A metamorfose

A metamorfose Franz Kafka
Peter Kuper




Resenhas - A Metamorfose


300 encontrados | exibindo 91 a 106
7 | 8 | 9 | 10 | 11 | 12 | 13 |


Dragão 27/02/2020

Foi o livro que eu mais demorei para terminar. Achei a leitura cansativa e sem muito desenvolvimento.
comentários(0)comente



Gezaine 27/02/2020

Maravilhoso
Confesso que tinha medo de ler Kafka, mas achei a leitura deliciosa! Logo na primeira frase do livro, ficamos sabendo que Gegor virou um insetão. Kafka narra com tanta maestria que a gente realmente acredita que esse absurdo realmente aconteceu. Isso sem falar nas discussões que são possíveis a partir da obra.
comentários(0)comente



Nanda 27/02/2020

Uma leitura diferente do que estou acostumada ... mas gostei bastante ... fluiu muito bem. Quero ler outras coisas do autor.
comentários(0)comente



Robson.Vieira 26/02/2020

CLÁSSICO ???
Olha!!! Não sou nenhum crítico no assunto com propriedade pra dar um veredito. Mas aqui, é a minha opinião que vale. Confesso que o que me levou a ler esse livro foi as informações que vi no Youtube de pessoas dizendo: "Nossa! É um clássico, maravilhoso, leitura obrigatória, etc..."
Eu achei muito ruim!!! Uma história sem sentido, que não prendeu minha atenção, sem criatividade... Entendo que se pode fazer alguns paralelos e trazer mensagens pro nosso dia-a-dia.
Eu até que me esforcei, mas não consegui gostar...
comentários(0)comente



Priscila.Pieper 25/02/2020

A METAMORFOSE
Escrito em 1915, A Metamorfose nos conta a história de Gregor Samsa, que em uma manhã, ao despertar de sonhos inquietantes, deu por si na cama transformado em um inseto gigante. Não é possível identificar com precisão qual era o tipo de inseto, pois as descrições embora detalhadas, são genéricas.

No início da novela, Kafka relata a dificuldade de Gregor, em se adaptar ao novo corpo. No entanto, o mais intrigante é que, ao se dar conta de sua situação, o personagem não se sente tão incomodado com o novo formato, mas sim, com o fato de estar atrasado para o trabalho. .

Por um bom tempo percebemos o incômodo que ele sente ao pensar que chegará tarde ao serviço, e se não for, qual será a desculpa que poderá dar ao chefe? O desespero aumenta conforme o tempo passa, e com isso a ideia brilhante de conversar com a família. Assim, resolve sair de seu quarto. .

Ao tentar abrir a porta de seu quarto, o incômodo e o estranhamento com a nova forma aumentam. Quando finalmente consegue o feito, o choque, todos de sua família e seu chefe estão na porta de seu quarto. O susto é tanto, que Gregor é empurrado para dentro e trancado outra vez no cômodo. Em seguida, ele é demitido, e sua família começa a rejeitar a sua pessoa. .

Com o correr da história, Franz narra as angústias vividas por Gregor, que impossibilitado de realizar seus afazeres mais simples, ouve diversas vezes sua família discutindo como iriam se sustentar, já que a única pessoa que trabalhava havia se transformado em um inseto gigantesco. Assim, sua angústia aumenta por não poder fazer nada, muito menos opinar nas discussões. .

O livro realista traz a tona diversas problemáticas sociais que enfrentamos até hoje, o que torna a leitura complexa e recheada de ideias nas entrelinhas.
Daquelas obras prazerosas e extremamente edificantes, em que o leitor passa por uma verdadeira metamorfose.

site: https://www.instagram.com/vestidadeletras/
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Igor Lima 25/02/2020

Sensacional
Um clássico da literatura mundial, a leitura flui muito rápido, e Kafka consegue nos colocar na visão do personagem, espero ler mais do autor.
comentários(0)comente



Ana Paula Avila 25/02/2020

Como será?
Quando eu não mais tiver serventia o que farão de mim? Essa foi a pergunta que me fiz após finalizar essa leitura. Como assim um homem que se transforma em um inseto da noite para o dia? Essa foi a pergunta que me fez protelar a leitura de Metamorfose. Agora, vejo que li exatamente na hora certa, pois hoje tenho maturidade suficiente pra entender que, o que o autor quis nos mostrar foi até que ponto as pessoas podem chegar quando, quem vivia para servir de repente precisa de ajuda.
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Jaqueline 24/02/2020

Esperava outro final
Impressionante a forma que o autor conta essa história, quem infelizmente foi um reflexo da sua própria vida
comentários(0)comente



Renata Louise 24/02/2020

Preconceito derrubado!
Mais um livro que pensava que seria diferente e me surpreendeu. Pensava que leria uma história sobre a transformação do homem no inseto e sua vida agora nessa situação. Nunca imaginei que seria uma leitura com questões mais profundas e que trouxessem tantas interpretações sobre seu significado. Me fez pensar, refletir, favoritar e recomendar! Clássico com toda a razão.
comentários(0)comente



Thaís 23/02/2020

Você é o que você vale
Quem chegar a este conto desavisadamente pode ter a estranha sensação de uma completa falta de sentido. Mas ele é longo o suficiente para despertar no leitor uma ponta de inconformismo e incredulidade frente a uma situação absurda. Ao se metamorfosear em um repugnante inseto, Gregor Samsa passa de provedor da família a um estorvo. Pesquisando um pouco mais, pode-se fazer um paralelo com o autor e sua relação com as drogas, muito provavelmente sendo ele o pária. Fechar os olhos e ignorar a realidade é o que a maioria faz diante de seus problemas.
comentários(0)comente



Raul 23/02/2020

A metamorfose
"Certa manhã, ao acordar de sonhos intranquilos, Gregor Samsa encontrou-se, na sua cama, metamorfoseado num inseto monstruoso." Assim se inicia, A metamorfose, de Franz Kafka. Já no início somos surpreendidos com a transformação de Gregor, o autor nos traz uma história angustiante, um clássico que vai te prender do início ao fim por ser uma leitura fluida e rápida.


Élida Kassia 23/02/2020

Afinal, o que nos torna humanos?
Um livro bastante sensível sobre o dia-a-dia da família de Gregor Samsa, um jovem trabalhador que numa determinada manhã se vê transformado em um inseto. Com o passar do tempo, pode-se perceber o tratamento desumano que Gregor recebe gradualmente, nos levando a refletir sobre o que é a humanidade, o que nos torna humanos.
comentários(0)comente



Géssica 22/02/2020

Ah, a hipocrisia humana...
Gostei. Fui procurar mais sobre, e é incrível as várias interpretações do texto. Retrata muito bem a hipocrisia humana, o pensamento de que se você não produz, não é útil. A sociedade das aparências.
comentários(0)comente



300 encontrados | exibindo 91 a 106
7 | 8 | 9 | 10 | 11 | 12 | 13 |