha?
As recordações que ela tinha freqüentemente da vida com " James" eram muito forte, contrastando com a atual situação dela: O retorno a casa dos pais. O que a principio poderia parecer um regresso, se tornou o grande segredo da sua gradual recuperação, viver novamente com os " Anormais da Família Walsh" eram ao mesmo tempo reconfortante e estranho...
Mesmo tendo cinco filhas os pais de Claire ainda são totalmente inexperiente nas questões que agora ela enfrenta. Ao mesmo tempo que Claire evolui e busca respostas para a sua atual situação e uma saída para poder retornar sua vida,sua família se espelha na sua situação para tentar colocar juízo na cabeça das outras irmãs de Claire que se no mínimo rebeldes rs.
O aparecimento de um "novo homem" na vida dela, suas constantes ligações para o ex(que de fato me dão MUITA RAIVA). E sua indecisão tendo um homem PERFEITO totalmente a sua disposição e a possibilidade de voltar com o ex traíra é uma das partes mais tensas do livro.

Muito bom, recomendo principalmente para quem quer dar uma relaxada.
comentários(0)comente



753 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |