O Pássaro

O Pássaro Samanta Holtz




Resenhas - O Pássaro


118 encontrados | exibindo 46 a 61
1 | 2 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8


spoiler visualizar
Samanta 27/11/2012minha estante
Olá, Dayana :)

Que delíciaaaaa receber uma resenha tão positiva!!! OBRIGADA!!!!! Fico muito feliz que O Pássaro tenha sido uma surpresa positiva em suas leituras de 2012 ^^

Um grande beijo, querida, e tudo de bom!!!!




Máh xD 21/09/2012

Se vocês gostam de historias imprevisíveis...
eis o livro aqui!!Todas as vezes que me adiantava em uma conclusão, lá vinha à Sam, e fazia com que a história tomasse rumo diferente, não acertei uma! oO"E olha que geralmente acerto!

Vou começar falando da Elizabeth Mondevieu, dois anos mais velha que sua irmã Caroline, é uma moça serena, recatada e submissa a seu pai, diferente de sua irmã, mas apesar disso e de toda sua delicadeza, não se enganem ela é forte!
E quem tiver lendo nem adianta tentar supor como ela vai agir, a moça sabe esconder muito bem seus pensamentos.
Em minha opinião ela apareceu pouco, mais todas as vezes que aparecia me emocionava, por isso queria que tivesse mais del

“Há vezes em que o silencio é nossa melhor arma”... pág 56


O quê falar do Philip La Frièt? O que melhor se encaixa para dizer é que ele é um perfeito "Gentleman". Em suas passagens à Samanta o descreveu de tal forma, que acho difícil encontrar um Philip nos dias atuais, para quem está procurando por um claro. Sam, sua malvada!


Todavia os personagens principais são Caroline Mondevieu , uma moça carismática, curiosa e traquina, desde criança. Tem opinião própria e contesta o que lhe falam, se é proibida de falar, mesmo no silencio das palavras, consegue transmitir seus pensamentos través do olhar...
Não suporta injustiça, sendo esse um dos motivos que a faz ir tanto contra o carrasco de seu pai o Barão Enézio. Porém, sua maior luta é a busca de sua tão sonhada liberdade, afinal a moça nasceu com o “Espírito Livre”, e não irá medir esforços até tal coisa conseguir...

“É essa vida, padre! Essas pessoas, essas regras, este lugar.Sinto como se eu fosse um grande torrão de açúcar infestado de saúvas..." pág 36


E Bernardo Rachlev, filho mais moço e como seu pai Gerson, também é um domador de cavalo, se a Caroline é teimosa, nele achou seu par perfeito, pois esse rapaz consegue ser ainda mais, rs, característica demonstrada desde o início da leitura. E quando os dois estão juntos, há muitas farpas e faíscas.

“... - Na verdade, milady, a maior diferencia entre nós é que meu pai sempre trabalhou e sempre foi pobre. Já o seu, nunca fez nada, e tem tudo isso ...” pág. 17

E o que poderia unir essas duas pessoas tão diferentes?
Ora, pois, e não é que os dois querem liberdades, mesmo que seja por motivos opostos.

E juntos embarcam numa jornada, nos presenteará com suas peraltices, momentos engraçados, outros tristes, contudo os emocionantes são incontáveis!
... Depois de muitas emoções, não acabam aí não, tem mais, rs, e no acampamento dos ciganos, ou malditos segundo Caroline ou melhor Dayah, nome que lhe deram lá, significando nada menos que “O Pássaro”.

“ Pássaros não nasceram para se prenderem a lugar nenhum, sua estação aqui passará, e então rumará para outros hemisférios.” pág 265

Não poderia deixar de citar, Dinamine, serva de confiança da Antonelle Modevieu, ela é uma figura, ia citar suas famosas frases, mas achei melhor deixar vocês lerem para captarem... No fim descobrirão o que quero dizer. ( shuahsuhaus risada máh).
Aii, meu Deus, vou parar por aqui ou irei matracar sem parar, pois esse livro tem muito que falar e muitos segredos inesperados os aguardam, confiram, com certeza irão se emocionar. E o final, e o final, que final, que final, Sam!!
Livro mais que recomendado!
Samanta 21/09/2012minha estante
Oi, Mah!! :)

Muito obrigada por dividir sua opinião aqui com os leitores do Skoob!

Fico imensamente feliz em saber que gostou tanto da minha história ^^


Um beijo enorme!


Máh xD 14/12/2012minha estante




Rita Nunes 27/08/2014

O livro é uma história romântica típica, sem surpresas ou novidades. Talvez agrade quem gosta de romances "água-com-açúcar", o que não é o meu caso. Mas o livro tem uma qualidade que merece ser destacada: é muito bem escrito. Numa época em que pululam os novos autores, a grande maioria medíocres, alguém que escreve bem merece ser parabenizado.
Samanta 31/08/2014minha estante
Boa noite, Rita!

Muito obrigada por compartilhar sua opinião sobre o livro aqui no Skoob e por elogiar minha escrita :) Fico feliz que a tenha agradado!!

Um beijo enorme!


Mariane 04/09/2014minha estante
Eu não achei esse livro nenhum pouco água com açucar, nossa! haha!Os dois personagens principais tem uma personalidade tão forte, única, e o relacionamento deles não era nenhum pouco enjoativo. E o que dizer daquele final? 2 surpresas absurdamente inesperadas, nunca esperaria, tanto que fiquei muito mal após acabar de tantas emoções, rebuliços em meu coração que ele me causou! Queria que você tivesse sentido isso como senti. Mas já que você amou a escrita da Samanta, realmente maravilhosa, tenta ler outra história dela. Os outros 2 livros dela são bem diferentes de O Pássaro. E se gosta de livros com tantas reviravoltas, indico o meu favorito dela agora e recém lançado, Renascer de um Outono, você em nenhum momento adivinha o que vai acontecer, é enganado a todo instante! Abraços! :)


Samanta 04/09/2014minha estante
:) Mariane, obrigada por suas palavras, querida!!! Realmente, a leitura de um livro resulta em sensações e sentimentos diferentes a cada um que o lê ^_^

Obrigada por indicar a leitura dos meus outros romances à Rita!

E, Rita, caso você tenha a oportunidade de ler, espero que goste muito :) Vou adorar saber sua opinião!

Beijos às duas


Rita Nunes 05/09/2014minha estante
Nossa, nunca uma resenha minha rendeu tanto, rsrsrs! O livro não é ruim, de maneira nenhuma, só não é o meu estilo. E como gostei da maneira que é escrito, claro que gostaria de ler outros títulos.


Samanta 11/09/2014minha estante
hahahaha!!! Quantas respostas, não é, Rita? :)

Comentário da autora, de leitora, de todo mundo rs... Acho muito legal perceber como uma mesma história toca cada leitor de uma forma diferente!!! É exatamente o mesmo livro, e é sentido por cada um de um jeito, pois, afinal.. somos todos diferentes e únicos :)

Não se preocupe, eu entendi sim o seu ponto de vista, e não precisa se preocupar em explicar-se!!! Se não tivesse gostado da história, também poderia escrever aqui sem problema algum :) É a sua opinião, né!!!

Beijos, querida!




Literatura 26/07/2013

Amor eterno
Caroline Mondevieu é filha de um poderoso Barão e tem tudo o que uma dama da época poderia querer: status, riqueza e um ótimo partido para se casar. Seus sonhos, no entanto, vão muito além de vestidos caros ou um bom marido; ela quer ser dona do próprio destino. Sua vida muda completamente quando encontra Bernardo, um charmoso domador de cavalos que parece ter o dom de irritá-la. Eles não conseguem se entender até quando percebem que, para alcançar o sonho em comum da liberdade, terão que passar por cima das suas diferenças e se unirem num arriscado plano que promete transformar suas vidas para sempre. Grandes emoções os aguardam em sua jornada; perseguição, mistérios, ciganos e o despertar de um sentimento que insiste em se manter escondido. Mas o que parece tão simples envolve muito mais magia e coincidências que eles podem imaginar, além da descoberta de segredos, até então, muito bem guardados. Uma história romântica e surpreendente que irá prender sua atenção desde a primeira página. Você está preparado?

Olá pessoal, esta é a resenha de uma autora nacional muito querida na qual tive o privilégio de conhecer pessoalmente no evento que participamos da Semana do Livro Nacional. Eu já tinha lido há alguns meses, pois trocamos livros e mantínhamos contato pela maravilhosa internet, mas estive um tempo sem fazer resenhas, pela correria do dia a dia.

Já no início nos deparamos com um ponto um tanto quanto estranho para a época em que a história é passada: uma garota a frente de seu tempo que não aceita todas as decisões de seu pai, um barão da alta sociedade que preza muito mais seu status do que sua família.

Creio que mudei muito minha escrita por esse motivo! Eu vivia escrevendo pequenos romances, poesias e uma porção de textos que deixa o leitor maravilhado e impressionado com seus finais. Resolvi me aventurar no estilo Literatura Fantástica, misturando a ficção com um toque romântico, mas por Deus Samanta, que foi isso que você fez, menina? Ousada, diria! Olha, pra mim, foca no meu rosto em uma foto qualquer aí na internet. Eu até tenho cara de menino, mas sou um homem de 23 anos e meio (24 kkk). Por que a senhorita me fez chorar, hein? Digo sem entrelinhas que me emocionei pacas! A narrativa é toda cheia de riqueza, como ela descreve cada sensação ou expressão da personagem principal, Caroline e, como deixa algumas amarras em alguns pontos da história para que no fim, tudo se encaixe com toda perfeição que você para de ler e olha para a primeira coisa que seus olhos batem e dizem: Quê? Como assim? Não creio!

Veja resenha completa no site:

site: http://www.literaturadecabeca.com.br/2013/07/resenha-o-passaro-amor-eterno.html
comentários(0)comente

Samanta 05/08/2013minha estante
Adorei essa resenha!!!

Muito obrigada por postarem aqui no Skoob :)

Um abraço!!




Danielle 02/07/2013

O Pássaro
Resenha – O pássaro – Samantha Holtz
O pássaro, de Samantha Holtz, é um romance histórico e o primeiro livro da autora.
A história se passa na Europa no século XIII, onde a protagonista Caroline é filha de um barão muito poderoso e sem escrúpulos, ela se entre presa dentro da sua mansão e não aceita as regras impostas pela sociedade.
Quando criança, Caroline certa vez conversou com Bernardo, filho de um dos empregados da fazenda e ele a fez ver a diferença entre eles. Caroline foi questionar seu pai o porquê dos empregados da fazenda trabalharem tanto e nada terem e eles terem tanto sem fazer nada, como resposta ela levou uma surra que nunca mais esqueceu.
Quando Caroline anos mais tarde reencontra Bernardo, a pessoa que lhe abriu os olhos quando criança eles acabam se aproximando e um sentimento começa a surgir. Só que seu pai já a prometeu em casamento para Filipe, que é amigo de Caroline, e então Caroline se revolta por não ter o direito de escolher seu futuro marido. A partir daí embarcamos em uma aventura maravilhosa.
Logo que comecei a ler o livro achei que seria chato, por se passar no século XIII, mas minha opinião mudou logo nas primeiras páginas, a narrativa de Samantha é deliciosa e envolvente, eu simplesmente não conseguia parar, devorei as 480 páginas em apenas 2 dias.
O livro é lindo demais, tem um final que pode não agradar a alguns, mas eu achei perfeito.
Recomendo o livro para todos que gostam de um lindo romance.
Samanta 02/07/2013minha estante
Querida Danielle!!!

Que liiiiindas palavras sobre o meu livro... :) Muito obrigada, de coração!!!

Amanhã vou comentar lá no seu blog, postar a resenha na minha página e divulgar nas redes sociais ;)

Um beijo enorme no coração!!!




Liachristo 09/07/2014

O Pássaro - Samanta Holtz - Novo Século
O Pássaro, conta a história de uma dama chamada Caroline Mondevieu, que é filha de um Riquíssimo barão. A história de Caroline Mondevieu se passa na Europa, no século XIII. Porém Caroline é diferente de todas as mulheres, de sua época, inclusive de sua mãe e de sua irmã mais velha. Caroline é muito curiosa, e muito alegre, já sua irmã é mais contida e acata mais facilmente as decisões de seu pai.

Mas com todo esse jeito atrevido Caroline sempre se conteve com o Pai, pois sabia do que ele seria capaz se ela o desafiasse... Até o dia em que conhece um menino, filho do domador de cavalos que trabalha em sua propriedade, e ele mostra a ela uma realidade, onde nem todos são ricos, e tem a vida fácil como a dela.

Deste dia em diante a vida de Caroline nunca mais foi a mesma. Nunca mais teve o mesmo respeito pelo pai, e aprendeu como ninguém a usar o olhar.
A observar e aprender com as pessoas e situações ao seu redor.

E o que no início parecia que ia ser uma relação difícil, entre Caroline e Bernardo vai aos poucos se transformando numa linda amizade e depois num doce e sincero amor...

Um livro cheio de surpresas, reviravoltas, romance, e muita emoção.

Retrata de maneira bem realista, como era ser mulher naquela época.
Uma leitura fácil, gostosa, e que nos faz viajar com o pássaro por capítulos recheados de emoções surpreendentes...
Com certeza é um livro pra reler com calma, saboreando como se faz com um doce bem gostoso.
Ah... E o final emocionante e lindo onde o pássaro finalmente fica livre...

Quero agradecer a Samanta Holtz, pela oportunidade de ler este livro maravilhoso, que me deixou encantada. Pelo carinho, atenção e principalmente pela confiança deposita em mim e no meu blog.
Parabéns Samanta e muito sucesso!
Bjus


site: http://www.docesletras.com.br/2012/03/resenha-book-tour-o-passaro-samanta.html
Samanta 19/07/2014minha estante
Querida Lia,

Muito obrigada por compartilhar sua resenha de O Pássaro aqui no Skoob!! :)

É muito bom saber que minha história proporcionou uma leitura tão gostosa a você!

Beijos no coraçãoooo!!!


Samanta 31/08/2014minha estante
Querida Lia,

Muito obrigada por dividir sua opinião sobre O Pássaro aqui no Skoob :) beijo no coração!!!!


Patricia Chame 05/10/2016minha estante
Acabei hoje de ler, amei. Mais um belíssimo romance da Samantha!
Lindo!


Liachristo 05/10/2016minha estante
Também gostei muito deste livro!




matheus Melaré 29/11/2015

inesquecível
o livro é perfeito, infelizmente o final é triste ,mas as fases que ele contem são inesquecíveis.
Samanta 11/01/2016minha estante
Querido Matheus,

Muito obrigada pela avaliação e pelas palavras sobre O Pássaro!!! Fico muito feliz em saber que gostou do desenrolar da leitura!!!

Um forte abraço,
Samanta :)




spoiler visualizar
Samanta 13/06/2013minha estante
Ahhhhhhh, trecho lindo... :)

Obrigada por postar aqui, Luana!

Beijossss!




Bruuh 08/04/2014

Estava morrendo de saudade de ler um livro histórico e com mais saudade de ler um que fosse brasileiro e então me deparei com O Pássaro.

Caroline Mondevieu nasceu em uma família abastada. Filha de um poderoso Barão, ela passa seus dias feliz, até que ousa questionar sobre a vida, o que faz com que o Barão lhe dê uma grande surra.

- Fique quieta, vadiazinha!Aprenda a ficar quieta! Mulheres não nasceram para falar....

Enézio Mondevieu, é um homem sem escrúpulos, que só pensa usando a maldade e o status como prioridade. Ele não sente nenhum remorso por ter batido em sua filha de apenas 7 anos de idade.
Assim, Caroline cresce vendo o quanto seu pai é odioso e o quanto sua mãe Antonelle e sua irmã Elizabeth são submissas ás suas vontades e que não há nada que se possa fazer.
Caroline sonha em ser livre, um sonho que nem todo o status e riquezas são capazes de comprar.
E assim, ela conhece Bernardo, um domador de cavalos cuja irritação que impõe á ela, assim como uma faísca de algo maior mexe com seus nervos e sentidos.
Caroline, mesmo tendo se afastado do pai depois daquele episódio, continua constantemente questionando sobre tudo: Porquê seu pai é tão rico, sendo que nunca trabalha? Enquanto os escravos trabalham dia e noite e mal se sustentam? Por que ela não pode ser livre, dona de seu próprio destino?
Caroline vive com esses Por quês e sua mãe e irmã tentam refreá-la para que não questione seu pai.
Até que sua irmã Elizabeth se casa, com um homem que seu pai escolheu e na festa de casamento seu pai pede a atenção de todos e anuncia o noivado de Caroline com Filip, seu grande amigo.
Caroline ao se ver sem saída e sem a mísera vontade de fazer algo que o pai ordena, ela resolve fugir.
Assim Caroline vê em Bernardo uma ótima oportunidade para sair dali, ele conhece uma passagem que levará para fora e, juntos eles fogem.

Reviravoltas marcam a narrativa de O Pássaro, Samanta Holtz aborda questões intensas de ódio e intensas de amor de uma forma leve. Não conseguia parar de ler, e não conseguia não torcer por Caroline, rir e sofrer por ela. O livro é lindo e único e trás uma mensagem maravilhosa.

Se você, caro leitor ama livros históricos com ótimas narrativas, aposte neste livro.

site: http://coracoesdeneve.blogspot.com.br/
Samanta 01/05/2014minha estante
Olá, Bruuh!

Fico muito feliz em saber que a leitura foi tão agradável e que despertou sentimentos e emoções!!! Obrigada por dividir sua opinião com os leitores do Skoob e do seu blog e, mais ainda, por recomendar a leitura!!!

Beijos carinhosos,
Sam

PS: Tentei acessar seu blog para comentar lá também, porém abriu uma tela de "permissão negada", que o blog é apenas para convidados! Se for isso mesmo, não tem problema, apenas estou avisando para o caso de você não saber e querer corrigir essa configuração ;)

Beijos!!!


Samanta 01/05/2014minha estante
Olá, Bruuh!

Fico muito feliz em saber que a leitura foi tão agradável e que despertou sentimentos e emoções!!! Obrigada por dividir sua opinião com os leitores do Skoob e do seu blog e, mais ainda, por recomendar a leitura!!!

Beijos carinhosos,
Sam

PS: Tentei acessar seu blog para comentar lá também, porém abriu uma tela de "permissão negada", que o blog é apenas para convidados! Se for isso mesmo, não tem problema, apenas estou avisando para o caso de você não saber e querer corrigir essa configuração ;)

Beijos!!!


Samanta 01/05/2014minha estante
Olá, Bruuh!

Fico muito feliz em saber que a leitura foi tão agradável e que despertou sentimentos e emoções!!! Obrigada por dividir sua opinião com os leitores do Skoob e do seu blog e, mais ainda, por recomendar a leitura!!!

Beijos carinhosos,
Sam

PS: Tentei acessar seu blog para comentar lá também, porém abriu uma tela de "permissão negada", que o blog é apenas para convidados! Se for isso mesmo, não tem problema, apenas estou avisando para o caso de você não saber e querer corrigir essa configuração ;)

Beijos!!!


Samanta 01/05/2014minha estante
Olá, Bruuh!

Fico muito feliz em saber que a leitura foi tão agradável e que despertou sentimentos e emoções!!! Obrigada por dividir sua opinião com os leitores do Skoob e do seu blog e, mais ainda, por recomendar a leitura!!!

Beijos carinhosos,
Sam

PS: Tentei acessar seu blog para comentar lá também, porém abriu uma tela de "permissão negada", que o blog é apenas para convidados! Se for isso mesmo, não tem problema, apenas estou avisando para o caso de você não saber e querer corrigir essa configuração ;)

Beijos!!!




Samara 26/02/2013

Do começo ao meu do livro fiquei bastante empolgada, devorando cada capítulo, no entanto não gostei do final...fiquei bastante decepcionada esperava um final diferente...snif!!! Mas a autora está de parabéns, para quem gosta de drama eis aqui uma excelente sugestão!!!
Samanta 05/03/2013minha estante
Olá, Samara :)

Muito obrigada por dividir a sua opinião aqui no Skoob!!! Entendo a sua opinião sobre o final rs... ele realmente divide opiniões, e respeito todas elas!!! Fico feliz que tenha gostado do meu livro e da minha narrativa, ainda assim! E, em breve, vem aí "Quero ser Beth Levitt", uma história bem diferente... quem sabe a agrada mais, nesse ponto? hehehehehe

Um beijo enorme!!
Samanta




Silvânia Alves 04/09/2015

O melhor que já li!
Quando comecei a ler O Pássaro, fui construindo em minha mente cada palavra a fim de fazer desta uma resenha perfeita. Entretanto, ao finalizar o livro, eu só conseguia pensar: Por quê? Por quê Sam...por quê?
O livro narra a história de Caroline, jovem de coração puro, que não se deixa dominar ou subjulgar aos mandamentos autoritários do pai, o barão Enézio de Montevideu.
Ainda não sei como escrever esta resenha sem dar spoiller, pois todas as passagens do livro trazem um acontecimento importante para o desenrolar da história.
Em uma época onde a mulher era tratada como mero objeto, usado para acordos de casamento entre famílias ricas, a jovem protagonista destoa deste cenário de mulher submissa e se rebela contra as atitudes do pai, que a todo custo, tenta obrigar a filha a cumprir seus caprichos.
Corajosa, destemida, Caroline ensina a mãe Elizabeth a importância do amor verdadeiro, de não ceder aos caprichos masculinos apenas por medo de contrariar aquele que se julga seu senhor.
Em muitas partes do livro não conti o choro e as lagrimas vieram a tona, e quando eu pensei que não havia mais como chorar, com um final surpreendente a Samanta me faz desmoronar mais uma vez, me levando as lágrimas e enchendo meu coração de sentimentos que só quem leu um livro dela é capaz de identificar.

Leia a resenha completa no blog:

site: http://www.detudopouco.com.br/2015/01/resenha-do-livro-o-passaro-da-escritora.html
Samanta 30/09/2015minha estante
Querida Silvânia,

Eu já tive a alegria de ler e comentar essa linda resenha em seu blog, mas não posso deixar de, novamente, agradecer pelas lindas palavras!!! Fico muito feliz em saber que O Pássaro se tornou o melhor livro que já leu!!!

Espero sempre proporcionar leituras igualmente maravilhosas a você :)

Beijos no coração,
Sam




Paula 14/11/2012

O preço da liberdade....
Uma menina quer alçar voo e ser feliz do jeito que deseja... O problema é que a época do século 13, onde barões dominavam as terras e suas filhas tem seus maridos escolhidos e a única função da mulher é providenciar filhos homens para o futuro.

É nesse mundo que vive Carolina, uma jovem muito diferente de sua época. Sua história se passa com um pai controlador, frio e autoritário, uma mãe submissa e um futuro preso e submisso como de sua mãe e irmã. Apesar de tudo, Carolina conhece Bernardo, e com isso descobre que seu mundo não é de flores e que existem diferenças sociais que nem a mente mais inocente pode negar. E assim começa a história fantástica que a doce Samanta Holtz criou!

Eu não preciso dizer que amei a história, porque isso está completamente implícito! E, por ser alguém que detesta romances água com açúcar, posso dizer com toda a certeza que O Pássaro não se encaixa nessa categoria! A evolução dos personagens é forte e coerente, toda a história tem mistério, ação, romance e aventura e Carolina é uma protagonista para se apaixonar!

E, no final, Carolina alça seu voo, sendo livre de verdade...

Fantástico e surpreendente! Recomendo completamente! *_* Parabéns, Samanta, pela história linda que me fez chorar! ;)
Samanta 14/11/2012minha estante
Querida Paula,

Uau!!! Nem sei o que dizer após ler palavras tão lindas sobre meu romance :)

É bem isso que você falou, "O Pássaro" não é nada água com açúcar!! Não tenho nada contra romances desse tipo - confesso até que, hora ou outra, me rendo a alguns rs... mas eu também não conseguiria classificar meu livro assim! Fico feliz que a sua interpretação também seja essa ^^


Um beijo enorme!!! Obrigada pelos elogios e por dividir sua opinião aqui!!!




Marcela 01/06/2015

Minha primeira leitura de Samanta Holtz foi Quero Ser Beth Levitt, livro que me deixou totalmente encantada. Agora, com O Pássaro, não senti apenas encanto, como também centenas de outras emoções possíveis e cabíveis num coração humano. E vou explicar o porquê:

A história se passa no século XIII e sabemos bem o quanto as mulheres sempre foram oprimidas, tratadas mais como paredeiras e objetos de decoração do que como seres humanos. Uma mulher com sucesso na vida era aquela que conseguia um bom casamento - para ter filhos e ser exibida pelo marido quando rica, ou para ter filhos e virar serviçal do marido quando pobre. Mas Caroline não concordava com isso... Hoje em dia, com o movimento feminista cada vez mais forte, é comum que histórias com protagonistas rebeldes como a Caroline faça muito mais sucesso do que as clássicas com donzelas em perigo, o que faz com que o tipo de personagem tenha se tornado comum. Mesmo assim, esse livro realmente me surpreendeu!

O pai da garota, Enézio, é um barão cruel, daqueles que se importa mais com o que a sociedade pensa dele e de sua família do que com qualquer outra coisa. Ele e Caroline vivem entrando em conflito por conta disso, uma vez que a garota se rebela com facilidade e vive causando desconfortos, desestabilizando a imagem da família perfeita. Na infância ela chegou a tomar uma surra do pai quando, ao conversar com o filho do domador de cavalos, ela descobre que não são todas as pessoas do mundo que vivem em um castelo como ela, cheia de conforto. Após essa conversa, ela questiona o barão sobre o fato dele não fazer "nada" e ter muito dinheiro, enquanto pessoas que trabalham tanto como o homem dos cavalos, vivem em uma casa miserável como a que ele e os filhos possuem. Talvez esse questionamento não tivesse sido motivo suficiente para uma surra... se não tivesse sido feito na frente de visitas.

É dessa forma que somos introduzidos ao mundo e ao gênio de Caroline. Depois vamos acumulando rebeldias, como ela não se conformar com a submissão da mãe, soltar comentários ácidos a todo momento e até tentar fugir de seus casamentos.

Em um de seus momentos de reflexão pelo território do pai, ela reencontra aquele garoto, filho do domador de cavalos, que já se tornara homem, e o reconhece. Ele, Bernardo, também é rebelde e inconformado com a vida que leva. O rapaz faz pouco caso da rebeldia da garota, uma vez que ela "não tem do que se queixar", além de julgá-la arrogante e com ego de superioridade igual ao barão, e ambos trocam grandes farpas ao longo dos capítulos. Isso até que descobrem um objetivo em comum e decidem, por total persuasão de Caroline, se unir para fugir daquele lugar e buscar a liberdade que tanto almejam: ela, para deixar de ter alguém decidindo seu destino, e ele, para deixar de trabalhar para o barão e seguir seu sonho de ser campeão de corridas de cavalos.

Nessa jornada, a encontramos na posição de donzela em perigo por muitas vezes, é verdade, mas isso é totalmente justificável, uma vez que ela, mesmo possuindo uma personalidade revolucionária, é apenas uma menina que cresceu em um castelo, cercada de criados e conforto. Bernardo, claro, entra na história como o herói e ficamos naquela montanha-russa de momentos de discussão e de gentil aproximação entre eles. Já sabemos o que vai acontecer, não é? Pois é... Mas não é simples assim, e a fúria do barão pela fuga de Caroline e por sua audácia ao se juntar com o domador de cavalos é o menor dos problemas dessa história.

Não me permito mais descrever acontecimentos, uma vez que o livro está repleto de mistérios a serem desvendados de maneira que só mesmo a leitura faria jus às suas emoções. E sobre tais mistérios, em alguns momentos me peguei prevendo o que viria a seguir com o seguinte pensamento: "Não, isso não pode acontecer... A Samanta é fofa demais para uma crueldade dessas...". Mas não, a Samanta não é fofa demais. A Samanta possui a medida certa de fofura para nos encantar e de crueldade para nos abalar profundamente, fazendo de suas histórias inesquecíveis.

Após terminar essa leitura, fui checar resenhas no Skoob e vi algumas pessoas descontentes com o final do livro. O final é realmente surpreendente e de causar certa revolta, porém, depois de refletir a respeito e pensar nas possibilidades, acredito que não existiria um final melhor e mais emocionante para essa história. As coisas chegam a um ponto onde nada mais poderia ser feito sem que se seguisse um inferno eterno na vida daquelas pessoas (pessoas, sim, pois chamá-los de simples personagens parece desvalorizar toda a emoção que me causaram).

É difícil que eu me pegue em estado de espírito propício para ler um romance, tampouco é difícil que os romances que leio consigam me emocionar de verdade. Talvez eu leia numa proporção de 1 romance para cada 20 livros de gêneros menos delicados, como fantasia, suspense policial e os clássicos horrores de King. Mas O Pássaro conseguiu me atingir profundamente. Comecei a lê-lo como uma forma de descansar dessas minhas leituras mais pesadas, esperando um romance leve e corriqueiro, e acabei tomando uma surra de emoções. E isso tudo, além do conteúdo delicioso, podendo contar também com a escrita impecável da Samanta, onde as palavras se encaixam perfeitamente, sem tirar nem pôr.

E cá continuo suspirando, inspirada pela determinação e coragem de Caroline: uma menina que começou como uma criança revoltada e pronta para desafiar o pai a qualquer custo, mimada à sua maneira, e que pude ver evoluir e amadurecer a um ponto onde seria capaz de qualquer sacrifício por amor.

Por fim, declaro que, em meio a tantos acontecimentos e reviravoltas, talvez minha maior lamentação seja por Filip. Mas para saber quem ele é qual a razão desse meu sentimento, só conhecendo a história toda...

site: http://vivendo1001vidas.blogspot.com.br/2015/05/resenha-26-o-passaro-samanta-holtz.html
Samanta 12/06/2015minha estante
Querida Marcela,

Que resenha linda, linda, linda! Amei ler seu ponto de vista sobre O Pássaro, escrito de forma tão bonita - e que, em alguns momentos, me fez rir, como na parte: "Mas não, a Samanta não é fofa demais" :) rs...

Fiquei feliz em saber que O Pássaro a surpreendeu tão positivamente, despertando uma cascata de emoções quando o que você esperava era uma leitura leve! Também adorei seu ponto de vista sobre o final do livro e, embora respeite e compreenda a opinião dos que pensam diferente, fico contente em perceber que a maioria se emociona e admira com a forma como tudo foi encerrado! Nossa Caroline era digna de um final nobre.

Obrigada pelos elogios à minha escrita, pelo amor à minha história e aos meus personagens - ou melhor: nossos! Minha maior alegria, como escritora, é poder compartilhar meu universo com vocês. Obrigada por fazer parte dele!

Com amor,
Sam




Gi 05/05/2012

O PÁSSARO - Samanta Holtz
Estive fora esses dias, pois viajei para muito longe!
Voltei a meados do século XIII, na época dos grandes senhores feudais e seus vassalos que praticamente pagavam para morar em condições de extrema pobreza.
Nessa viagem, conheci Caroline, uma menina muito teimosa e cheia de idéias, coisa que me surpreendeu muito para uma garota daquela época, que como todos sabem, devem ser submissas ao pai/marido e são tratadas apenas como uma linda peça de enfeite.

E é sobre a história de Caroline que quero lhes contar hoje.
Caroline Mondevieu teve a sorte (ou azar) de nascer em berço de ouro, e em uma das mais prestigiadas famílias da época.
As festas e tardes de chá dos Mondevieu são sempre muito concorridas! Todos querem estar em meio a todo aquele luxo e extravagâncias proporcionadas pelo grande Barão Enézio Mondevieu, um homem que vive de aparências. Perante a sociedade, mostra-se um homem sorridente, gentil, compreensivo e um grande amigo, tudo para manter sua preciosa reputação de grande senhor feudal, marido atencioso e pai exemplar, mas só quem vive sobre o mesmo teto sabe realmente o quão terríveis podem ser suas atitudes de castigos.
Uma pessoa que conhece bem o coração de pedra de Enézio é sua esposa Antonelle, uma senhora muito bonita por fora, mas que por dentro é só tristeza.
Vive com um homem que sequer a olhava nos olhos e de quem só recebe desprezo, agressões físicas e palavras dolorosas. Suas únicas alegrias são suas duas filhas maravilhosas: Elizabeth e Caroline. Mas como são diferentes!
Elizabeth tem traços muito delicados, é meiga, educada e tem o mesmo ato e olhar submisso de sua mãe.
Já Caroline é totalmente o contrário! Tem um rosto mais expressivo, fala, ri, pergunta e vai contra todas as regras de etiqueta exigidas as moças de boa educação.

Numa bela tarde de chás na mansão do Barão, enquanto todos conversavam animadamente, Caroline foi dar um passeio pelas terras do pai.
Ela ficou encantada pelos belos cavalos que estavam sendo domados por um senhor e seus filhos.
Caroline ficou lá pendurada na cerca observando atentamente os movimentos do animal e do domador, até que foi surpreendida por um garotinho sujo e de pele queimada pelo sol, que lhe mostrou a dura vida real dos que moram em volta ao castelo de seu malvado pai.
Caroline ficou muito perturbada por descobrir que gente que trabalha tanto mora em condições tão terríveis, e que muitas vezes não tem nem o que comer, enquanto seu pai que não faz nada vive no mais puro luxo, e vai questioná-lo sobre essa injustiça.
Mal sabia a inocente menina que suas perguntas poderiam enfurecer o Barão daquela maneira, e como resposta ganhou uma surra de vara e palavras horríveis.
As marcas no seu corpo sumiram em algumas semanas, mas a mágoa e o terror ficaram gravados em sua memória para sempre. Ela nunca mais foi a mesma Caroline sorridente e feliz.

Muitos anos se passaram e o ódio de Caroline por seu pai só cresceu, pois dias após dia ela o via maltratar e castigar seus empregados.
Outra coisa que crescia era a vontade de fugir daquele horrível lugar.
Seu refúgio era a igreja e seu amigo de fala engraçada Padre Reynald.
Por várias vezes procurava consolo nas palavras de Deus, mas o que padre Reynald lhe dizia não era o que ela queria ouvir, e em um dia de “busca por respostas da alma” Caroline não encontrou o padre, mas sim um livro muito grande e velho, e que por sorte, estava escrito em sua língua. Mesmo sabendo que aquilo era errado, leu e descobriu o que sempre quis saber!
Deus nos deu o livre arbítrio! Podemos fazer de nossas vidas o que considerarmos correto!
Foi então que a vontade de ser livre estourou em seu coração e Caroline decidiu de uma vez por todas que não ficaria ali nem mais um minuto.

A menina fez seu plano da maneira que pensou que ia funcionar, e com a ajuda de seu amigo briguento Bernardo (um dos filhos do domador de cavalos), que também queria se ver livre do terrível barão, fugiu na noite em que ia se casar. O pobre noivo, que é um bom moço ficou muito triste, mas por amar Caroline a deixou ir. Ela estava finalmente partindo para ser feliz da maneira que sempre quis... Livre como um pássaro.

Seu pai se enfureceu e, preocupado com sua preciosa reputação, afirmou que a filha havia sido raptada. A mãe de Caroline, Antonelle arrependeu-se profundamente de ter contado a filha sobre a historia de sua bisavó Antonieta, que fugiu de um marido tirano e acabou abandonando até mesmo seus filhos para viver uma vida feliz ao lado do homem que realmente amava.

Começa ai a grande aventura de Caroline e Bernardo, rumo a liberdade e a vida que tanto sonharam!!!

Segredos do passado serão revelados, novas atitudes serão tomadas e um final inesperado nos aguarda nessa aventura rumo a VIDA.

Discussões, beijos roubados, emoções a flor da pele, novas descobertas e toda a magia do povo cigano fazem parte dessa história que nos surpreende a cada página virada.
Seus costumes e amor pela vida nos ensinarão a enfrentar as dificuldades para seguir com sabedoria por caminhos que muitas vezes vão exigir sacrifícios.
Também nos encantarão com suas danças, festas, nomes e toda a magia que os envolve.

O Pássaro nos ensina não somente que devemos lutar por um amor. Mas que devemos lutar por nós! Por nossas idéias e vontades, mas sem esquecer de que podemos afetar todos a nossa volta.

"Sacrifícios são necessários, pois nunca se alcança um sonho sem perder algo no caminho."
(Giani Plata)

@AnnyPlata
aestranhaestantedagi.blogspot.com.br
Samanta 07/05/2012minha estante
Olá, querida!

Awnnnn, eu já tinha lido essa resenha LINDA em seu blog!!!

Muito obrigada por postar aqui também e dividir sua opinião com os demais leitores e "aspirantes a leitores" de O Pássaro! rs...


Fiquei muito feliz por saber que O Pássaro realmente tocou seu coração e pelas emoções que a história despertou em você!

Seja muito feliz, sempre!


Beijos!
Samanta




spoiler visualizar
Samanta 19/11/2013minha estante
Querida Aryanna

Muito obrigada por escrever aqui a sua opinião sobre o livro! Que delícia ler palavras tão positivas sobre ele :D Obrigada!!!

E adorei saber os comentários que você ouvia de quem a via com o livro na mão rs rs... que bom que foi essa a fama que "O Pássaro" construiu por aí ;) hahaha!

Beijão!
Samanta


Aryanna Pereira 20/11/2013minha estante
Você é quem escreveu um dos melhores livros que eu já li !! É tão cativante, emocionante, perfeito ! Gostei tanto, que já to até aqui, procurando o "Quero ser Beth Levitt" para comprar, pois também foi muito bem recomendado ! E devo lhe agradecer muito por sempre apoiar a Sandra e ao projeto mãos amigas aqui de Pratinha, todos aqui, estão amando a literatura nacional, que antes era vista, como uma coisa chata e monótona... mais uma vez, OBRIGADA ! bEIJO !


Samanta 25/11/2013minha estante
Obrigada pelas palavras, Aryanna :)
Simmm, é uma gratidão e uma alegria ajudar a Sandra e esse lindo projeto!


Samanta 25/11/2013minha estante
Ops, cortou o restante do comentário.. rs

Espero que também goste muito de "Quero ser Beth Levitt"! E, se ainda não tiver adquirido o seu (e se quiser), aproveite a promoção de Natal, em que estou vendendo exemplares autografados por tempo limitado :)

Aqui:
http://www.samantaholtz.com/2013/11/compre-seu-exemplar-autografado-por.html

Beijos!!


Aryanna Pereira 05/12/2013minha estante
Claro Samanta, vou entrar no site agora mesmo ! Muito obrigada ! Beijos !




118 encontrados | exibindo 46 a 61
1 | 2 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8