No Seu Pescoço

No Seu Pescoço Chimamanda Ngozi Adichie




Resenhas - No Seu Pescoço


234 encontrados | exibindo 121 a 136
9 | 10 | 11 | 12 | 13 | 14 | 15 |


Candido Neto 03/05/2020

Há sortimento
A pluralidade num livro de contos nem sempre é bom, parece uma juntada, não uma coleção.
Não é esse o caso.
Há sortimento, entre as protagonistas nigerianos, há dois contos onde a narradora conta a história de homens e um narrador. Contudo o que se lê é sobre a dor da invisibilidade e/ou a "for invisivel" de ser uma mulher negra e africana do início desse século.
comentários(0)comente



Caroliny 29/04/2020

Nunca erra!
Com a Chimamanda, nunca tem erro. Histórias incríveis que te fazem refletir em perspectivas nunca imaginadas.
comentários(0)comente



markanteana 26/04/2020

Esse livro é composto por contos, rápidos de ler e com a escrita da Chimamanda a única coisa que você quer é ler mais e mais obras dela. Com certeza esse livro só aumentou a minha curiosidade sobre os livros dela e pretendo comprar outras obras dela. Pra quem quer um livro tranquilo, mas que faz a gente refletir e se interessar sobre imigração, racismo entre outras coisas, esse é ótimo.
comentários(0)comente



markanteana 26/04/2020

Esse livro é composto por contos, rápidos de ler e com a escrita da Chimamanda a única coisa que você quer é ler mais e mais obras dela. Com certeza esse livro só aumentou a minha curiosidade sobre os livros dela e pretendo comprar outras obras dela. Pra quem quer um livro tranquilo, mas que faz a gente refletir e se interessar sobre imigração, racismo entre outras coisas, esse é ótimo.
comentários(0)comente



Muricrist 25/04/2020

Maravilhoso
Todos os livros da autora são um mergulho profundo em outra cultura. É uma aula de história repleta de empatia. Mesmo com textos curtos é possível pegar ao final uma mensagem pra se fazer refletir.
comentários(0)comente



Sara Medrado 20/04/2020

Ótimo
São ótimos contos, alguns que tiram lágrimas dos olhos.
Auguri não ler todos de uma vez, para ter o tempo necessário para reflexão sobre eles.
Um livro super necessário e com reflexões tão profundas que dói saber que nunca tinha pensado sobre.
@rosaemiliabulhoes 20/04/2020minha estante
Amo chimamanda




Luciana 17/04/2020

Um bom livro de contos, alguns de extrema significância. Chimamanda não decepciona com sua escrita ao mesmo tempo realista e poética.
comentários(0)comente



Douglas Hinckel 17/04/2020

@dhinckel
"Ninguém sabia onde você estava, pois você não contou. Às vezes, você se sentia invisível e tentava atravessar a parede entre o seu quarto e o corredor e, quando batia na parede, ficava com manchas roxas no braço. [...] À noite, algo se enroscava no seu pescoço, algo que por muito pouco não lhe sufocava antes de você cair no sono." ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Meu segundo livro de 2020 foi o livro coletânea de contos No Seu Pescoço, da escritora nigeriana Chimamanda Ngozi Adichie.
Esse livro virou um dos meus preferidos, li ele em poucos dias e foi uma experiência maravilhosa. Os contos tratam de situações rotineiras das personagens, entretando nos mostra uma narrativa e cenas para reflexões, com uma construção muito rica de significados. Significados esses de representatividade, principalmente à comunidade negra, porém com respingos incríveis em assuntos como feminismo, sexualidade e cultura. Com este livro aprendi muito sobre a realidade e situação da Nigéria, seus conflitos, povos nativos, cultura, tradição e ancestralidade.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Se você está querendo escolher qual sua próxima leitura, eu recomendo fortemente No Seu Pescoço. Meus contos preferidos são A cela um, No seu pescoço e A historiadora obstinada.

site: https://www.instagram.com/dhinckel/
comentários(0)comente



Layla 15/04/2020

Desafio 2020- Contos
O livro reúne 12 contos que trazem várias críticas sociais da Nigéria, destacando o sistema falido prisional, abuso de autoridade, machismo , racismo , intolerância religiosa, fé e muito da cultura Nigeriana , todas a protagonistas são mulheres nigerianas. A autora faz muita ligação com imigração e quase sempre com os EUA. Os pontos negativos que achei desse livro foram os primeiros contos apesar de temáticas muito boas, tiveram mal desenvolvimento e entediante e quando ficava bom , terminava e com um final aberto ou sem explicação, porém na metade do livro as histórias começaram a ficar bem mais envolventes e uma das histórias que a qual leva o título do livro tem uma forma de narrar tão maravilhosa , como se autora falasse com a personagem , uma forma de consciência , inexplicável, tão gostoso de ler, que o conto passava bem rápido , porém o conto que mais gostei o meu preferido, que encheram meus olhos de lágrimas pela forma profunda que foi contada , foi o conto ?A historiadora obstinada? relatando a pré colonização , durante e a pós de uma aldeia nigeriana, que me transportou a história de uma forma tão sem igual que me senti como se estivesse observando o momento, esse conto me fez até por um momento esquecer dos pontos negativos iniciais.
comentários(0)comente



Elaine 08/04/2020

Perturbador
Chimamanda faz um retrato da cultura nigeriana no seu aspecto mais doloroso. Sua escrita é fluida e linda, mas os temas são perturbadores. Gostei!
comentários(0)comente



Flavinha 02/04/2020

Uma leitura rápida. De contos que prendem a atenção do início ao fim. Sou apaixonada pela autora. Segundo livro que leio dela.
comentários(0)comente



Teder 02/04/2020

Contos de Chimamanda
Os contos de Chimamanda nesse livro retratam a vida do negro nos EUA e mostra como questões como o racismo e o preconceito de gênero ainda são muito fortes. É um soco no estômago dos mais ingênuos que acreditam que a igualdade existe e as oportunidades são as mesmas para todos
comentários(0)comente



Clube Tripas 21/03/2020

[Resenha – Dia da Mulher]
Conteúdo: Jovem/Adulto
Livro: No seu pescoço.
Autora: Chimamanda Ngozi Adichie @chimamanda_adichie
Editora: @companhiadasletras
Páginas: 232 p.
Avaliação: Adorei. 5/5.
Mês: Janeiro/20
Bibliotecário: Iandra Cartaxo | Franca - SP

O livro é composto de vários contos, e em todos eles a autora deixa passar um sentimento de não pertencimento, mesmo quando a história se passa na Nigéria o personagem central se sente desconectado da realidade que o cerca. Em um dos contos uma mulher nigeriana chega aos EUA depois de um casamento arranjado, ela tenta se adaptar a nova situação fazendo o que ela acredita que uma boa esposa deve fazer, mas só recebe do marido correções sobre seu modo de viver, de falar e cozinhar: numa tentativa desesperada de ser aceito pelos seus pares ele se esforçar para apagar as tradições da sua terra natal. O conto que encerra o livro traz a trajetória de uma historiadora que a partir da narrativa da sua família se inspira e escreve sobre como a colonização dos países africanos foi sangrenta, ela 'nega' os ensinamentos do pai que se converteu ao cristianismo , e busca na avó sua raízes.

É um livro excelente, todos os contos são bons ou ótimos e nos levam a refletir sobre uma África desconhecida para nós e questões como o direito de imigrar, o silenciamento das mulheres em um país que ainda conserva raízes patriarcais.

site: https://www.instagram.com/p/B9c49t_DVt4/
comentários(0)comente



Jana 20/03/2020

Sou suspeita pra falar, pois acho que tudo da Chimamanda merece ser lido. essa serie de contos me fez pensar com mais empatia. Vale cada página
comentários(0)comente



@leituras.dalana 05/03/2020

incrivel
Ganhei de aniversário dos meus amigos @joao.deyvid e Míria, ano passado essa obra de arte da maravilhosa #chimamandangoziadichie #noseupescoço. Eu amei ❤️ gratidão irmãos, ainda não entendi o motivo que não li antes rsrs.
.

É impossível ler Chimamanda e sair ileso. .

No seu pescoço é um livro de contos e nele contém doze contos, um mais tocante que o outro. Encontramos a sensibilidade da autora para as temáticas do racismo, imigração, machismo, desigualdade racial, conflitos familiares, política, a cultura nigeriana, além de outras temáticas importantes. .

TODAS as histórias despertaram em mim sentimentos profundos, logo no primeiro conto precisei parar a leitura, respirar fundo algumas vezes, e retornar. Não tenho nenhum favorito, todos são necessários. .

Chimamanda escreve o mundo real, pessoas de verdade, que nos identificamos. Além da escrita fina e profunda, natural e sem enrolação, somos premiados com um contexto cultural bem diferente. .

Bom, a leitura foi uma experiência muito maravilhosa, li com calma os contos, sem pressa, e livros que expressam mensagens importantes precisam ser refletidas com sensibilidade, empatia e ser recomendadas hehe.
Recomendo

site: https://www.instagram.com/p/B9XK0r-D4NS/
Carol 05/03/2020minha estante
Minha diva essa mulher e amo esse livro.




234 encontrados | exibindo 121 a 136
9 | 10 | 11 | 12 | 13 | 14 | 15 |