Uma Semana Para Se Perder

Uma Semana Para Se Perder Tessa Dare




Resenhas - Uma Semana Para Se Perder


150 encontrados | exibindo 61 a 76
1 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10


Dai 02/07/2016

Maravilhoso, divertido e apaixonante! O melhor livro da série!
Pensa em um livro muito bom, daqueles que te instiga mais e mais a cada virada de página, que é divertido e apaixonante na mesma proporção. Pensou?! Então, Uma semana para se perder é exatamente assim. Desde que conheci a escrita da autora Tessa Dare, eu fiquei completamente rendida. O primeiro volume da Série Spindle Cove, Uma noite para se entregar (resenha aqui), me cativou imensamente, e a partir daí, virei fã incondicional da Tessa. Mas posso dizer que este segundo livro conseguiu ser ainda melhor do que o seu antecessor. Esta é uma daquelas histórias que você não consegue parar de ler, e no meu caso, quando o temido e esperado final foi chegando, fui ficando cada vez mais apreensiva; eu queria chegar ao fim da história, mas não queria que ela acabasse. Coisa de doido, né?!

Nessa trama, vamos embarcar na história de um casal improvável, mas que se completam com uma perfeição sem igual. Minerva e Colin nos são apresentados no primeiro livro da série, por isso, já sabemos que os dois não perdem uma oportunidade de se alfinetarem; eles não se bicam e fazem questão de deixar isso bem claro. Minerva Highwood vive em Spindle Cove com suas irmãs e sua mãe, ela considera o local como o seu verdadeiro lar. Ela sempre foi a mais desajeitada da família, sempre com o rosto enfiando nos livros, seu óculos no rosto, sempre em busca de novas rochas para estudar, ou simplesmente preferindo usar botas à sapatilhas. Min é uma geóloga extremamente inteligente e astuta, que defende com unhas e dentes os seus ideais e as pessoas que ama, e com isso, sempre se coloca em segundo plano. Quando é convidada para participar de um simpósio de geologia na Escócia para apresentar uma grande descoberta, Min acaba tendo um plano arriscado e ousado. Para chegar a tempo no simpósio, ela recorre a uma pessoa por quem nutre uma intensa repulsa, e um desejo secreto: Lorde Payne. Todos sabiam que Colin Sandhurst Pyne não via a hora de sair o mais rápido possível de Spindle Cove, ele nunca fez questão de esconder o seu desagrado em estar naquele lugar. Mas como seu primo Bram era seu tutor e toda a sua fortuna estava em suas mãos, Collin não viu outra solução a não ser aceitar suas ordens. Por esse motivo, o lorde seria perfeito para os planos de fuga de Minerva. Mas nesse caminho, muita coisa pode acontecer...

Colin é um libertino assumido. Amantes de belas mulheres, tudo o que mais quer é regressar a Londres e retomar a sua vida agitada e desregrada nas noites londrinas. Payne é um visconde, o que o faz ser o pote de ouro das mães que buscam um casamento para suas filhas. Desde que perdeu os pais em um acidente, sua fortuna ficou aos cuidados dos parentes mais próximos, e ele só poderia se apoderar dela quando se casasse ou completasse a idade imposta por seu pai. Como a primeira opção estava fora de cogitação para ele, Colin teria que aguardar o seu próximo aniversário chegar. Payne era sinônimo de encrenca, tudo o que ele colocava as mãos acabava explodindo ou ele acaba ferindo alguém, mesmo que estivesse tentando fazer o contrário. No início, ele não aceita participar dos loucos planos de Minerva, mas sem querer, acaba embarcando nessa loucura. Colin adora implicar com a geóloga, e não perde uma oportunidade de irritá-la, principalmente trocando o nome da jovem só para deixá-la mais possessa, no entanto, algo nela chama muito a sua atenção, e isso o deixa tanto atraído quanto aturdido. O caminho até Geórgia será regado de muita confusão, aventura, diversão, descobertas e superações. Quanto mais se conhecem, mais eles se tornam unidos e descobrem que no fim, eram mais parecidos do poderiam imaginar. Uma semana será o tempo exato da viagem; tempo suficiente para entrarem em muitos problemas, se renderem a uma paixão arrebatadora e descobrirem um amor puro e verdadeiro. E eu nem precisei de uma hora de leitura para saber que esse casal se tornaria um dos meus preferidos.

Tessa Dare mais uma vez deu show de escrita! Uma trama deliciosa, divertida e fascinante. Os personagens são memoráveis e inesquecíveis. O Colin é irritante e apaixonante, mesmo quando ele apronta uma das suas, não há como ficar com raiva dele por muito tempo. Dono de um chame eminente, Colin desperta a atenção por onde passa. Um homem devasso, que esconde do mundo a linda alma que possui, e ao deixar Min entrar em seu coração quebrado, nós descobrimos, assim como ela, que é impossível resistir a ele. Minerva é uma mulher independente, de personalidade forte e muito à frente de seu tempo. Mesmo com seu jeito durão, ela ainda consegue ser doce e sonhadora, e que guarda muitos sentimentos dentro do peito. Colin a faz sair de sua concha, buscar coragem para se aventurar e se dar a oportunidade de viver coisas novas. No fim, um foi o essencial na vida do outro, e acompanhar o crescimento do casal foi incrível. A obra possui um enredo super sensual, com cenas quentes, e românticas também, mas o que se sobressai é a forma bem-humorada com que ela se desenvolve. No próximo livro da série, iremos conhecer a história de Kate e Thorne, dois personagens que foram apresentados tanto no primeiro volume, quanto nesse, no qual teve um destaque maior. Em breve eu volto com a resenha de A dama da meia-noite, e já aviso de antemão que estou cheias de expectativas, pois Tessa já virou para mim sinônimo de histórias fantásticas.

Eu vou ficando por aqui, porque se deixar, eu fico falando dessa trama até amanhã. Aos apaixonados por romances de época, a série Spindle Cove é uma super indicação, e Uma semana para se perder uma leitura obrigatória.

Leia a resenha completa no blog: http://www.blogvirandoapagina.com.br/2016/06/resenha-uma-noite-para-se-perder-serie.html

site: http://www.blogvirandoapagina.com.br/2016/06/resenha-uma-noite-para-se-perder-serie.html
comentários(0)comente



Tamyris 20/08/2020

Aí eu amo
Série delicinha, romance inteligente e super confortável, discussões interessantes
comentários(0)comente



Thai Zavadzki (@meowbooksblog) 12/09/2019

Meu favorito da série
Eu já exaltei esse livro umas 5 vezes aqui e vou continuar a fazê-lo até o fim!

É um dos meus preferidos do gênero, amo a originalidade que ele carrega mesmo que mantenha alguns clichês.

Nós fomos apresentados tanto à Minerva quanto ao Colin no livro anterior, ele era primo do Bramwell e ela era irmã da Diana, a jovem que vai até a cidade acompanhada da mãe e das irmãs graças a sua saúde frágil. Nós já vimos também as alfinetadas que um direcionava ao outro no primeiro volume e como eu disse, é isso que me fez continuar.

Minera é geóloga numa época que não existiam mulheres cientistas e fez uma descoberta de um animal desconhecido em uma doca na pacata cidade de Spindle Cove, ela quer mostrar sua descoberta para um simpósio cientifico que teria na Escócia, mas precisaria de ajuda para chegar até lá, sendo assim ela pede auxilio da pessoa mais improvável: o visconde Payne, o libertino que dava em cima da irmã dela e com quem ela nutria um claro desafeto. Era o único que ela considerava amoral o suficiente para aceitar participar de seu plano. E assim os dois se envolvem numa viagem intrigante e muito engraçada.

Eu amo esse livro demais! É um dos meus queridinhos do gênero, como vocês já sabem. Tanto que foi o que eu levei pra Tessa autografar (tenho que me gabar por isso, desculpa, hahahaha)

Minerva e Colin tem uma química incrível e as presepadas que eles se metem só fomentam o enredo, deixando-nos ávido para descobrir como acabará aquela viagem inacreditável. Foi um dos livros que eu queria terminar logo ao mesmo tempo que não queria que terminasse nunca, pois não queria me despedir dos personagens. [...]

CONTINUA NO LINK

site: https://meowbookblog.wordpress.com/2019/08/28/resenha-serie-spindle-cove/
comentários(0)comente



Júlia 30/03/2020

Minerva Highwood e Colin Sandhurst. Um casal diferente que conquista o leitor logo no início..
comentários(0)comente



Tami 26/02/2020

Uma aventura surpreendente
Gostei muito da historia. Adorei os personagens, as personalidades se complementam, um é exatamente o que outro precisa e isso é muito lindo de se ler.

Descobrir que eu tenho uma facilidade impressionante por me apaixonar por Colins, sei disso desde o livro anterior, mas com esse ficou ainda mais evidente ??
comentários(0)comente



Sabrina.Ginez 18/11/2019

ENTROU PARA LISTA DE FAVORITOS
MARAVILHOSO!! ENTROU PARA A LISTA DOS FAVORITOS!!

Gente o que que foi esse livro? Tô sem chão até agora!! Que livro mais fofo!! Com certeza mais para frente este será um livro que relerei.

Este livro conta a história de uma mocinha que não é considerada atraente, é tímida, e vive dentro dos livros, e o melhor, ainda usa oculosss!! Sim minha gente, finalmente uma mocinha de época que usa óculos!
Esta mocinha ama a área da geologia, e acaba fazendo uma descoberta incrível que precisa ser mostrada ao mundo!! Porém, para isso ela precisa viajar até outra cidade para assim mostrar sua grande descoberta, e ser reconhecida mundialmente por isto. Porém minha gente, a cidade é super longe, demora 1 semana inteira para chegar. Ela acaba ficando sem saída, porque além de ser longe, como ela vai explicar isso para sua família!?

É aí que nossa mocinha tem uma brilhante ideia de pedir ao nosso mocinho libertino que vá com ela para la, em troca ela se casa com ele para assim ele possa receber o seu devido dinheiro e finalmente mudar de cidade.

Porque é assim gente, nosso mocinho é um visconde, porém ele não tem acesso ao seu dinheiro... Ele só pode usufruir do seu dinheiro quando fizer o seu próximo aniversário, ou se casando.

Poremmm, ele não quer casar de jeito nenhum, um dos motivos pode ser considerado a sua libertinagem ( neste livro mostrou bastante sobre essa parte libertina dele). Então ele acaba ficando sem saída , lhe tratando apenas esperar o seu aniversário, ou se casar com uma jovem que não ame, apenas por negócios.

É aí que entra nossa mocinha. Pois ela sabe do desespero do nosso protagonista, e resolve fazer este acordo com ele. Ele a levaria até a outra cidade , para contar sua grande descoberta e ele casaria com ela e assim poderia ter o seu dinheiro

Porém gente, ele não aceita no começo não, demora um tempinho para ele aceitar essa viagem doida hahahaah posso dizer que antes mesmo dele aceitar ele acaba se sentindo muuuuuito atraído por ela e arrisco dizer que estava até mesmo começando a gostar dela.

Aí enfim gente, é muuuito bom! Hahahaha

Pensa num mocinho que é safado mas que é muito fofoooo. Eu achei legal mostrar sua libertinagem pois muitos livros acabam abordando isso no protagonista, mas na vdd não mostra totalmente esse lado libertino. E nesse livro podemos ver claramente que ele era sim um libertino, e mudou totalmente devido a nossa paixão que surgiu. Ele é um amor , gente.

E ah, não me esquecendo, nesse livro tem sensualidade sim.. Posso dizer que são bastante cenas, mas todas dentro do contexto, não sendo nenhuma exagerada.

Você termina um livro querendo um mocinho desse para nossa vida hahaha

Então gente, não deixem de ler este livro ... Vale totalmente a pena!!
comentários(0)comente



Erika Villarinho 28/02/2017

Uma semana para entrar em curto.
Minha nossa Senhora, que livro, minha gente, que livro.

Amo romance histórico, mas confesso que detestei o primeiro da série e nem pretendia dar prosseguimento ao restante, mas na falta do que levar para ler nos intervalos da minha vida, esse, certamente, foi uma excelente escolha.

Amo quando as minhas segundas chances me arrebatam.

Que livrooooooo.

Minerva é a mulher mais emponderada de Spindle Cove. Que isso, minha gente! Decidida, divertida, curiosa, centrada, responsável, adulta e muito mulher e ciente disso na posição dela.

Colin foi um miserável. Por vários momentos odiei, amei, detestei e pensei em largar o livro só porque não estava acreditando no que eu estava lendo.
Eu sou dessas que compro as brigas das minhas amigas, logo, me achei no direito de me achar amiga de Minerva e de querer defendê-la de Colin.

Achei de uma realidade tremenda assumir um erro enorme e ridiculo que os homens costumam fazer: errar o nome da pretendente só para irritá-las. Eles conseguem.

Achei o livro MUITO bem escrito. Li em uma semana, e o livro se passou em uma semana, mas parecia que eu já os conhecia há séculos, por todas as coisas que aconteceram. A temporalidade do livro foi muito bem construída. Eu realmente me senti fugindo com eles por uma semana.

O romance deles foi uma coisa muito engraçada e curiosa de se ler. Vi dois adultos e duas crianças se descobrindo.
Que fofura. Bem parecido com a vida real.

Minerva em pról da ciência me fez pensar na quantidade de mulheres sonegadas em várias décadas por conta de um machismo desnecessário.

Colin foi o malandro mais engraçado - que eu lembro de ter lido - em muito tempo de livros de romances históricos, porém ele perdeu suas bolas nas ultimas 4 páginas do livro, mas ainda assim, foi bem linear e bem característico, no sentido de manter sua personalidade inalterada por quase todo livro. Se apaixonar, ok, mas mudar sua essencia não. O que é bem legal, que é por essa personalidade que a gente se apaixona, não é mesmo?

E que livro sensual, não é mesmo? Cada descoberta, cada renúncia, tudo de forma muito sensível.

Odiei a família dela desde o inicio. Confesso que estou até agora com raiva de Charlotte e da mãe de Minerva. Nunca mais voltaria pra casa se fosse ela...

O livro é ótimo, e não foi nada vulgar como o primeiro, nada humilhante como o primeiro.
Vi um homem amar uma mulher de uma forma que, para a época, era quase impossível de se admitir e que graças a Deus isso tem mudado muito.

5 estrelas

1 pelo emponderamento de Minerva
1 por Colin ser divertidíssimo
1 pela sensualidade
1 pela quebra da sociedade: uma mulher também podia ser mais que luvas e rendas, ela podia ser uma cientista.
1 pela chance que eu dei, e que não me arrependo um minuto sequer.
comentários(0)comente



Blog Imaginação 24/03/2017

Se deixe seduzir por esse lindo romance
Se tem um gênero literário que amo mais que chocolate é romance de época. No entanto, fazia tempo que eu não lia um. O motivo? Uma bendita ressaca literária.

"Uma semana para se perder" estava parado na minha estante faz tempo e há uma semana atrás estava ansiando tanto por um romance de época que não pensei muito e peguei o primeiro que vi.

O livro é o segundo da série, Spindle Cove, publicada aqui no Brasil pela Editora Gutenberg. E antes que me perguntem, sim, eu comecei pelo segundo livro, esse foi o meu primeiro contato com a autora e confesso que não poderia ter sido melhor, a escrita de Tessa Dare é muito gostosa de ler, flui facilmente.

Pois bem, vamos conhecer a história, Minerva Highwood é uma mocinha fora do comum e muito avançada para a época em que vive, ela vive com a cara enfiada nos livros, ama estudar coisas como fósseis. Ela mora em Spindle Cove com sua mãe e as duas irmãs, sendo Minerva a irmã do meio. Diferente delas, Minerva sabe que talvez nunca se case, ela não é o tipo de mulher que chama a atenção dos homens, nem sua própria mãe coloca fé na pobre moça e por incrível que pareça, ela está bastante conformada com isso.

Colin Sandhurst, Lorde Payne como é conhecido, é aquele típico libertino, lindo, dono de um título de Visconde, ele consegue conquistar qualquer mulher que quiser. Porém sua fortuna está sob a posse de seu primo e ele só poderá colocar as mãos nela depois de seu aniversário, até lá ele está passando um tempo em Spindle Cove.

No entanto, um belo dia Minerva​ escuta um rumor de que o Lorde Payne iria pedir sua irmã mais velha em casamento. Minerva não se conforma com aquilo é claro, a vida de sua irmã sendo arruinada por um libertino. Então, ela vai tirar satisfações com Colin, no meio da noite, quando o mesmo já estava em suas acomodações.

Conversa vai, conversa vem, e ela faz uma proposta para Colin, ele não se casaria com a irmã dela, em troca o que Minerva lhe ofereceu foram 500 guineus, o suficiente para ele sair de Spindle Cove e se manter em Londres por um tempo, para isso ele teria que ir com Minerva até um simpósio de geologia, onde ela apresentaria uma descoberta que fez nos últimos tempos e o dinheiro do prêmio ficaria todo para ele.
De início Colin nega, pois além de tudo, Minerva teria a reputação arruinada, porém ela não estava ligando muito para isso, já que ela nunca se casaria mesmo. Entretanto, uma contraproposta é feita e sem relutar, nossa mocinha destemida a aceita.

Minerva não nutri grandes sentimento​s por Colin, ela na verdade o odeia e isso é algo mútuo. Mas o ódio é uma emoção apaixonada, não é mesmo?

Então eles partem numa viagem que é uma verdadeira aventura e para a surpresa de Minerva, Colin se mostra ser bem diferente do que ela estava imaginando. E nós leitores nos apaixonamos por completo junto com ela.

"Ele era Colin Sandhurst, malandro
incorrigível, imprudente e, maldição, ele não conseguia resistir. Ele queria
diverti-la, mimá-la, alimentá-la com doces e iguarias. Roubar um beijo ou dois, quando ela não estivesse esperando. Ele queria ser um jovem apaixonado que levava sua garota para a feira. Em outras palavras, ele queria viver honestamente. Só aquele dia."

O livro é narrado em terceira pessoa e como disse acima, a leitura flui facilmente. Tessa Dare nos apresenta uma história bem desenvolvida, com personagens cativantes que vão amadurecendo ao longo da trama e que conquistam o leitor logo de início. Minerva é a melhor mocinha! Sem palavras para dizer o quanto me identifiquei com ela e que heroína ela é meus caros leitores.

Não há como negar que o ponto do alto do livro é o romance, no decorrer da leitura nós ficamos ávidos por querer que esses dois fiquem juntos logo e o mais legal é a forma como tudo acontece.

Bom, sendo sincera, não sei como explicar o quanto gostei desse livro e o quanto ele significou pra mim depois dessa looooonga ressaca(que eu espero que tenha ido embora de vez), mas eu só tenho recomendações a fazer. Tessa Dare virou uma das minhas autoras preferidas e eu só consigo pensar no quanto quero ler mais livros dela.

E vou sim ler o primeiro da série, será uma das minhas próximas leituras, tenho certeza que será tão bom quanto esse foi, estou muito ansiosa.

site: http://blogimaginacaoliteraria.blogspot.com.br/2017/03/resenha-uma-semana-para-se-perder.html
comentários(0)comente



beatriz silvx 02/08/2019

não é uma história perfeita de conto de fadas mas é melhor, é a história de james e minerva ambos diferentes de 1001 maneiras mas de algum modo necessários um para o outro, é sobre ele enxergando quem ela realmente é enquanto todos não conseguem é sobre ela o enxergando também e sem medo de correr, os dois se vêem e se incentivam e se empurram para frente, duas almas presas mas a cada dia mais libertas estando juntas uma da outra
comentários(0)comente



Thamares 25/04/2017

Perfeito ???
Gente do Céu! Que livro é esse?!
Completamente #InLove pelo Colin e pela Minerva. Que casal mais improvável e mais apaixonante? Tessa Dare tem lugar cativo na minha estante ??
#UmaSemanaParaSePerder #SpindleCoover
comentários(0)comente



Ohara 03/06/2020

Esse casal me encantou, posso dizer que estão entre meus casais de romance de época favoritos!

Minerva e Colin tornaram a história muito divertida. Eu amei a forma que eles se "odiavam", e que esse sentimento vai mudando, na medida que vão se conhecendo, se admirando e respeitando.
Eles são maravilhosos.
comentários(0)comente



Karyne.Maganin 18/05/2020

Se você é amante de livros de época e está disposta a se apaixonar por um um libertino, vale a pena conhecer spindle cove e tudo que Collin e Minerva podem apresentar a você.
comentários(0)comente



mari 30/01/2020

Apaixonante e divertido
Decidi fazer uma pequena resenha pois esse livro realmente me cativou. Essa história tem as medidas certas de romance e aventura. Amei muito os personagens: a Minerva é uma mulher determinada e forte, que durante o livro faz de tudo para conseguir chegar até a Escócia e alcançar seus sonhos; foi incrível ver sua evolução durante a história e ver ela mostrar que é uma mulher brilhante. Colin também foi um personagem que eu gostei muito e fiquei muito tocada com sua história traumatica da infância.
Nessa semana que essa dupla improvável passa juntos eles vivem aventuras envolvendo príncipes perdidos, artistas de circo, bandidos armados, e durante tudo isso eles encontram o amor no outro! Livro incrível e que virou um dos meus favoritos
comentários(0)comente



Mari 07/08/2017

Felizmente, surpreendida!
Essa série parece ser toda maravilhosa, mas (para mim) esse livro pisou no primeiro.
Meu Deus que casal mais fofo, jamais esperei que o Colin fosse ser tão doce! - e nem que a Minerva fosse "se aventurar fora de sua concha."

Fiquei profundamente orgulhosa desse casal e das loucuras que eles cometeram ao longo dessa aventura - e muito apegada a eles também.

Colin e Min são meus novos bebês!
comentários(0)comente



Ellem - @colecionandoprimaveras 28/11/2017

Minerva Highwood é uma geóloga brilhante, porém, para eterna tristeza de sua mãe, não se comporta como uma dama.

Colin Sandhurst é um visconde e o único lorde solteiro vivendo em Spindle Cove, por isso, a mãe de Minerva faz de tudo para casá-lo com sua irmã mais velha, porém Minerva é totalmente contra essa união, visto que o visconde é um libertino.

Então, quando ela é convidada a participar de um simpósio na Escócia, resolve convidar Colin para levá-la, acabando com todas as possibilidades de que ele se case com sua irmã.

A princípio, Colin não quer aceitar, mas Minerva consegue convencê-lo e os dois partem em uma jornada cheia de aventuras (e loucuras) que poderá mudar suas vidas.

OPINIÃO

Desde o livro anterior que Colin e Minerva brigam feito cão e gato e, por isso, eu já estava ansiosa pelo livro deles haha’. Eu gostei muito da história, mas confesso que esperava um pouquinho mais.

A Minerva é uma mocinha muito peculiar r bem maluquinha haha’, eu já me encantei com ela no primeiro livro e nesse, gostei ainda mais dela

Já o Colin, apesar da faixada de libertino, tem muito mais. A história de vida dele é bem triste e, eu achei que isso foi muito bem abordado no livro.

A viagem deles é uma loucura, eu tinha crises de riso com as coisas que eles inventavam haha’

Como sempre, a escrita da Tessa é impecável, a história é linda e muito divertida.

site: https://www.instagram.com/p/BafSY_TAnAU/?tagged=resenhascp
comentários(0)comente



150 encontrados | exibindo 61 a 76
1 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10