O Exorcista

O Exorcista William Peter Blatty




Resenhas - O Exorcista


447 encontrados | exibindo 196 a 211
14 | 15 | 16 | 17 | 18 | 19 | 20 |


Thais.Hermelino 16/02/2020

O livro é bom, mas achei o início meio parado.
Só começa a acontecer alguma coisa mesmo da metade para o fim do livro.
Mesmo assim, eu gostei bastante.
Durante as cenas de exorcismo eu fiquei bem tensa, tudo foi descrito com muito realismo.
Eu não indico para pessoas que sejam muito sensíveis por conter cenas mais pesadas.
Juo 05/03/2020minha estante
Só começa a acontecer alguma coisa mesmo da metade para o fim do livro!!!!!
Caramba eu peguei o livro anteontem e já estou cheio da história da mãe da guriazinha!!! :(




@bruelaine 27/01/2020

Fácil e aterrorizante
A história é aterrorizante. Muitas vezes pausei a leitura para digerir os relatos pavorosos que ocorriam com uma criança de alma tão inocente. De início, temos um enredo mais parado de fato, porém, a dúvida incessante do padre Karras também embala o leitor com a questão fé versus ciência, e é esse mistério (que permanece até o fim) o responsável por tornar a leitura rápida, pois a cada página a curiosidade é instigada e, mesmo sendo uma história pesada, é quase impossível parar de ler. De escrita fácil, um bom livro para aqueles que estão iniciando o hábito e procuram uma história envolvente.
comentários(0)comente



Our Brave New Blog 09/09/2016

RESENHA O EXORCISTA - OUR BRAVE NEW BLOG
Isso aí, meus queridos e queridas, mais um clássico do terror com criança esquisita nesse blog. Todo mundo aqui já ouviu falar sobre O Exorcista, certo? Eu não vou mentir, fui saber do livro há pouco tempo, vi essa capa fofíssima, fiquei encantada (sim) e decidi comprar, porque se a adaptação é considerada "o maior filme de terror do século XX", o livro não poderia ser uma bosta, e eu estava certa. A leitura não rendeu muitas anotações, ausência de grandes altos e baixos, eu diria, então a resenha será mais curta que o normal.

A sinopse deixa claro que a história a ser contada é a de Chris, mãe da menininha encapetada, o que me fez temer um livro parecido com Menina Má, cheio de vários nadas, mas, apesar de Chris ser o foco, alguns capítulos são completamente centrados na vida do padre Damien Karras, que também tem papel importante na narrativa, achei bacana, já que a obra carrega o nome de O EXORCISTA.

Chris é ateia e Damien é um padre com a fé abalada, então já é de se imaginar o conflito acontecendo na cabecinha deles diante da situação. Um dilema para nossos personagens: como combater algo em que não se acredita ou não se quer acreditar muito? Complicado.

Eu não sou de sentir medo com o gênero terror/suspense, nem sei quantas vezes isso aconteceu na vida, se é que aconteceu, então não posso dizer que o livro me deixou amedrontada, mas uma coisa é verdade, certas cenas me deram agonia, aquela sensação de querer que acabe logo e eu considero isso algo bom. Acho que seria uma leitura um pouquinho complicada para pessoas sensíveis a esse assunto, então fica o alerta.

Não sei se vocês sabem, mas demônios, pelo menos em livros, não são educadinhos, então o comportamento de Regan possuída é completamente bizarro. Algumas coisas eu lia e ficava meio: eita... então tá bem... ok... seguindo. Meio esquisito pessoal, não é bonito não, be ready.

Há vários ganchos no final dos capítulos, ganchos bons que me deixaram bem curiosa para saber o que me aguardaria depois, geralmente feitos com apenas uma linha carregada de suspense e que me fizeram pensar: isso aí vai dar ruim com certeza, com certeza, olha lá, deu né.

CONTINUE NO BLOG: http://ourbravenewblog.weebly.com/home/o-exorcista-por-william-peter-blatty

site: http://ourbravenewblog.weebly.com/home/o-exorcista-por-william-peter-blatty
comentários(0)comente



Cris.Aguiar 19/11/2020

Clássico
Esse foi um ano de muitos livros fora da minha zona de conforto, mas recomendo a leitura deste.

Apesar de em muitos momentos eu achar um pouco chato, não posso deixar de tirar meu chapéu para essa história, principalmente para quando foi escrita.
Final surpreendente, e, diferente do filme, nem dá tanto medo....

Claro que por via das dúvidas só li durante o dia :D , mas pode-se ler a noite se você não for muito impressionável.

Recomendo.
comentários(0)comente



jade martins 21/02/2020

Apesar de todo mundo aparentemente amar esse livro, e por esse motivo peguei para ler achando que seria um história aterrorizante como muitos dizem, mas enfim, não foi o caso... O livro é chato, os diálogos são chatos, os personagens são chatos, não gostei, mas também não foi uma leitura completamente horrível, foi ok.
Juo 05/03/2020minha estante
Estou no começo dele, e já estou cansado de ler tanto da vida da mãe da menininha.
Vai ser assim até a possessão???




Igor.Lima 04/06/2019

Uma grande obra de terror
Responsável pelo mais importante filme de terror de todos os tempos, "O Exorcista" é uma grande obra do gênero terror. Mas engana-se que a obra se sustenta apenas no terror. A obra trata de tantos temas psicológicos que as vezes nos esquecemos que se trata de um romance de terror. É bem escrito e extremamente tenso!
comentários(0)comente



Maurício 11/03/2020

Leitura obrigatória
Sem delongas: um clássico. Perturbador e imprescindível para a coleção de quem ama terror.
comentários(0)comente



Pedro Aurélio 28/04/2020

Fiz questão de adquirir a versão do livro lançada no Brasil em 1972, pela editora Nova Fronteira, de Carlos Lacerda

O exorcista é um livro lançado originalmente em 1971 e conta a história de Regan MacNeil, uma garota de 12 anos que é “teoricamente” possuída pelo demônio e o enorme sucesso do livro acabou dando origem ao filme em 1973 marcando um dos maiores hits de terror da história do cinema.
Inclusive, para quem conhece o filme Halloween A trilha composta influenciou o esquema de cores surrealistas do próprio 'O 'Exorcista'' de Willian Friedkin.
Desse modo,o livro é escrito intencionalmente para mexer e oscilar com o psicológico e senso lógico,e o filme então nem se fala.
Agora,deixando de lado o fundo verídico e espiritual da coisa(fenômenos extraordinários) sabemos que o livro descreve a fundo, em tese,o encontro do sobrenatural com o natural ,ou posso dizer, do celestial e do maléfico.
Assim, então, deve ser feita uma pergunta. Você tem fé?
comentários(0)comente



Milene.Ferreira 07/04/2020

Não dá pra explicar O QUÃO BOM é esse livro, mas digo q tem um motivo pra esse livro ter sido considerado um dos maiores terrores de todos os tempos...
comentários(0)comente



Giu 01/11/2020

O Exorcista
Demorei para ler, já que não conseguia ler à noite por medo AHAHAHAH. Incrível!
comentários(0)comente



Gabriela Paulino 23/11/2020

Já tinha assistido o filme, mas não me lembrava dos detalhes da história. Resolvi ler o clássico e me impressionei, gostei bastante da narrativa e do modo como ela se foca na investigação do caso, na procura por uma doença física ou mental que explicasse os fenômenos, e não no terror em si. Não é um livro feito para assustar, e sim para te fazer pensar. Há sim alguns trechos chocantes, que assustaram até a mim, que sou acostumada às narrativas de horror (as descrições das profanações nas igrejas me renderam um pesadelo).

O final é levemente sugestivo, mas aberto, e nos resta a dúvida. Me afeiçoei especialmente ao padre Karras, sempre gostei de histórias envolvendo pessoas que perderam a fé (aliás me indiquem se conhecerem alguma boa). O personagem do detetive foi pra mim um alívio cômico no nível certo, com seus trejeitos meio ansiosos e sua paixão pelo cinema. É um livro que gostaria de deletar da memória só para ter o gosto de lê-lo pela primeira vez de novo.
comentários(0)comente



Amanda.Assis 10/06/2020

O exorcista
Um livro muito intrigante, onde cada personagem é delineado de forma bem consistente.
Uma leitura pesada, com a linguagem agressiva, realmente é uma história que mexe com o psicológico o leitor.
Como uma fã de terror e suspense, está é uma história que nos deixa perplexos, para os amantes de terror vale muito a pena a leitura.
comentários(0)comente



Thiago Alves 07/06/2020

Suspense
Foi boa leitura da certo suspense, para quem gosta desse gênero.
comentários(0)comente



Paulo.Alves 18/07/2017

Estava um pouco relutante em ler tal livro. Grande parte dos leitores afirmaram serem uma literatura um tanto quanto pesada, porém, felizmente, a leitura foi uma grata surpresa. Além da textura muito bem descrita pelo autor, há um diálogo um tanto quanto filosófico em relação à nossa condição humana e a utopia da santidade. Cada personagem possui uma singularidade absurda, o autor chega a máxima descritiva de levar o leitor a se compadecer das personas da obra. Sem dúvida um dos melhores livros que li nos últimos anos.
comentários(0)comente



Raphael 29/06/2020

Resenha O Exorcista (livro)
Durante muitos anos não tinha ideia de que o filme, mesmo sendo um dos favoritos da minha vida, havia sido baseado em um livro, de mesmo nome, lançado em 1971 por William Peter Blatty. A história é exatamente a mesma, e concentra-se na vida de Chris MacNeil, uma famosa atriz de Hollywood que está vivendo temporariamente em Washington DC com sua filha Regan, de 12 anos, para a gravação de um filme. A vida das duas vai muito bem até que Regan inicia uma mudança brusca de comportamento que escala até o ponto de considerar que a garota esteja possuída por um demônio.

Diferentemente do filme que possui uma ideia mais direta, o livro não assume logo de início que Regan esteja possuída por um espírito maligno, e inclusive, a questão do que realmente está ocorrendo pode ter mais de uma interpretação. É interessante que durante a investigação médica e ao longo de todo o desenrolar da trama, são apresentadas quais são as possíveis interpretações do ponto de vista da medicina e da psicologia que expliquem uma possessão demoníaca.

No meu ponto de vista, fica um pouco difícil analisar o livro sem compará-lo ao filme, devido ao seu enorme impacto que é relevante até hoje. Obviamente são obras distintas, mas que a meu ver se complementam em muitos aspectos. Enquanto o filme foca no horror, no sobrenatural e no exorcismo em si, o centro do livro são seus personagens, e principalmente o padre Damien Karras. O livro é dele e sobre ele. O autor nos leva a sentir toda a carga de sofrimento que Damien carrega consigo, seja em relação aos seus próprios conflitos internos, sua falta de fé e o peso da responsabilidade e do dever que toma para si de ajudar a salvar uma garota que sofre de um mal que muitas vezes vai além de sua compreensão. Damien é um personagem intenso, atraente e é maravilhoso poder conhecer um pouco mais de suas nuances através do livro, algo que no filme não é possível por motivos de tempo. Outros personagens também merecem destaque, como o casal de idosos que trabalham na casa de Chris, Karl e Willie, que no livro possuem um destaque muito maior, e é claro, o tenente Kinderman, que assim como no filme, é o alívio cômico para uma história tensa e proporciona momentos mais leves com suas divagações sobre a vida.

A pergunta que muitos devem fazer ao cogitar ler O Exorcista é: será que assusta tanto quanto o filme? Minha resposta é que definitivamente sim, assusta, ou melhor, perturba, e muito. O livro segue durante todo o desenvolvimento a atmosfera tensa e pesada que causa um certo incômodo e a sensação de que há alguma presença estranha pairando ao redor. Há algumas passagens que não estão presentes no filme e que causam arrepios, demandando pausas para a retomada de fôlego. Muitos dos que assistiram ao filme antes da leitura já possuem várias referências gráficas para algumas passagens, e inclusive todas as partes mais perturbadoras, violentas e chocantes vistas no filme estão presentes no livro, no entanto, com um nível de descrição muito maior. Referências gráficas reais, somadas a escrita detalhista de William Peter Blatty e a imaginação de cada leitor deve produzir resultados interessantes para quem gosta de sentir medo. Por mais que o enredo de O Exorcista seja amplamente conhecido por aqueles que já assistiram ao filme, ou por aqueles que não simpatizam com filmes de terror e nunca conferiram nada da história, a leitura do livro sem dúvidas é uma experiência única e que vale muito a pena.
comentários(0)comente



447 encontrados | exibindo 196 a 211
14 | 15 | 16 | 17 | 18 | 19 | 20 |