Uma Semana Para Se Perder

Uma Semana Para Se Perder Tessa Dare




Resenhas - Uma Semana Para Se Perder


150 encontrados | exibindo 76 a 91
1 | 2 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10


Carla Cássia - @contra.capa 21/03/2018

Resenha: Uma Semana Para Se Perder
Uma Semana Para Se Perder foi um livro que eu estava animada para ler, e tive que me conter muito para não por minhas expectativas lá no alto, pois sempre que faço isso acaba rolando uma grande decepção.

Se você ainda não leu Uma noite para se entregar, para ai mesmo e vá lê-lo. O inicio dessa história começa lá, em Uma noite para se entregar, apesar de você conseguir acompanhar perfeitamente o que vai acontecer irá haver lacunas que você não vai querer ter durante a leitura. Aviso dado.

Gente sinceramente acho que a autora acertou muito no nome, porque os protagonistas passam por cada enrascada, se metem em cada roubada, que sim eles poderiam se perder para sempre no caminho Inglaterra – Escócia. Gente nem Desventuras em série tem isso tudo, em apenas uma semana, misericórdia.

Então vamos falar de nossos protagonistas, Minerva e Colin. Dois cabeças duras que não sabem lidar com o amor. E esse é o maior problema deles, ter isso na mão e não saber o que fazer, se é de comer ou passar no cabelo. Ambos são tão diferentes um do outro que por isso acabam sendo perfeitos. Em suas diferenças eles acabam sendo iguais, e uma dupla incrível a se seguir e acompanhar o desenvolvimento do casal.

Felizmente não posso dizer que essa história me frustrou nem nada. Ela foi muito boa do começo até o fim. Porém teve um pequeno momento, uma atitude de Colin que me deixou incomodada. Mesmo toda a situação ao redor, eu achei um pouco de mais, e isso apesar de não ter acabado com minha leitura, foi o bastante para eu diminuir a nota do livro, que ainda continua sendo muito bom, porém não mais aquele encanto todo.

Assim como no primeiro livro da série Sprindle Cove, esse segundo volume também já entra um pouco na história do terceiro livro. Se esse já não recomendava ler sem ter lido o primeiro, o terceiro então, sem chances. Estou animada para a próxima história, não tanto quanto estava para essa. Mas ainda assim, estou animada.

Gostou da resenha? Siga o blog :D

site: www.blogcontracapa.com.br
comentários(0)comente



Naty 24/09/2020

Uma semana para se perder é o segundo volume da série Spindle Cove, escrita pela autora Tessa Dare. O romance de época mescla bom humor, atração
Sinopse: A bela e inteligente geóloga Minerva Highwood, uma das solteiras convictas de Spindle Cove, precisa ir à Escócia para apresentar uma grande descoberta em um importante simpósio. Mas para que isso aconteça, ela precisará encontrar alguém que a leve.  Colin Sandhurst Payne, o Lorde Payne, um libertino de primeira, quer estar em qualquer lugar menos em Spindle Cove. Minerva decide, então, que ele é a pessoa ideal para embarcar com ela em sua aventura.
comentários(0)comente



Jaque - Achei o Livro 31/12/2017

Para fechar as leituras do ano, escolhi mais um da Tessa Dare pois seus romances são leves e uma excelente distração.
Uma semana para se perder é o segundo livro da série Spindle Cove e vai contar a estória da Minerva e Lorde Payne - Colin.
Ela é o tipo de mocinha que nunca desperta atenção dos homens. Sempre com a cara enfiada num livro ou analisando solos e pedras.
Quando surge um simpósio sobre geologia na Escócia, Minerva precisa de alguém que a acompanhe. Como sua mãe quer a todo custo casar sua linda irmã Diana com Lorde Payne, ela decide procurá-lo e oferecer dinheiro para que a acompanhe, assim ela consegue fazer a viagem e de quebra afastá-lo de sua irmã.

Muito a contra-gosto Colin concorda em acompanhá-la, mas uma viagem que tem tudo para ser complicada consegue ser pior ainda, pois enfrentarão muitos problemas e dificuldades e entre perigos e aventuras, eles irão se redescobrir e enfrentar seus próprios medos.
Colin trará muita diversão à trama com suas mentiras e falsas estórias.

É um livro gostoso e divertido, não tanto quanto os da série Castle After Ever, mas mesmo assim uma ótima pedida.
Talvez eu precise parar de emendar um romance de época ao outro, assim quem sabe eu evito fazer comparações rsrs
FELIZ ANO NOVO!

site: http://acheiolivroperdiosono.blogspot.com.br/2017/12/uma-semana-para-se-perder-tessa-dare.html
comentários(0)comente



Ellem - @colecionandoprimaveras 28/11/2017

Minerva Highwood é uma geóloga brilhante, porém, para eterna tristeza de sua mãe, não se comporta como uma dama.

Colin Sandhurst é um visconde e o único lorde solteiro vivendo em Spindle Cove, por isso, a mãe de Minerva faz de tudo para casá-lo com sua irmã mais velha, porém Minerva é totalmente contra essa união, visto que o visconde é um libertino.

Então, quando ela é convidada a participar de um simpósio na Escócia, resolve convidar Colin para levá-la, acabando com todas as possibilidades de que ele se case com sua irmã.

A princípio, Colin não quer aceitar, mas Minerva consegue convencê-lo e os dois partem em uma jornada cheia de aventuras (e loucuras) que poderá mudar suas vidas.

OPINIÃO

Desde o livro anterior que Colin e Minerva brigam feito cão e gato e, por isso, eu já estava ansiosa pelo livro deles haha’. Eu gostei muito da história, mas confesso que esperava um pouquinho mais.

A Minerva é uma mocinha muito peculiar r bem maluquinha haha’, eu já me encantei com ela no primeiro livro e nesse, gostei ainda mais dela

Já o Colin, apesar da faixada de libertino, tem muito mais. A história de vida dele é bem triste e, eu achei que isso foi muito bem abordado no livro.

A viagem deles é uma loucura, eu tinha crises de riso com as coisas que eles inventavam haha’

Como sempre, a escrita da Tessa é impecável, a história é linda e muito divertida.

site: https://www.instagram.com/p/BafSY_TAnAU/?tagged=resenhascp
comentários(0)comente



Mari 07/08/2017

Felizmente, surpreendida!
Essa série parece ser toda maravilhosa, mas (para mim) esse livro pisou no primeiro.
Meu Deus que casal mais fofo, jamais esperei que o Colin fosse ser tão doce! - e nem que a Minerva fosse "se aventurar fora de sua concha."

Fiquei profundamente orgulhosa desse casal e das loucuras que eles cometeram ao longo dessa aventura - e muito apegada a eles também.

Colin e Min são meus novos bebês!
comentários(0)comente



Laura 11/09/2020

Problemas + Diversão...
Uma semana para se perder, o título já diz tudo e um pouco mais!, ao invés de se "perder", diria se encontrar no lugar mais improvável.

No começo os dois tem um ideal de "vida"; Minerva queria ser aceita por suas descobertas científicas já que não encontrava aceitação na família e as pessoas ao seu redor!; Colin está "atormentado" com seus traumas de infância e tenta superar através de bebidas, festas, apostas, mulheres e por aí vai...
Em síntese, ambos são extremamente cativantes, leitura fluída, engraçada, só tem atrapalhadas com esses dois juntos, sério que aventura!, claro que há muito clichê, mas já é esperado né?, ao decorrer das aventuras até Edimburgo (simpósio), eles acabam se "encontrando" tanto que isso reflete nas decisões de Minerva quando eles chegam no simpósio, minha única crítica vai aquele final!, Fiquei com expectativas para apresentação no simpósio ( claro que já era um pouco esperado a reação dos homens)... enfim, mas metade de mim entende, afinal estamos em uma época onde a mulher não "pode" ser mais inteligente que o homem...

"Não imponha limites a si mesma. Você pode ser o que quiser."

"Os homens nunca hesitam em declarar sua presença. A eles é permitido viver ruidosamente, em meio a batidas e estalos, enquanto as mulheres são sempre ensinadas a viver em sussurros abafados."

"Apesar de toda provocação que ele havia lhe feito, ao longo de meses, Minerva tinha que admitir: ele nunca, nem mesmo uma vez, sugeriu que ela não pensasse por si mesma, e tampouco insinuou que as mulheres tivessem uma deficiência intelectual. Quantos homens, de sua categoria e importância, reconheceriam tão prontamente que uma mulher jovem, solteira, pudesse lhes ser intelectualmente superior? Ela imaginou que descobriria isso quando chegassem a Edimburgo. Se eles chegassem a Edimburgo."

"Não é que eu tenha medo do futuro", explicou Colin. "É que eu acho melhor
não criar expectativas. Expectativas levam a decepções. Se você não esperar
nada, será sempre surpreendido."
"Mas assim você nunca fica realmente satisfeito. Você nunca vai sentir a
alegria de trabalhar por um objetivo e o realizar."
comentários(0)comente



Amanda 30/04/2020

5 estrelas
Confesso que comecei essa história porque me apaixonei pela escrita divertida da Tessa! Kkkkkkk Essa série é incrível de divertidaaaa! Imaginei que não seria tão incrível como ?Como se livrar de um escândalo? (e sim, eu leio as séries na ordem que me dá na telha... kkkkk) Mas confesso que a jornada de Colin e Minerva, ali depois do capítulo 5/6, é muito engraçada! As histórias que Colin inventa me fizeram rir alto!!! Todas elas! (Mas a da mansão do Duque?! Prepare-se pra rir até a barriga doer! Kkkkkkk) Me apaixonei pelo jeito leve e divertido do mocinho, coisa que, no geral, não é muito comum nos mocinhos de época, sempre mais fechados e sérios, enquanto as mocinhas ?quebram suas cascas?. A proposta aqui é o oposto, ele é leve e divertido e ?quebra a casca? de uma mocinha extremamente séria e centrada... curti! Kkkkkkk E o final?! Aaaa o
final é surpreendente de uma forma muito especial! Toda mulher merecia um Colin em sua vida! E o mundo se beneficiaria muito de homens como Colin por aí.... p.s.: eu também acho que o epílogo desse livro poderia ser diferente (como o outro que li dessa série, eu sinto falta do drama, fazer o que...kkkk) mas não deixa de ser lindo, leve e divertido! Muito merecedor de 5 estelinhas!
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Thamares 25/04/2017

Perfeito ???
Gente do Céu! Que livro é esse?!
Completamente #InLove pelo Colin e pela Minerva. Que casal mais improvável e mais apaixonante? Tessa Dare tem lugar cativo na minha estante ??
#UmaSemanaParaSePerder #SpindleCoover
comentários(0)comente



Nathane 23/05/2020

Uma semana para amar
Será que todo Colin é fofo daquele jeito?
E Minerva? Garota destemida, forte e inteligente. Meu novo casalzinho ?
comentários(0)comente



Blog Imaginação 24/03/2017

Se deixe seduzir por esse lindo romance
Se tem um gênero literário que amo mais que chocolate é romance de época. No entanto, fazia tempo que eu não lia um. O motivo? Uma bendita ressaca literária.

"Uma semana para se perder" estava parado na minha estante faz tempo e há uma semana atrás estava ansiando tanto por um romance de época que não pensei muito e peguei o primeiro que vi.

O livro é o segundo da série, Spindle Cove, publicada aqui no Brasil pela Editora Gutenberg. E antes que me perguntem, sim, eu comecei pelo segundo livro, esse foi o meu primeiro contato com a autora e confesso que não poderia ter sido melhor, a escrita de Tessa Dare é muito gostosa de ler, flui facilmente.

Pois bem, vamos conhecer a história, Minerva Highwood é uma mocinha fora do comum e muito avançada para a época em que vive, ela vive com a cara enfiada nos livros, ama estudar coisas como fósseis. Ela mora em Spindle Cove com sua mãe e as duas irmãs, sendo Minerva a irmã do meio. Diferente delas, Minerva sabe que talvez nunca se case, ela não é o tipo de mulher que chama a atenção dos homens, nem sua própria mãe coloca fé na pobre moça e por incrível que pareça, ela está bastante conformada com isso.

Colin Sandhurst, Lorde Payne como é conhecido, é aquele típico libertino, lindo, dono de um título de Visconde, ele consegue conquistar qualquer mulher que quiser. Porém sua fortuna está sob a posse de seu primo e ele só poderá colocar as mãos nela depois de seu aniversário, até lá ele está passando um tempo em Spindle Cove.

No entanto, um belo dia Minerva​ escuta um rumor de que o Lorde Payne iria pedir sua irmã mais velha em casamento. Minerva não se conforma com aquilo é claro, a vida de sua irmã sendo arruinada por um libertino. Então, ela vai tirar satisfações com Colin, no meio da noite, quando o mesmo já estava em suas acomodações.

Conversa vai, conversa vem, e ela faz uma proposta para Colin, ele não se casaria com a irmã dela, em troca o que Minerva lhe ofereceu foram 500 guineus, o suficiente para ele sair de Spindle Cove e se manter em Londres por um tempo, para isso ele teria que ir com Minerva até um simpósio de geologia, onde ela apresentaria uma descoberta que fez nos últimos tempos e o dinheiro do prêmio ficaria todo para ele.
De início Colin nega, pois além de tudo, Minerva teria a reputação arruinada, porém ela não estava ligando muito para isso, já que ela nunca se casaria mesmo. Entretanto, uma contraproposta é feita e sem relutar, nossa mocinha destemida a aceita.

Minerva não nutri grandes sentimento​s por Colin, ela na verdade o odeia e isso é algo mútuo. Mas o ódio é uma emoção apaixonada, não é mesmo?

Então eles partem numa viagem que é uma verdadeira aventura e para a surpresa de Minerva, Colin se mostra ser bem diferente do que ela estava imaginando. E nós leitores nos apaixonamos por completo junto com ela.

"Ele era Colin Sandhurst, malandro
incorrigível, imprudente e, maldição, ele não conseguia resistir. Ele queria
diverti-la, mimá-la, alimentá-la com doces e iguarias. Roubar um beijo ou dois, quando ela não estivesse esperando. Ele queria ser um jovem apaixonado que levava sua garota para a feira. Em outras palavras, ele queria viver honestamente. Só aquele dia."

O livro é narrado em terceira pessoa e como disse acima, a leitura flui facilmente. Tessa Dare nos apresenta uma história bem desenvolvida, com personagens cativantes que vão amadurecendo ao longo da trama e que conquistam o leitor logo de início. Minerva é a melhor mocinha! Sem palavras para dizer o quanto me identifiquei com ela e que heroína ela é meus caros leitores.

Não há como negar que o ponto do alto do livro é o romance, no decorrer da leitura nós ficamos ávidos por querer que esses dois fiquem juntos logo e o mais legal é a forma como tudo acontece.

Bom, sendo sincera, não sei como explicar o quanto gostei desse livro e o quanto ele significou pra mim depois dessa looooonga ressaca(que eu espero que tenha ido embora de vez), mas eu só tenho recomendações a fazer. Tessa Dare virou uma das minhas autoras preferidas e eu só consigo pensar no quanto quero ler mais livros dela.

E vou sim ler o primeiro da série, será uma das minhas próximas leituras, tenho certeza que será tão bom quanto esse foi, estou muito ansiosa.

site: http://blogimaginacaoliteraria.blogspot.com.br/2017/03/resenha-uma-semana-para-se-perder.html
comentários(0)comente



Erika Villarinho 28/02/2017

Uma semana para entrar em curto.
Minha nossa Senhora, que livro, minha gente, que livro.

Amo romance histórico, mas confesso que detestei o primeiro da série e nem pretendia dar prosseguimento ao restante, mas na falta do que levar para ler nos intervalos da minha vida, esse, certamente, foi uma excelente escolha.

Amo quando as minhas segundas chances me arrebatam.

Que livrooooooo.

Minerva é a mulher mais emponderada de Spindle Cove. Que isso, minha gente! Decidida, divertida, curiosa, centrada, responsável, adulta e muito mulher e ciente disso na posição dela.

Colin foi um miserável. Por vários momentos odiei, amei, detestei e pensei em largar o livro só porque não estava acreditando no que eu estava lendo.
Eu sou dessas que compro as brigas das minhas amigas, logo, me achei no direito de me achar amiga de Minerva e de querer defendê-la de Colin.

Achei de uma realidade tremenda assumir um erro enorme e ridiculo que os homens costumam fazer: errar o nome da pretendente só para irritá-las. Eles conseguem.

Achei o livro MUITO bem escrito. Li em uma semana, e o livro se passou em uma semana, mas parecia que eu já os conhecia há séculos, por todas as coisas que aconteceram. A temporalidade do livro foi muito bem construída. Eu realmente me senti fugindo com eles por uma semana.

O romance deles foi uma coisa muito engraçada e curiosa de se ler. Vi dois adultos e duas crianças se descobrindo.
Que fofura. Bem parecido com a vida real.

Minerva em pról da ciência me fez pensar na quantidade de mulheres sonegadas em várias décadas por conta de um machismo desnecessário.

Colin foi o malandro mais engraçado - que eu lembro de ter lido - em muito tempo de livros de romances históricos, porém ele perdeu suas bolas nas ultimas 4 páginas do livro, mas ainda assim, foi bem linear e bem característico, no sentido de manter sua personalidade inalterada por quase todo livro. Se apaixonar, ok, mas mudar sua essencia não. O que é bem legal, que é por essa personalidade que a gente se apaixona, não é mesmo?

E que livro sensual, não é mesmo? Cada descoberta, cada renúncia, tudo de forma muito sensível.

Odiei a família dela desde o inicio. Confesso que estou até agora com raiva de Charlotte e da mãe de Minerva. Nunca mais voltaria pra casa se fosse ela...

O livro é ótimo, e não foi nada vulgar como o primeiro, nada humilhante como o primeiro.
Vi um homem amar uma mulher de uma forma que, para a época, era quase impossível de se admitir e que graças a Deus isso tem mudado muito.

5 estrelas

1 pelo emponderamento de Minerva
1 por Colin ser divertidíssimo
1 pela sensualidade
1 pela quebra da sociedade: uma mulher também podia ser mais que luvas e rendas, ela podia ser uma cientista.
1 pela chance que eu dei, e que não me arrependo um minuto sequer.
comentários(0)comente



Karyne.Maganin 18/05/2020

Se você é amante de livros de época e está disposta a se apaixonar por um um libertino, vale a pena conhecer spindle cove e tudo que Collin e Minerva podem apresentar a você.
comentários(0)comente



nani 29/05/2020

{relido}
que aventura meu deus kkkkkkkkk
pra começar queria avisar que estava com as expectativas meio altas porém não tanto a ponto de não achar bom. assim eu adoreeei o desenvolvimento dos personagens, achei muito bom mesmo porém entretanto todavia achei o final um pouco decepcionante não que seja muito ruim só foi que foi revoltante (é spoiler então quem ler vai entender)
essa serie pra mim esta sendo a pior da autora, talvez seja porque já estou meio enjoada de romance de época (kkkkk) mas como quero terminar ela até junho vou seguir lendo
mesmo que minha avaliação seja ruim e eu não ache "A" melhor serie, super recomendo pra quem gosta de romance de época com mocinhas que querem algo a mais da vida
comentários(0)comente



Mariana Eleutério 28/07/2020

Bom o suficiente...
Um 3.8 seria mais apropriado, mas não chega a 4...
Ok, talvez seja injusto, afinal de contas, ontem eu li o livro três da saga Spindle Coven (perfeito zero defeitos), e até o momento esse é o meu menos favorito, o que é engraçado, pois Minerva é sem qualquer sombra de dúvidas uma das melhores personagens de toda a saga.

O livro não é ruim, longe disso. É mais para o padrão dos livros da autora. A corrida não me agradou muito e Collin poderia ser um pouco mais simpático também.
comentários(0)comente



150 encontrados | exibindo 76 a 91
1 | 2 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10