O caminho para casa

O caminho para casa Kristin Hannah




Resenhas - O Caminho Para Casa


173 encontrados | exibindo 61 a 76
5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11 |


Caroline.Figueredo 14/04/2020

Incrível
Amei a história , apesar de triste. Esse livro dispertou todos os sentimentos em mim, queria que não tivesse fim e quando chegou ao fim fiquei com aquela sensação que precisa de mais . Já quero ler todos os livros da autora.
comentários(0)comente



L 24/06/2013

Kristin Hannah tem livros incríveis e esse é um dos meus preferidos. A protagonista sofre bastante, é uma história triste, mas maravilhosa.

Já li jardim de inverno, o caminho para casa, quando você voltar, lembranças de nós dois, entre irmãs, e além da esperança. Os três primeiros são excelentes, quem ainda não leu, leia! Os outros também são bons. O mais fraco é o último, mas soube que a versão que eu li foi publicado como livrinho de banca e deceparam "só" umas 150 páginas do livro(sacanagem).

Enfim... Pelo que vi, ela tem mais livros, mas sem tradução para o português. Provavelmente lerei em inglês mesmo, porque não aguento esperar alguém publicar por aqui.
comentários(0)comente



Manu 07/06/2013

O caminho para casa
Caminho Para Casa - Para Uma Mãe, a Vida Traz Uma Série de Escolhas Difíceis - Kristin Hannah

"O caminho para casa" é mais que um drama,é um livro sobre lição de vida que conta a história de Jude,esposa de Miles e mãe de um casal de filhos gêmeos,Zach e Mia,no qual desde o momento em que ambos nasceram,ela faz de tudo para ser uma mãe perfeita e protetora.Quando eles chegam ao ensino médio,é o momento em que Jude sofre uma grande tensão pelas preocupações peculiares de uma mãe de adolescentes.Do outro lado da história,se encontra Lexi,uma garota que diferente de Zach e Mia,não teve nada desse amor e proteção que os gêmeos sempre tiveram.Filha de uma mãe drogada,Lexi ja havia passado por sete lares adotivos e quando sua mãe morre,ela vai morar com uma tia-avó que nem sabia que existia.É nesse espaço de tempo que ela vai estudar na mesma escola de Mia e Zach e a partir daí,surge um grande laço de amor e amizade entre os três,onde Lexi se torna a melhor amiga de Mia e o grande amor de Zach.O tempo vai passando e esse laço vai se fortificando cada vez mais,até que um dia uma escolha mal feita,traz uma tragédia que faz com que o destino de todos os personagens envolvidos na trama mude completamente.
É difícil falar ao certo o impacto que esse livro me causou,pois em cada capítulo eu era pega de surpresa de uma forma que quase me deixava sem ar.Os temas abordados nesse livro,falam de amor,amizade,escolhas,perdão e caem como luva tanto para jovens,quanto para adultos.
É o tipo de história que faz você refletir sobre a vida e se perguntar como você agiria em determinadas situações.Com certeza irá arrancar muitas lágrimas de quem o lê,pois além de ser uma história forte,os acontecimentos são tão intensos que faz você pensar muitas vezes que também faz parte da história.É muito fácil eu me apegar a um livro,mas "o caminho para casa" vai além disso.Quando terminei a leitura minha vontade era que todas as pessoas que eu conheço,lessem esse brilhante drama para que experimentassem o mesmo sentimento que eu experimentei.Não canso de dizer que compartilhar dessa leitura foi um presente pra mim,cada personagem ficou gravado em mim de uma forma que me fazem falta.É a primeira obra que leio de Kristin Hannah e me sinto sortuda em ter começado tão bem,pois ela me mostrou ser uma autora extremamente talentosa que sabe conduzir os fatos de uma maneira impecável.Enfim,"o caminho para casa" se tornou sem nenhuma dúvida um dos meus livros favoritos e eu me vejo no dever de recomendar essa grande obra prima.
Então,não percam tempo e boa leitura!
=D
comentários(0)comente



Sueli 28/10/2013

O caminho para casa
Uma emocionante historia que fala sobre relacionamentos. Nos faz pensar sobre o ódio e o amor que andam de mãos dadas. Que o perdão e o amor são a cura para alma, tanto que de quem o libera quanto de quem o recebe.

Vale a pena cada minuto de leitura.
comentários(0)comente



Renata 16/09/2020

Reflexão sobre o perdão.
Amizade verdadeira entre três adolescentes, Lexie, Mia e Zach, (irmãos gêmeos), filhos de Jude e Miles.
Lexie encontra nesta família a amizade, o carinho, o amor e o respeito na qual nunca teve, uma família para chamar de sua, mas infelizmente uma tragédia ocorre, e todos os sonhos e metas acabam sendo adiados e por um tempo cancelados, e uma nova fase de incertezas aparece diante dos olhos de todos, mas que apesar dos percalços o amor e o perdão ainda deve prevalecer sempre.
comentários(0)comente



Mel 27/04/2013

A narração é um pouco forçada, mas a história é linda!
Leandro 13/07/2013minha estante
Já estava me perguntando se somente eu havia achado a narrativa cansativa...




claraisabela 13/04/2020

O caminho para casa
Hannah tem uma escrita cativante e em diversos momentos consegui me sentir imersa na história com todo o seu drama. Não é uma leitura muito leve pois mostra muitas injustiças e situações que nos deixa indignados. Ainda assim, apresenta um desfecho relativamente bom, embora eu acredite que poderia ser feito mais e melhores coisas antes das páginas imediatamente finais.
comentários(0)comente



Alessandra 04/06/2019

Arrebatador
Estou seriamente começando a ter um caso de amor com esta escritora. sem sombra de duvida um dos livros mais lindo que já em minha vida. Onde clica para dar 10 ESTRELAS ?? Quer um livro para arrebatar seu coração ? Com certeza o nome dele é O Caminho para Casa. Como sempre Kristin nos leva para uma narrativa incrível sobre duas mulheres sensacionais. A história conta sobre a vida de Jude e Lexi. Jude é a mãe totalmente dedicada (entre erros e acertos, me identifiquei muito com ela) que tem dois filhos gêmeos com personalidades totalmente diferentes: Zack, o rei da escola, lindo e com muitos amigos e Mia, a menina tímida, nem tão bonita e sem amigos. A outra personalidade é a Lexi, órfã, colega deles na escola que entra na vida dessa família para mudar todo um destino. Jude recebe Lexi em sua família de forma muito carinhosa e ela se torna a melhor amiga de Mia e namorada de Zach. O livro se passa em dois tempos, um quando as crianças estão entrando no colegial com 14 anos e outro após 6 anos com eles já com 20 anos e toda uma vida marcada por escolhas. Uma história de mães guerreiras, do amor entre um homem e uma mulher, do relacionamento de pais e filhos, avós e netos e acima de tudo do perdão. Uma história sensacional sobre família, seus amores e suas escolhas. Um livro com personagens para guardar no coração ❣
comentários(0)comente



Patricia Chame 03/10/2017

“– Desculpe-me por demorar tanto para chegar até aqui. Eu… me perdi – disse ela finalmente.”
Começo com um desafio: Leia as primeiras páginas deste livro e tente largar.
Tente não se emocionar.
Tente não se envolver.
Já adianto: será muito, muito difícil.

Mesmo depois de ter lido outros 4 maravilhosos livros da autora (Jardim de Inverno, O rouxinol, As cores da Vida e Quando você voltar) ela ainda consegue tirar meu chão e devastar meu coração.
O que esses 5 livros tem em comum?
Tudo e nada. Histórias completamente diferentes mas ao mesmo tempo TÃO profundas e tocantes, tão envolventes que te fazem pensar em tudo: na vida, no mundo, nas pessoas, além de chorar, claro, impossível não se emocionar em seus romances.

Só a Kristin Hannah consegue escrever personagens com tanta dose de realidade que parecemos conhecer aquela pessoa e estar vivendo aquele sentimento.

O livro é devastador e vai partir seu coração. Você sofrerá com cada personagem, assim como encontrará o perdão com eles.
Você lerá sobre perda, maternidade, amizade, luto, perdão, escolhas, julgamento e recomeços.

O título que sei a resenha resumo muito do livro, mas só depois da leitura vocês entenderão.
por enquanto deixo outros trechos que dão uma previa do que esperar:

'As pessoas pensam que amar é um ato de fé – falou a mãe – Às vezes, é um ato de vontade."

"O preço de ser franca com os filhos era muitas vezes ficar sabendo de coisas que seria melhor não saber. Acreditava que os pais tinham duas escolhas: exigir sinceridade e lidar com verdades indesejáveis ou enfiar a cabeça na terra e aceitar as mentiras."

"Os sonhos eram coisas efêmeras, como balões que, uma vez soltos, desaparecem no céu."

“Uma sensação curiosa tomou conta de Lexi. Era como o leve bater de asas de um passarinho, uma emoção tão estranha que ela não a reconheceu de imediato. Esperança” (Pág. 15).

"Era isto o que o amor fazia com uma pessoa? A retorcia e esvaziava até restar apenas a necessidade? Se fosse assim, como ela sobreviveria?"

"-Você sempre amou seus filhos excessivamente. Você se preocupa demais em fazê-los felizes.
Conselhos vindos de sua mãe. Perfeito. Jude deu um meio sorriso.
-É impossível amar excessivamente os filhos. Mas eu não espero que você entenda isso."

Claro que recomendo - FAVORITO DA VIDA - 5 ESTRELAS
Jaque Ferreira 03/10/2017minha estante
Também é um dos meus favoritos da vida . Já li 3 dessa autora mas diferente de você esse foi o único que gostei .
E como você disse , é impossível não chorar , não se emocionar , não torcer e não xingar alguns personagens !


Kelly Brandão 27/03/2019minha estante
Essa autora se tornou minha favorita tbem. Tudo que li dela eu favoritei. Ela sempre me toca fundo, me leva as lágrimas e depois me faz sonhar com as possibilidades infinitas que os personagens tem de seguirem com suas vidas. Ela faz com que eu me sinta íntima dos personagens, não uma mera espectadora, e eu AMO isso




Alê 10/03/2013

Emocionante!
Esse livro é muito bom, me emocionei muito, a partir da metade chorei pra caramba. A história nos faz refletir sobra o q valorizamos, nossas prioridades, e q as vezes achamos q estamos fazendo o certo qdo na verdade não estamos. E que tem coisas que nem mesmo o tempo conserta, mas aprendemos a viver com elas. É o tipo de livro q qdo vc termina, fica um tempão pensando nele... adorei, recomendadíssimo!
comentários(0)comente



Marcia.Medeiros 28/10/2020

Que livro é esse?Nunca chorei tanto com uma leitura.Que história emocionante vc s envolve com a Judy que é mãe de gêmeos que e através de uma escolha errada mudou sua vida ,se passa em duas partes antes de tal acontecimento e depois...E fácil perdoar?Como recomeçar?
comentários(0)comente



Marcela @ler_sim_ler_sempre 01/10/2016

Amor e Culpa - Lagrimas e emoçao
O caminho para Casa - Kristin Hannah

(...) Quando se ama alguém ... e se perde essa pessoa , você tambem pode acabar se perdendo (...)


Não costumo ler sinopse de livro. E dessa autora já havia lido Jardim de Inverno, e me apaixonado pro sua escrita e nesse não foi diferente.
No inicio você se depara com a amizade de duas adolescentes de mundo completamente diferentes. Mia, que tem uma mãe dedicada a família e bem estruturada financeiramente e Lexi uma órfã de uma drogada e ex presidiária. Temos o encontro do primeiro amor entre duas pessoas que são capazes de sufocar esse sentimento para o bem de uma terceira pessoa. E como disse anteriormente, uma mãe super protetora, que tem como razão de vida a proteção e criação de seus filhos gêmeos, Mia e Zach.
Mas ai a medida que as paginas forem rolando e as lagrimas caindo, você vê que a historia e muito mais do que isso.
Que a culpa destrói um casamento perfeito, um futuro brilhante, uma mãe dos sonhos e um amor genuíno.
Mas que o AMOR pode recuperar tudo isso e que o perdão pode da uma expectativa para um futuro mais feliz.
As tragédias existem e podem nos transformar em algo que não somos mas cabe a nós olhar pra dentro do coração e trazer as pessoas de volta.
Um livro emocionante que você LÊ e que da vontade de gritar para o mundo inteiro que ele existe. Que me destruiu completamente, mas que me ensinou muito sobre o amor e o perdão.
Está na lista dos favoritos da vida.

(...) Sim ela amava Zach. De corpo e alma. Mas não amava menos Mia . Era uma emoção diferente, mas arredondada, leve e confortavel, talvez também fosse mais solido e confiável. Tudo que sabia era que ela não podia trocar um Pelo outro. Seria como escolher entre ar para respirar e água para beber . Ela precisava dos dois para viver (...)



https://www.instagram.com/p/BK9HfHNg251/?taken-by=marcellakast_


site: https://www.instagram.com/p/BK9HfHNg251/?taken-by=marcellakast_
Patrícia 02/10/2016minha estante
Maravilhoso


Marcela @ler_sim_ler_sempre 02/10/2016minha estante
Esse livro é muito amor né Patrícia


Patrícia 03/10/2016minha estante
Favorito da Vida




Aline Prates 09/11/2012

Após três abortos Jude Farraday consegue realizar o sonho de ser mãe e tem um casal gêmeo. Ela sempre quis ser a mãe perfeita e garantir que seus filhos cresçam felizes e saudáveis e que tenham certeza de que são muito amados, com isso ela acaba se tornando super protetora e controladora.

Mia e Zach são gêmeo idênticos na aparência, mas com personalidades completamente diferentes. Enquanto Zach faz sucesso é super popular e cheio de amigos, Mia, por outro lado é uma garota tímida que sofre da síndrome do patinho feio, completamente insegura não tem amigos e vive na sombra do irmão até conhecer Lexi.

Lexi leva o oposto da vida dos gêmeos, que são ricos e tem a família perfeita e feliz. Lexi cresceu em lares adotivos, sem carinho e nenhuma perspectiva até que um dia ela é informada que irá morar com uma tia (Eva), cuja existência ela desconhecia. Eva é uma mulher simples, de condições humildes, mas que acolhe Lexi de todo o coração.

Na escola Lexi conhece Mia e elas se identificam uma com a outra, pois Lexi também sabe como é se sentir sozinha, diferente e excluída, então elas se tornam melhores amigas.

Junto com Mia, sua melhor amiga e Zach, o amor de sua vida, Lexi sente que finalmente encontrou o seu lugar e que pode ser feliz, até que um dia algo trágico acontece mudando suas vidas para sempre.

Se você é uma pessoa que se emociona facilmente, prepare-se para chorar litros.

Lexi é uma personagem maravilhosa, que tinha tudo para se tornar uma pessoa dura, mesquinha e rancorosa, mas que não o faz, ela sempre quer o melhor para todos. Os leitores vão ama-la, vão torcer e chorar por ela, impossível não admira-la.

O livro conta a história de uma típica família americana de classe média, onde os filhos tem tudo o que querem, o modelo de uma família perfeita e do outro lado Lexi uma menina que nunca teve amor e que luta para ser feliz. A história se alterna entre Jude e Lexi apresentando pontos de vista bem diferentes.

Apesar da sinopse dar um breve ideia do que vai acontecer o grande ápice do livro é outro e vai surpreender o leitor.

Li e senti cada palavra como se fosse real. Me emocionei com a Lexi, suspirei com os momentos entre ela e o Zach e me encantei com Mia e apesar de ter horas em que eu queria matar a Jude não pude deixar de sentir um pouco de pena dela.

Acho que o livro traz uma linda lição. Mostra que apesar da dor e do sofrimento devemos sempre tentar ser melhor e seguir em frente.
Uma história de amor, perda e superação que vai envolver o leitor até a ultima página.

http://alinenerd.blogspot.com.br/
comentários(0)comente



day 07/11/2012

uma maravilhosa aventura ao país das lágrimas!!
Posso dizer com certeza que esse livro entrou na lista dos melhores livros que eu li na minha vida.
O livro é simplesmente fabuloso,bem escrito e te envolve desde o primeiro capítulo.
O livro me tocou profundamente pois me senti muito parecida com a personagem Lexi em alguns aspectos.
Fala da história de amizade e amor entre a Lexi,uma menina pobre,orfã e filha de uma ex -presidiária que morreu na frente da filha de overdose.
Uma menina que sofreu muito e que conheceu a menina loira e retraída chamada: Mia,que era irmã gêmea do menino mais cobiçado e lindo da escola o Zach.
Daí nasce uma das histórias mais tocantes que já li na minha vida.
Zach e Mia tinham pais maravilhosos a linda e dedicada mãe Jude e o pai médico bem sucedido Mills.
A dedicação da Jude ao filhos é algo maravilhoso,uma mãe exemplar.
A parte muito tocante do livro também se refere a maternidade,ao amor de uma mãe por um filho,do que uma mãe é capaz de fazer para ver seus filhos felizes.
O livro mexeu muito comigo pela Lexi a qual eu me identifiquei ,e pela jude que lembra minha relação com minha amada mãe que morreu a quase dois meses.
O livro é cheio de surpresas e reviravoltas,você sente pena,amor,comoção e até raiva em alguns capítulos.
Mais o livro é pura emoção.
maravilhoso!! amei demais e recomendo.
comentários(0)comente



Leitora Inquieta 12/04/2015

O leitor sente que o coração que aperta do início ao fim.
Aquele tipo de leitura que começa devagar, que se propõe a estreitar a relação com o leitor aos poucos. A gente entra em contato com a história dos personagens, suas características mais cruas, mais belas, mais terríveis. A gente julga as decisões, sente doer o peito conforme os conflitos vão se mostrando cada vez mais tão reais, tão humanos, até chegar o ponto em que as lágrimas dos personagens se misturam com as nossas. Nasce então uma espécie de relação simbiótica, através da qual entramos em contato com o amor intenso, com os desafios da maternidade, com a importancia amizade, com a esperança, e com o a força devastadora do perdão. Uma leitura capaz de comover, de apertar o coração e preenchê-lo de amor em seguida.
comentários(0)comente



173 encontrados | exibindo 61 a 76
5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11 |