A Vida Mentirosa dos Adultos

A Vida Mentirosa dos Adultos Elena Ferrante




Resenhas - A Vida Mentirosa dos Adultos


204 encontrados | exibindo 91 a 106
7 | 8 | 9 | 10 | 11 | 12 | 13 |


Micaelly Araújo 30/06/2020

Intrigante
Eis a minha primeira leitura da Elena Ferrante pelo clube Intrínsecos.
O livro não me conquistou. É um livro onde nada de extraordinário acontece, algumas cenas são um tanto que desnecessárias. Mas apesar de tudo, foi interessante ver em alguns momentos a transição da Giovanna para a juventude. E apesar de ter 430 páginas de uma história bem chatinha, a escrita da Ferrante ajuda a fluir bastante a leitura.
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Roh Matos @somaisumparagrafo 30/06/2020

@somaisumparagrafo
Aos 12 anos, Giovanna teve uma grande revelação. Filha de pais da classe média de Nápoles, levava uma boa vida e era a queridinha do papai, até ouvi-lo comentar com a esposa o quanto sua filha estava ficando cada vez mais a cara de Vittoria, a irmã que o pai odiava e na qual sempre ouvira falar sobre sua maldade e feiura. Desnorteada com a revelação, a jovem sente que precisa urgentemente conhecer a tia para entender o quanto do comentário de seu pai se faz verdadeiro.

-x-

Neste livro, acompanhamos Giovanna se aventurar pelas periferias de Nápoles a fim de conhecer a verdadeira essência de sua tia. Quanto mais tempo passava em sua companhia conhecendo-a e revirando dramas familiares do passado, mais segredos e desavenças eram desenterrados, fazendo sua visão inocente sobre o mundo ruir ao perceber o quanto a vida dos adultos pode ser revestida por mentiras.

O que posso falar sobre a história? Ela é totalmente sem pé nem cabeça, até agora não compreendi o propósito desse livro.

A autora desenvolve uma trama que se baseia em quatro anos da vida de uma adolescente que se vê perdida diante dos dramas familiares e suas descobertas de vida. Entretanto, não vi nenhuma evolução tanto da protagonista quanto dos demais personagens. Não consegui me conectar a ninguém da história, muito pelo contrário, alguns foram bem odiosos e, se não fosse o bastante, não curti a forma como a sexualidade infantil e a relação pais e filhos foi abordada.

Para ser bem sincera, ainda não sei o motivo de ter lido esse livro até o fim, acho que criei expectativas da coisa melhorar em algum momento, visto que a narrativa da autora é sim fluída e envolvente (é a única coisa que salva neste livro). Mas o desfecho apresentado foi tão sem nexo quanto toda a história. Como sendo meu primeiro contato com a autora, não me vejo animada a conhecer mais de suas obras.
comentários(0)comente



Marcela Carvalho 30/06/2020

Decepcionante
Meu primeiro contato com a escritora Ferrante e foi muito decepcionante,pois esperava mais dessa escritora.
Mas tenho que reconhecer que ela tem uma ótima escrita , no entanto eu praticamente me arrastei e me obrigando a terminar o livro achando que em algum momento iria melhorar e adivinha só não melhorou nada.
História fala de uma garota que está entrando na adolescência e descobre que o seu pai acha ela idêntica com sua tia, e depois disso resolve a se rebelar.
Menina mimada que se acha feia sinceramente isso foi cansativo de tanto que foi repetitivo
E todo o mistério que girava em torno da tia não serve pra nada.
Eu dei 1.5 apenas pela escrita da autora, mas pela história tá difícil. Não consegui me conectar
comentários(0)comente



Amandioca 29/06/2020

Nossa, que saco...
Que livro horrível, senhoras e senhores! Estou muito brava porque:
1. Joguei dinheiro fora com a assinatura do intrínsecos apesar do livro ser lindo;
2. Perdi 2 dias da minha vida lendo essa besteira sendo que poderia ter lido algo muito melhor.

Tenho muitos motivos pra não ter gostado dessa história, mas vou citar os 10 principais:

Primeiro: a personagem é uma menininha mimada que acha que todo mundo tem que amá-la e fazer as suas vontades.
Segundo: a cada duas páginas a autora fica repetindo que ela é feia, que ninguém gosta dela, que todo mundo acha ela feia, que MEU DEUS ELA É MUITO FEIA.
Terceiro: apesar de repetir mil vezes que ela é feia, todo mundo se apaixona por ela e fala que ela é linda.
Quarto: existem vários personagens desnecessários para a trama, que estão lá só por estarem mesmo.
Quinto: a história vai do nada para lugar nenhum, uma trama sem pé nem cabeça.
Sexto: a autora fala desnecessariamente sobre sexo, apesar da personagem ser UMA CRIANÇA!!!!
Sétimo: a personagem só se preocupa em conquistar TODOS os homens da história e ainda quer roubar o namorado da tal da Giuliana.
Oitavo: a narrativa é enrolada demais e a autora (na minha percepção) só queria usar uma linguagem rebuscada pra ser Cult.
Nono: fala muito de muitos personagens mas não faz com que a gente crie uma conexão com eles, só consegui odiar todos mesmo.
Décimo: o principal mistério, que era a tal da tia, não fede e não cheira e no fim ela quase nem tem importância para a história.

Em resumo, achei péssimo. Quem concorda, respira.
Adriana 29/06/2020minha estante
Ufffa. ... só de ler sua resenha já achei um Saco o livro ? rs


stelasxs 29/06/2020minha estante
Oi, te interessa me vender?


Juliana 29/06/2020minha estante
Kkkk fiquei curiosa em ler.. mas depois dos seus comentários, já odiei junto com vc kkkkk com certeza essas percepções não são em vão.


gabrielle carmo 29/06/2020minha estante
avaliou bem, tem um monte de gente dizendo que não gostou e dando 4 estrelas, ué ?


Amandioca 29/06/2020minha estante
Aaaaa que bom que não fui só que que não gostei!! Hahaha eu via a galera dando 4 ou 5 estrelas e ficava tipo ?????


Suelen Matos 29/06/2020minha estante
Eu também odiei. Sinto que perdi tempo.
Ódio define o esse momento.


Aline.Silva 03/07/2020minha estante
Eu odiei tambem, se não fosse tão bonito teria queimado ?


Jotape 08/07/2020minha estante
Concordo com tudo em grau, número e gênero. E ainda digo mais: parece um livro de swing, todo mundo pegando todo mundo, um troca troca, nem parece que o livro fala sobre >crianças




Adriana 29/06/2020

Uma pulseira
Eu não sou super fã da autora, então não achei o livro muito bom...
Gosto de livros que vão do nada ao lugar nenhum, mas esse não me convenceu.
É um pouco perturbador, retrata o lado psicológico dos personagens, mas parece que não chega lá. E aí se perde em um monte de bobagens. Fiquei cansada de ler.
Personagens: Giovanna, Vittoria, Adelia, Ida, Constanza, Mariano, Enzo, Nella, Andrea, Roberto, Rosario, Giulianna, Margherita, Tonino, Corrado, Constanza
comentários(0)comente



Renata.Oliveira 29/06/2020

Não havia lido nada da autora ainda, comecei a ler com muita expectativa é me decepcionei.
comentários(0)comente



Má Powzum- @entrelinhaslivros 29/06/2020

Decepcionei com Ferrante
Eu nunca havia lido nada da Ferrante e por conta dos comentários eu estava bem ansiosa por essa leitura. Infelizmente me decepcionei, pois apesar de trazer alguns temas pertinentes suas mais de 400 páginas não levam a lugar algum. ??

É um drama familiar em sua essência, ele mostra como a vida sempre está em constante mudança. É um livro que não possui nenhum plot, uma narrativa extremamente linear e por mais que seja fluída eu fiquei esperando por algo. O livro termina assim como começa, apenas com uma protagonista mais velha e muito mudada. Eu não gostei de nenhum personagem, todos têm atitudes egoístas e mesquinhas, Giovanna em específico é muito mimada.

Os pontos positivos que posso tirar da leitura é o fato de mostrar essa transição (que pode ser complicada) da infância para a ?vida adulta?. Mostrar o quão difícil podem ser as relações humanas e que mentiras causam danos severos. Giovanna vê muito cedo sua ideia de ?família perfeita? ruir e com isso o livro mostra as diversas consequências disso em sua vida, ela acaba tornando-se uma adulta muito precoce. ?

Resenha completa no ig @entrelinhaslivros.
comentários(0)comente



JoYulli 29/06/2020

Será que entendi direito
Ao ler a vida de Gianne me deparo com a dificuldade de entender um adolescente. A narrativa é fluída mas não sei se entendi bem a intenção do livro e seu objetivo. O livro é bom a narrativa é fluída e os capítulos são curtinhos.
comentários(0)comente



Joy 29/06/2020

então...
Eu, particularmente, não gostei muito da obra pois o gênero drama familiar não faz meu estilo de leitura... A história se ambienta em Nápoles/Itália, e Giovanna conta como foi seu momento de transição criança para adulto, dos 13 anos até pouco depois de completar 16 anos.
Na fase infantil do livro ela acaba entre ouvindo a conversa dos pais aonde lhe é atribuído o adjetivo de "feia como a irmã do pai" que desencadeia a curiosidade dela para conhecer quem é essa tal misteriosa tia tão odiada pelo pai.
As vivências de protagonista são marcadas de desatenção por parte de todos que a rodeiam.
A medida em que amadurece, Giovanna percebe a hipocrisia presente entre os adultos, traições, a relação com os pais, descoberta da sexualidade, o primeiro amor, os medos, as dúvidas, os anseios.
Com tudo isso a leitura ainda não me prendeu, eu senti que demorava mais que o normal.
Se não fosse um livro enviado pelo #clubeintrisecos provavelmente não seria umas de minhas leituras (isso acontece em clubes literários, são enviados vários gêneros e você pode experimentar) essas histórias de dramas familiares não fazem o meu estilo. O que não significa que o livro é ruim. Uma adaptação na Netflix virá como uma série mas não sei se irei assistir.

site: https://www.instagram.com/p/CBlPWMDDIIE/?utm_source=ig_web_copy_link
comentários(0)comente



Lais.Correa 29/06/2020

Me decepcionei
Este é o primeiro livro que leio da Elena Ferrante. Pela premissa acreditei que seria um super drama familiar, mas na minha concepção, não existiu nada além de floreios no decorrer de toda a leitura.
Não consegui me conectar com nenhuma das personagens, achei o final sem pé nem cabeça, quando pensei que a história iria engrenar voltava a dar marcha ré.
Meu segundo livro da coleção e o segundo que dou três estrelas.
Estou um pouco decepcionada.
comentários(0)comente



Rafaela 29/06/2020

Pior de 2020
Essa leitura não pretendia de jeito nenhum, grande parte da história era de uma leitura nada fluida e esse final, tive a impressão que foi escrito às pressas. Enfim, minha última leitura do clube intrínsecos, para mim não compensa mais.
Aline.Silva 03/07/2020minha estante
Concordo, foi meu pior tb. Vc ainda foi boazinha, eu dei MEIA estrela


Rafaela 03/07/2020minha estante
Acho que fui boazinha mesmo!




luizasaad 28/06/2020

O melhor primeiro contato com a autora possível.
Sempre tive muita curiosidade quanto aos livros da Elena Ferrante, principalmente por conta das críticas positivas da Tetralogia Napolitana e da adaptação de "A amiga genial".

Ultimamente tenho me aventurado mais nesse nicho dos dramas familiares, algo que não sou acostumada a ler com muita frequência, e posso falar com certeza que "A vida mentirosa dos adultos" foi a melhor experiência que eu tive dentre essas leituras.

O livro já começou a me cativar desde o primeiro capítulo. Eu fiquei impressionada demais com a escrita da autora, que conseguiu fazer uma história "cotidiana" (já que não tem nenhum elemento muito fora do comum do que acontece nas famílias reais) ser interessante do começo ao fim. Ao mesmo tempo que eu não consegui de fato GOSTAR de nenhum dos personagens, todos eles são muito "bons" por serem extremamente reais, com vários subplots que faziam ser quase impossível largar.

E.. por mais que eu tenha gostado do final do livro e da forma como foi colocado, acho que a autora tem um material perfeito para uma continuação, confesso que eu amaria saber mais do que aconteceu com a vida da Giovanna a partir daquilo.
comentários(0)comente



Aline.Oliveira 28/06/2020

Esse foi o primeiro livro que li da autora,e gostei muito da escrita dela,a verdade nua e crua sem floreios.Recomendo!
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



204 encontrados | exibindo 91 a 106
7 | 8 | 9 | 10 | 11 | 12 | 13 |