Fallen

Fallen Lauren Kate




Resenhas - Fallen


212 encontrados | exibindo 31 a 46
3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 |


Lally 14/09/2010

Hum... então tá
O problema de acompanhar blogs de livros é que você fica meio viciada com as impressões do resenhista antes de ler o livro. Apesar disto, tentei manter minha imparcialidade ao longo da leitura.

Não sei se virou o cliché, mas os momentos de fangirl para com o Daniel me irritaram tanto que fiz com que a leitura de normais dois dias se tornassem dez longos e exaustivos dias, a despeito da minha ocupação em ler livros acadêmicos.

A Luce é uma protagonista que a primeira vista agrada muito. Não é assustadoramente horrível, nem tampouco sonsa ou perfeitinha. O livro carrega uma trama de suspense que provavelmente me cativaria mais se eu não soubesse o que esperar. Além disso, se não fosse a febre de anjos, provavelmente não descobriríamos quem se trata deles até o final.

Os vilões me deixaram confusa e é um dos pontos fortes do livro. A narrativa em terceira pessoa agrada muito mais que a em primeira, já que o panorama é geral ao invés de viciado dos olhos parciais do protagonista.

No mais, um romance bobo qualquer. Quero ler Torment só porque o final me fez pensar quais mais desgraças iam acontecer. Nem as mortes mal explicadas me convenceram. Uma pena. Ainda bem que existe livraria cultura e descontos especiais.
comentários(0)comente



Rafa 23/01/2011

Não julgue o livro pela capa
Como diz o velho ditado "não julgue o livro pela capa", amei a capa e superestimei o conteúdo.
A maior parte das 464 paginas sao somente a rotina de Lucy, nada de muita emoçao, um cotidiano de uma adolescente problemática que insiste em correr atrás de um garoto.
E quando acontece algo de emocionante no livro, acontece do nada, e tudo de uma vez, as ideias não tem conexão umas com as outras.
A maior parte do livro é "enxeção de linguiça", preferiria ele pequeno e bem feito do que com essa quantidade de páginas pra tanta enrolação.
Enfim, ele fica como lição.
comentários(0)comente



AlêPeriard 23/10/2010

Fallen
Talvez se eu tivesse lido Fallen quando tinha 15 anos, teria amado. Como tenho 26, achei a história legal sem grandes aprofundamentos psicológicos. Luce é a menina romântica e atrapalhada que um dia eu fui e, tenho certeza que muitas também.

Recomendo como entreterimento.
comentários(0)comente



Scheila 21/08/2010

FALLEN in disappointments...
Review da Guardiã: Luce é uma garota atormentada por estranhas visões de sombras escuras que pairam sobre ela, até então apenas o medo é seu companheiro constante. Luce vai parar no reformatórios Sword & Cross por conta de um misterioso incêndio em sua escola anterior, onde seu então namoradinho Travor morre misteriosamente. Taxada como louca ela chega a este reformatório decadente na tentativa de juntar seus pedaços e tentar imergir deste pesadelo. Logo na chegada ela percebe o quanto isso realmente não será fácil neste lugar,em seu primeiro dia já encontra Ariane, uma menina esquisita e sapeca que torna sua vida muito mais divertida (algumas tiradas de Ari são realmente muito legais...me identifiquei muito com a maluquinha jovial), assim como Gabbe uma loirinha cheia de gloss que pouco parece combinar com o lugar e Cam moreno alto e lindo (olhos verdes tudo de bom) também chega ao reformatório na mesma data...mas o mundo parece parar quando ela conhece o lindo, loiro e sexy Daniel (aquela sensação de Djavú...realmente foi muito impactante para Luce) que fica embasbacada encarando-o, até que ele num primeiro momento sorri para depois lhe mostrar o dedo médio (fala sério!!)...o período de adptação até que seria tranquilo se já no primeiro dia ela não tivesse dado de cara com Molly na fila do almoço e depois de uma discussão praticamente do nada esta não tivesse simplesmente espalhado o bolo de carne pelos cabelos de Luce...triste e completamente lambusada ela conhece Penn (filha do ex-zelador, nerd e sua a pessoa que se torna sua melhor amiga em Sword & Cross) que a ajuda com esta inhaca toda,bom boa parte do livro se passa entre divertidas historinhas deste grupinho tentanto sobreviver ao lugar sem morrer de tédio, Cam tentando galantemente se aproximar de Luce e Luce constantemente tentando se aproximar de Daniel (que por sua vez tenta repelí-la com muita determinação)...Luce e Penn se engajam numa missão para descobrir tudo sobre Daniel, um incêndio terrivel onde tudo que Luce consegue fazer é se apavorar ainda mais com as sobras resulta na morte de um colega (completamente sem importancia na história) e um galo na cabeça dela.Salva por uma luz brilhante ela mergulha em seus sonhos (frequentes) com Daniel onde ela vislumbra suas asas (ainda sem se dar conta do que realmente isto significa)...bem...a partir daí as coisas ficam um pouco estranhas, podemos perceber Cam um pouco obsecado demais por ela, assim como os deslizes de Daniel se aproximando dela (mesmo as vezes parecendo muito contrariado)...faltando 4 capítulos para o final do livro as coisas começam a ser explicadas (mas não muito...não se animem!!). Finalmente ela fica com Daniel e descobre a verdade sobre eles, ou seja, ele é um anjo e ela seu amor de muitas vidas que volta a cada 17 anos a procura dele...mas que (ninguém sabe porque)acaba morrendo e virando cinzas normalmente antes que eles tenham a oportunidade de ficarem juntos...agora as coisas ficam um pouquinho melhor...ela descobre que praticamente todos em Sword & Cross são anjos caídos...isso mesmo!! Daniel, Ariane e Gabbe (esta ultima até provocou um ciuminho em Luce em relação a ela e Daniel) do lado dos mocinhos...e Cam, Roland e Molly...e do nada a bibliotecária que até então parecia estar do lado dos mocinhos assassina Penn (esta parte ficou mto mal contada...pois não conseguimos entender o real motivo).
Luce ainda tem muita coisa para descobrir...Daniel não pode lhe contar tudo (deixa claro que ela tem um longo caminho para descobrir as peças que falta em encaixá-las). Quando pensamos que iremos nos encaminhar para um felizes para sempre...simplesmente vemos Daniel deixando Luce para fugir e se esconder por um tempo...sem previsão de quando os dois vão se reencontrar.
O Epílogo nos dá esperança de que o proximo livro seja melhor, pois temos Daniel velando o sono de Luce até que chega Cam para uma conversa sobre uma trégua de 18 dias e um aperto de mãos selando uma aliança (pelo menos eu entendi assim), ainda está claro o quanto Cam ainda a quer e que o mesmo não irá desistir dela...e o quanto Daniel (nosso lindo cavaleiro angelical) terá que lutar para finalmente ficar com ela.

Opinião pessoal da Guardiã: Depois de comprar o livro em pré-venda no Submarino e me estressar horrores por causa da entrega, finalmente dia 16/08 chegou Fallen (que animação eu não aguentava mais de ansiosidade para lê-lo). Mesmo muitas pessoas já tendo me dito que não era tudo aquilo que eu esperava...ainda assim haviam pessoas que disseram que o livro era MARA!E A Capa é LINDA!! Bem, me pus a ler frenéticamente...os primeiros capítulos do prometiam um livro vibrante com muito romance e mistério. Bom tirando a parte do mistério (mesmo assim muito fraquinho)...o livro deixou muito a desejar. Mais da metade do livro a narrativa é arrastada...tornando-se chata em vários momentos. Achei que a autora se prendeu muito a detalhes insignificantes (preocupada em descrever muito bem cada canto de Sword & Cross do que realmente o que no que interessa aos leitores). Os míseros beijinhos trocados entre Luce e Daniel foram fofos...mas nada mais que isso...e Cam prometia mais...esperava ele muito mais sedutor e mais ardiloso...no final tornou-se previsível demais.
Estou muito curiosa para saber o que acontecerá no próximo livro, pois detesto deixar assuntos inacabados (hehehehehe), mas realmente me decepcionou muito a história e estive prestes a abandonar a leitura por diversas vezes.
Ficamos na expectativa e na torcida para que o próximo livro realmente seja bem melhor e que seja revelado mais sobre o passado de Luce e seu futuro, assim como seu papel nesta Guerra Angelical.


PS.: É realmente inevitável algumas comparações com Sussurro...pois tenho certeza que foi por ele que eu estava com minhas expectativas tão elevadas para ler Fallen. Os dois não tem nada a ver...nem como comparar...a dica que dou antes de lerem Fallen é que se desvinculem do Patch e abram seu coração para esta nova história, quem sabe assim não passem pela decepção pela qual passei.
comentários(0)comente



Beca 25/10/2010

Não esperava muita coisa deste livro, mas ficou muito a desejar, se a Disney demostrou tanto interesse alguma coisa de bom o livro tem. Não vou negar que o livro te prende, como todo romance adolescente é gostoso de ler esse também é!


Bom vamo ao que não agradou primeiro:
- O Cenário, muito forçado, pagar penitência em um cemitério é oatético.
- Parece que fomos lançados em uma história já em movimento a muito tempo, algumas coisas ficaram vagas!
- A grosseria do mocinho mata! Não me simpatizei por ele, ele vai ter que se esforçar muito! rs

Os pontos positivos do livro são vários também como por exemplo a mocinha Luce, bem elaborada! O vilão simpático, temos vários pontos a favor como eu disse...


Não vou compara-lo a nenhum outro livro, acho que não devemos comparar um livro com o outro, se agora está na moda romance sobrenatural, amanhã estará na moda outra coisa, e os temas vão ficando restritos!


vou aguardar a continuação!
e recomendo para quem quer se descontrair!
comentários(0)comente



kell 01/03/2011

Fallen de Lauren Kate
http://leiturakriativa.blogspot.com/2011/01/fallen-de-lauren-kate.html
Léo 10/03/2011minha estante
Isso é uma resenha???


Kovas 02/04/2013minha estante
Léo, a resenha está no link




Carol 26/10/2010

Coloquei muita expectativa, e no fim, o livro deixou a desejar.
A trama é interessante, e seu desenrolar prende o leitor, porém achei o cenário um pouco fora do normal, foi um pouco de viagem da autora.
Nos últimos capítulos diversas perguntas formuladas durante a leitura ficaram sem ser respondidas, e vários acontecimentos surreais foram atropelando uns aos outros e acabei ficando confusa.
Mas como a série possui mais livros, espero que durante esses próximos essas mesmas perguntas sejam respondidas, e o fim tenha um pouco mais de sentido. Mas isso não interfere no fato de que a história é criativa e um bom entretenimento.
comentários(0)comente



Tati 08/08/2010

MUITO BARULHO POR NADA
Não sei nem por onde começar. Bom vejamos, o que esse livro tem de melhor é a capa pq a estória... a mocinha da estória passa o livro todo gostando de um cara que é do tipo "beija e bate" e se sente atraida por outro que no meio do livro se mostra muito estranho. O livro todo é cheio de suspense e nas últimas 50 paginas é que as coisas começam a serem "esclarecidas", ou seja você fica o livro todo esperando que as suas duvidas sejam esclarecidas e no final a autora revela alguns pontos da estória de maneira superficial (devo dizer que não entendi muita coisa)e deixa um monte de questões ao me ver importantíssimas de lado, o livro pode ser resumido como um suspense que não foi resolvido e como se isso não fosse suficiente para dar vontade de esganar alguem (a autora é claro, no epílogo ela passa uma sensação de que Luce esta sendo enganada tb por Daniel. Ouvi falar tanto desse livro, fiquei ansiosa para que ele fosse lançado aqui no Brasil e no fim constatei que ele é bem fraquinho.
comentários(0)comente



Mari 11/07/2011

Difícil dizer se foi um bom livro ou meio ruim mesmo. A história pareceu meio arrastada durante uns 80% do livro. O final foi interessante até, mas não sei se o suficiente para comprar Tormenta.
comentários(0)comente



Andreza Alves 26/05/2014

Apaixonei pelo livro pela capa. Resolvi comprar por isso e não me arrependi. Pelo contrário, me surpreendi muito positivamente ao ler o primeiro livro. Cada página, uma emoção diferente. Esse é o tipo de livro que causa saudade quando acaba. E você espera ansiosamente pelo próximo, já que sabe que se trata de uma saga. Sensacional!
comentários(0)comente



Eloá 15/08/2012

Fallen
Muitas pessoas me falaram sobre o livro, até que a versão em inglês dele saiu na promoção hehe e resolvi comprar. No começo achei meio chatinho, não conseguia ver o que era de tão interessante que todo mundo falava. Mas mais pro final que comecei a me interessar mais pela história. Muito bom!
comentários(0)comente



Maria Clara 23/07/2013

Resenha de Fallen
Então, eu li Fallen.

Sou um tanto suspeita pra falar desse livro. Relutei MUITO para ler. Principalmente porque INEGAVELMENTE é um livro de romance. PREDOMINANTEMENTE romântico. São pouquíssimos romances que me agradam na vida e o mais importante de todos eles são os meus. Fora isso não me interesso por muitas coisas com esse tema.

Mas vamos lá você que clicou aqui e tá lendo até agora, talvez tenha ficado interessado no que eu tenho a dizer. Fallen trata-se da história de Luce, nossa protagonista tem 17 anos de idade e passou por conturbadas histórias até parar num reformatório. A história começa com alguns flashbacks sobre a vida de Luce, o que aconteceu para que ela estivesse sendo levada até lá (Porque, aparentemente e psicologicamente ela é completamente normal. Tirando o fato de ter 17 anos mas parecer uma garota de 13, sério), o conflito com seus pais que a amam e querem o seu bem, a melhor amiga que Luce vai deixando para trás, o estranho assassinato em que Luce é a principal suspeita (A morte de seu ficantezinho numa festa da escola), e as sombras misteriosas que acompanham Luce desde sua infância, que somente ela as vê e acompanham a nossa leitura até quase o fim do livro. Mas então, partindo dai, Luce finalmente chega no novo reformatório. Cheia de expectativas, cabisbaixa por deixar tantas pessoas pra trás. Mas então ela começa sua nova vida. E é muito bem recepcionada. Arruma logo amigos e DOIS PAQUERINHAS. Um é paquera mesmo, o outro é algo como "ele me rejeita mas vou ficar afim dele porque ele é lindo" (Tudo bem que o livro esclarece o porque disso acontecer beeeeem depois, mas enquanto você vai lendo, vai dando uma REVOLTA). Ela compara a escola atual com a antiga escola luxuosa, limpa, brilhante, cheia de alunos riquinhos que se passavam eternamente, deixando ouro pingar ao chão. O reformatório fica onde antigamente era alguma coisa onde soldados ficavam na época da guerra. TEM UM CEMITÉRIO QUE TUDO BEM FAZER PARTE DA ESCOLA. TEM UMA IGREJA QUE TUDO BEM TRANSFORMAR EM GINÁSIO POLIESPORTIVO. E OS DORMITÓRIOS SÃO MISTOS, TUDO BEM SE VOCÊ DORME NUM QUARTO, E O QUARTO LOGO A FRENTE DO SEU É DE UM GAROTO. CONTANDO O FATO QUE VOCÊ É MENOR DE IDADE E NÃO ESTÁ NA FACULDADE. Nossa que mundo carismático pra um adolescente viver. Sério. Até eu senti vontade de estudar nesse reformatório. Todos os alunos, tipo 90% deles são legais, extrovertidos, carismáticos, mesmo que um pouco doidos mas não parecem alunos de reformatório, DEFINITIVAMENTE. E pra um livro POSER GÓTICO, claro que o uniforme obrigatório da escola é QUALQUER COISA QUE VOCÊ QUISER, DESDE QUE SEJA PRETO. Achei esses detalhes a cara das fanfics sinceramente.
Enfim. A leitura?
Arrastada.
Não tem outra palavra que defina melhor as primeiras 300 páginas de Fallen. ARRASTADO. Lento. Morno. Sem graça.
A história tinha muito, MAS MUITO, pra ter um sabor de aventura, romances avassaladores, trechos de tirar o fôlego com todos os seus mistérios intrigantes se a nossa querida Lauren Kate não tivesse a brilhante ideia de simplesmente enrolar até a ponta dos fios dos cabelos dela um monte de páginas com trechos completamente inúteis. E ela partiu o livro em dois.
É mais ou menos assim que eu defino este livro.
A primeira parte é um romance chatíssimo a la "Crepúsculo" ao qual temos a nossa protagonista chata, sem graça, mas que aparentemente ela é tão encantadora que atrai olhares do além para si. Porque olha... ela é chatamente, amargamente atraente. Tipo do nada mesmo. (MAS O LIVRO EXPLICA NO FUTURO PORQUE ESSAS COISAS ACONTECEM²). E seus conflitos de uma garotinha de 13 anos que não sabe por quem está afim, pra onde vai, se deixa levar por qualquer coisa, é totalmente sem personalidade, só sabe pensar, falar, agir, pensar e falar e agir mais ainda definida pelo garoto que ela gosta. (Tenho umas 2 amigas desse naipe, que são completamente chatas e DEIXARAM DE SER MINHAS AMIGAS, sério. Como aguentar uma pessoa que só respira, mastiga e fala de um único exclusivo tema? De um garoto? Como se sua vida dependesse única e exclusivamente dele? BOOORIIINGGG).
Então de uma hora pra outra os destinos dos personagens se entrelaçam e você começa a entender o que eles tem a ver um com os outros, o mistério vai se desvendando, lutas, ação, atitude. Achei um tipo de desculpa esfarrapada pra dizer "Ela é chata assim, e atraente assim, mas não é do nada, tem uma porque de todo mundo sempre prestar atenção nela". Sinceramente? Não torna a leitura anterior explicativa e melhor. Eu continuo achando essa garota insuportável.
E vai indo rápido demais. O livro fica misterioso, adulto, um tanto quanto "complexo" (Já que a autora aqui tentou emplacar uma coisa estilo Código da Vinci, sabe?) E a garotinha boring continua lá. Todos os personagens amadurecem, mudam, se destacam (todos como se fossem um só) e a nossa Luce querida flor murcha se apagando lentamente continua exatamente como ela é. Apagadinha.

Enfim. Se você é do estilo gótico, gosta de romance mas se recusa a ler Crepúsculo... Fallen tá aqui pra você. Ele é uma espécie de "Crepúsculo disfarçado" que você pode ler e continuar se achando a maior gótica do universo (poser, no caso) porque leu um livro que trata do céu, do inferno, de anjos, com romance, e fingir que você ainda é legal. É mais fácil ser aceito quando se diz ler Fallen, do que Crepúsculo, convenhamos né xD.

Não curti. Eu li em 3 dias... não porque a história era completamente envolvente... mas porque EU QUERIA QUE AQUILO TERMINASSE LOGO. Achei muito bobinho, pra garotas de 15 anos pra baixo sabe.
Eu tenho 20 anos e com 15 eu abominava esses tipos de coisas... mas tem gente que gosta. Eu só gostei de um personagem. Porque todos os outros são ridiculamente parecidos. Parecem todos as mesmas pessoas. Gosto de personagens que tenham personalidades separadas, sabe? Não curti. Não recomendo. Cansativo. Ganhou 2 estrelas. Acho que fui um tanto quanto cruel. Não é algo completamente horrível. Mas... por favor. Dava pra ter gasto esse tempo todo com algo melhor. :)
Késsia 15/09/2013minha estante
Que livro nojento. A história central é perfeita, mas para que escrever tanta coisa que não acrescenta? Que enrolação, quantos diálogos, cenas dispensáveis. Que cenário ridículo, muito poser gótico. Falou tudo Maria Clara.


Juh 08/11/2013minha estante
Na minha opinião, Lauren Kate fez muito bem em colocar tantos detalhes porque, pense bem, quando lemos imaginamos um cenário certo? O que seria do leitor se não tivesse nada para imaginar ou se deliciar? Sinceramente, um dos melhores livros que eu já li. Essa é a minha opinião.


Maria Clara 18/11/2013minha estante
Que detalhes relevantes? Não há porque passar quase metade do livro descrevendo a chegada da menina no conservatório. Não há riqueza de detalhes que façam realmente a diferença. Riqueza de detalhe realmente boas: harry potter. Quer um exemplo melhor que HP? Tem tambem Sherlock Holmes, enfim. Achei fraquíssimo.




Paulatictic 21/03/2011

Ainda bem que acabou...
Tenho certeza que muita gente vai discordar de mim por essa resenha, mas vamos lá. Eu esperava mais... Esperava mesmo. Bem, mas a capa do livro é linda né? Pelo menos isso, rs... Não sei se é por que estou um pouco saturada da história do cara lindo, forte que aparece do nada e encontra com a menina que é sem graça e tal e já viu né, eles se apaixonam... Ah! Olha só, até o capítulo 11 não acontece nada de interessante, depois continua a enrolar e no final bem, nada demais. E a personagem principal, a Luce, nossa, como ela é chata né? Eu queria entrar no livro é dar um tapa na cabeça dela e dizer “Para de ser tão chata!” mas não podia – uma pena. Eu sei que muita gente gostou e vi resenhas ótimas do livro, mas acho que não foi para mim, pelo menos não agora.


comentários(0)comente



juliablack 29/10/2010

a história é boa,o mistério tambem mas há algo chato no livro,é meio parada em várias páginas o que me trouxe um pouco de tédio ao lê-lo. existem muitos mistérios no livro e infelizmente a maioria deles não se resolve já no primeiro volume da serie mas isso até não me incomodou muito mas sim o fato de que causa uma sensação de( não tenho a certeza se é a palavra certa)desapontamento.
apesar de tudo isso vou ler o volume dois porque fiquei curiosa com o desenrolar das coisas..
comentários(0)comente



baunilha 07/08/2010

Anjos são os novos Vampiros
A sinopse do livro é linda, a capa é maravilhosa – uma das minhas preferidas – com detalhes em relevo que dão vontade de ficar o tempo todo alisando. Por falar em capa… a Galera, selo da Editora Record, que está lançando o livro aqui, manteve não só o nome, mas também a capa. Só é uma pena que não seja em capa dura como é o meu, mas isso também não é muito comum aqui no Brasil, não é?!

O livro começa mostrando um acontecimento do passado. E corta imediatamente para o presente, em que Luce (Lucinda), nossa protagonista, está entrando em sua nova escola, a Sword&Cross (não sei se será traduzido para Espada e Cruz ou se será adaptado – de todo modo, nem é feio!), que mais parece um reformatório.

Aqui eu abro um parênteses para falar da descrição da escola. Há um cemitério, daqueles que tem anjos de cimento sobre os túmulos, e uma Igreja que foi transformada em ginásio. A todo momento eu tentava ficar imaginando aquele lugar que deve ser lindo – de uma forma fúnebre, sim, mas ainda assim, linda.

Desde a infância, Luce é atormentada por sombras que aparecem do nada, a fazem sentir-se mal e depois… Bem, ela só sabe quando acorda. Como quando seu ex-namorado foi morto em um misterioso incêndio. E é por causa deste evento que ela precisa estar em uma escola especial.

Logo ao chegar em Sword&Cross, quando Luce ainda está ‘observando’ as pessoas a sua volta, ela já demonstra interesse por Daniel Grigori, nosso protagonista distante e perigon!

Mas nem tudo são flores no relacionamento desses dois. Seu primeiro contato com Luce é um gesto grosseiro. Daniel tem motivos para se manter longe de Luce, mas ela não faz ideia disso. Entre um gesto delicado e uma ignorância por parte de dele, ela acaba se metendo em algumas confusões (sempre acompanhada por Penn - sua única amiga naquele lugar) para tentar descobrir mais sobre o passado do cara.

E enquanto se apaixona por Daniel, tenta descobrir seu passado e se mete em confusões, ela tenta se desvencilhar de Cam, um cara que consegue tudo o que é ilícito na escola e ao mesmo tempo é louco por ela.

E o que aprendemos com esse livro? Aprendemos que todos têm seus segredos. E Luce também aprende isso. Quando ela acha que apenas Daniel esconde segredos (e ela também esconde os seus), ela começa a descobrir que existe mais por trás da ação de várias pessoas com quem ela convive.

Assim como Twilight tem Team Edward e Team Jacob, aqui temos o Team Daniel e Team Cam. E assim como em Twilight eu sou Team Edward, em Fallen eu sou completamente Team Daniel.

Esse é definitivamente um dos meus livros favoritos. Assim como muita gente que eu conheço, eu também fiquei esperando mais do final, mas eu acho que isso se deve a dois motivos:
1) Eu criei uma imensa expectativa nele;
2) Haverá uma continuação a ser lançada em 28 de setembro (nos EUA), chamada Torment.
Arthur 07/08/2010minha estante
Todo mundo me fala que o final é bem decepcionante. Mas mesmo assim quero comprar.


Silvia 04/12/2012minha estante
Pode ler Arthur, o máimo que pode acontecer, é que vc terá que ler a continuação. Eu amei a série Fallen




212 encontrados | exibindo 31 a 46
3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 |