Encontrada

Encontrada Carina Rissi




Resenhas - Encontrada


714 encontrados | exibindo 226 a 241
16 | 17 | 18 | 19 | 20 | 21 | 22 |


Nathy 03/04/2020

Diálogos salvam vidas!
Mais um pouquinho de romance para aquecer o coraçãozinho
comentários(0)comente



Bia 06/11/2020

Adorei a continuação!
Primeiramente fiquei receosa pela continuação, mas acabei gostando tanto quanto o primeiro.
Super recomendo!
comentários(0)comente



Paty 07/04/2020

Top
Adorei a continuidade da história, pq apesar do jeito protetor do Ian, ele e a Sofia conseguem superar todas as diferenças, ou seja quase 200 anos RS
O segundo livro não é tão impactante qto o primeiro, mas gostei mto dele.
comentários(0)comente



Fabiola.Carvalho 05/04/2020

Apaixonada!!!
Não consigo descrever o quanto me surpreendi com esta autora.
comentários(0)comente



Roberta 25/04/2020

Como se fosse possível, esse livro é melhor que o primeiro. Lindo, meloso, com o final ligando o passado e futuro retratando não só o amor conjugal como a amizade.
Mais um para a lista dos favoritos da vida. Esperando a emoção passar para reler e apreciar cada mínimo detalhe!
comentários(0)comente



Valéria 18/11/2020

Adorei, uma ótima continuação, a protagonista é muito cativante e o mocinho nem se fala, me incomoda um pouco a autora não abordar a escravidão que fazia parte do dia a dia da época mas entendo que foi uma escolha dela e que a história não tem pretensão de fazer crítica social ou algo do tipo.
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Marcela 21/11/2014

O Cantinho Literário - Tem como ser mais perfeito?
Ao pensar que tanto tempo se passou, constatamos que tudo muda. Tanto o modo de pensar, de agir, de reagir, de vestir... E, bem, a cultura do século XIX por exemplo, é completamente paralela ao que tem hoje. Claro, algumas coisas permaneceram, outras, todavia, perderam-se nesses quase 200 anos. Sofia, em Perdida, acabou voltando para o passado e reaprendeu a viver sem a tecnologia e com espartilhos. Porém, sua essência do século XXI permaneceu intacta. Como sua pressa era voltar ao presente, não ligou muito para a opinião alheia. E agora que voltou para o século XIX, em Encontrada, definitivamente?
Pode conter spoilers de Perdida

Sofia decidiu retornar para o século XIX e viver sua história de amor com Ian. Abandonou sua vida, seus amigos, seu trabalho para poder ter o seu -enfim-felizes para sempre. Mas nem tudo vai ser tão fácil.
Agora que ela está praticamente para ser uma Senhora Clarke, precisa tomar dianteira e assumir responsabilidades inimagináveis e que pra mesma é praticamente impossível. Como por exemplo governar a enorme mansão dos Clarke. Ou até mesmo lidar com os murmúrios dos moradores da vila a seu respeito.

O que a acalma e faz tudo valer a pena é Ian. O noivo continua apaixonante, lindo e atencioso com ela. Dá tudo o que ela precisa -e o que ela não precisa também. Mas algo indica à Sofia que ele esconde um segredo. Não só ele como todos da vila. Algo que está muito além de ser simples e ninguém -muito menos Ian- quer contar-lhe. Juntando a sua adaptação, e o bendito segredo, uma visita pra lá de complicada aparece. Cassandra, tia de Ian.
"Chorei em silêncio para que ele não ouvisse os gritos de agonia enquanto meu coração se partia em milhares de pedaços."
Cassandra Clarke é esnobe e completamente desnecessária. Sua convicção de que Sofia é a mulher errada e que a decisão de Ian irá fazê-lo se arrepender levando toda família ao fundo do poço acaba tornando sua estadia -que parecia infinita- um inferno para todo mundo. Além disso, ela está certa de que Sofia não é a melhor mulher para servir de exemplo para Elisa, a irmã mais nova. E se ela tiver que intervir "para o bem de Elisa", ela vai. Mesmo que isso custe caro.

Para quem já leu/assistiu Orgulho e Preconceito, é só imaginar uma Lady De Bourgh. Porém, mais atentada e muito mais agressiva. A velha só sabe meter o nariz na vida do sobrinho e repetir o quanto despreparara é Sofia. Aquele ar de superior tão convidativo acaba levando Ian, Sofia, Elisa e o próprio leitor á loucura. Não tinha uma página em que eu não queria mata-la. Tenho um problema sério com essa época por conta de como tratavam os empregados. Não aceito essa mania de acharem melhores e que os próprios empregados sejam tão limitados a ponto de não poderem dirigir a palavra desde que seja permitido. Simplesmente odeio isso. Então, foi muuuuito fácil odiar Cassandra.

Sofia continua sendo aquele imã básico para os problemas. Tudo em que ela se mete sai errado e mesmo sendo completamente sem querer, causa burburinhos e acaba conquistando uma imagem cada vez pior.
O problema é que o seu jeito de Século vinte e um é muito presente e não a deixa. Ela não aceita o fato de que só pode usar aqueles vestidos, deixando qualquer possibilidade de calças excluída. E não aceita ser bancada. Ela precisa trabalhar, ser útil, e não ficar deitada vendo o marido fazer todo o serviço.

Lutando pelos direitos iguais, ela acaba deixando o próprio casamento em risco. Sua maneira inapropriada de agir torna tudo completamente complicado. E, mesmo Ian dizendo que não se importa, ela sabe que não pode envergonha-lo e humilha-lo. Mas como fugir de um problema que ela causa involuntariamente? Será que seu jeito futurístico poderá atrapalhar o seu felizes para sempre?


Quando terminei de ler Perdida, Encontrada havia acabado de ser lançado. Terminei a leitura me questionando sobre a necessidade de continuação. A saudade falou mais alto, então sim, precisava. Entretanto, aquela dúvida de enrolação pairava sobre minha cabeça: Será que é REALMENTE preciso um segundo livro? No momento em que coloquei as mãos nesse tijolo chamado Encontrada, percebi que sim, era preciso.

Como eu fiquei apaixonada! Eu ri, fiquei nervosa, desesperada e tudo misturado. Não sabia ao certo onde aquilo ia dar e fiquei aflita. Carina Rissi tem um talento inegável, e conseguiu apenas aumentar o meu amor por SofIan.
Encontrada é um livro que você lê em questão de horas. Eu demorei um pouco mais, mas o ritmo é tão bom que não tem como você parar. Eu só desejo o resto da série pra ontem, e bem, quero abraçar Carina e perguntar: "Ei, você não quer me passar o telefone da Fada da Sofia?". Porque, gente, eu necessito ir para o século XIX.


Mesmo grande, o livro é rápido de ser lido e completamente envolvente. Eu ainda não decidi de qual gostei mais, porém, acho que tudo que a Carina escrever, eu vou gostar. MEU DEUS COMO EU SOU APAIXONADA POR ELA!
Estou com vontade de sair na rua e gritar pra todos que estiverem passando: "LEIAM ESSE LIVRO, LEIAM ESTA SÉRIE, LEIAM TUDO O QUE ESSA MULHER ESCREVER".


Recomendo esse livro pra todo mundo. Se você ainda não leu Encontrada, leia. Se você já leu, leia de novo. Se você ainda não conhece a série: Por favor, levante-se e dirija-se a livraria mais próxima. Você está perdendo uma das melhores histórias já escritas no mundo!

site: http://ocantinholiterario.blogspot.com.br/2014/11/resenhando-89-encontrada-carina-rissi.html#more
comentários(0)comente



Luciana Galvão 01/12/2014

Muito bom
Só tenho uma coisa p te falar, voce acabou comigo com esses seus livros
À princípio achei que tinha me apaixonado pelo Max, mas confesso que o que senti pelo Ian foi mais que paixão, foi AMOR, eu ameiiii Perdida é Encontrada.
A escrita perfeita a mistura de época, a forma como foi conduzida a estória.
Muito obrigada por me apresentar este livro, estes personagens que irão deixar uma saudades imensa.
Obrigada
Bjs
comentários(0)comente



Fernanda R 14/09/2015

Excelente!
Excelente livro! Finalmente uma autora brasileira para competir com as gringas. A Carina é ótima. Leiam!
comentários(0)comente



Angel 27/11/2020

Achei que não podia amar mais que um livro desse autora ,mas está difícil. Cada leitura melhor que a outra.
comentários(0)comente



Dudy 25/10/2015

esperava mais
Talvez pelo fato do livro Perdida ter sido muito bom, eu acabei esperando um pouco mais da personagem principal. achei a leitura lenta e em muitos momentos tive que me esforçar para finalizar o capítulo. Confesso que fiquei desapontada. No momento aguardando o 3 livro da série
comentários(0)comente



Islane 11/03/2020

Envolvente
Muito bom, recomendo!
comentários(0)comente



Janise Martins 18/03/2020

Encontrada
Sinceramente não sou fã da Sofia, acho ela vulgar e não muito inteligente, para alguém do século 21, que tem curso superior e bem pouca educação. Mas Carina Rissi é escritora e envolve a gente na história, nas trapalhadas da Sofia e nos encanta com Ian. Momento de confissão: só prossegui na leitura por ele, por Ian, e, porque deixei Carina Rissi fazer minha cabeça, pois a escrita dela é solta, leve e fluida. Tem pesquisa e cuidados com a época, não é ingênua na escrita.
Mas quando li esse texto abaixo, um episódio antes do casamento, quando Ian lia Orgulho e Preconceito para Sofia, fiquei mas tranquila por ela reconhecer (não que tenha me feito gostar dela):
“ —... Eu só tava aqui pensando que… — engoli em seco, remexendo no anel em meu dedo anular. — Eu não sou, em muitos aspectos, uma garota indicada para ser a esposa de alguém. Sou muito pior que a Lizzie — apontei o livro com a cabeça. — Eu não tenho dinheiro, família, dote nem bons modos para este século, nem sei direito como me dirigir às pessoas e...”
Mas Sofia não sossega, realmente não gosto dela, não tenho muita tolerância para mulher que não usa a inteligência. Ela continua as trapalhadas na vida de Ian, mesmo depois do casamento.
Na verdade, e é o que Ian afirma e deixa bem claro, que ama Sofia exatamente do jeito que ela é, justamente por ser como ela é. Ian é um príncipe encantado, sem dúvida alguma. Totalmente “apaixonável” (me apaixonei).
Esse é um livro de sorrisos, trapalhadas, amizade, amor e no final uma surpresinha.
Uma delícia de livro, inclusive já estou até com mais paciência com a Sofia.
E ainda tem o outro livro da série, Destinado, ouvi ótimos comentários, vou verificar para saber se é verdade.
Bjoo




site: https://janiselendo.blogspot.com/2016/01/encontrada.html
comentários(0)comente



714 encontrados | exibindo 226 a 241
16 | 17 | 18 | 19 | 20 | 21 | 22 |